10 mercados em alta apesar do COVID-19

Mercados em alto apesar do COVID-19

Conheça os mercados que começam a se destacar na quarentena

Entenda como esse tipo de crise afeta o mercado


A crise chega a todos

Em meio à crise do COVID-19, apesar de todos os impactos negativos em quase todos os setores da sociedade, alguns mercados começam a se destacar dentro desse contexto.

A necessidade de adaptação à quarentena e da dinâmica imposta pelo isolamento, cria um movimento novo na economia, onde alguns setores saem menos atingidos pela crise e outros até se destacam.

O rearranjo perante essa mudança é nítido, no momento que mais pessoas se veem obrigadas a mudar seus hábitos de consumo e ingressam num processo de transformação impelidas pela necessidade.

Alguns analistas acreditam que o COVID-19 é o maior agente da transformação digital até aqui, obrigando Empresas e pessoas a se reprogramarem para estarem conectadas de novas maneiras e assim seguirem suas vidas.

Listamos 10 segmentos de mercado que conseguiram surfar essa onda e serão certamente vetores de mudanças e paradigma para os demais mercados se mirarem pós essa crise do Novo Corona.

Uma certeza entre tantas incertezas é que essa crise irá passar e as Empresas terão que reposicionar perante isso.

Não à toa que ironicamente a palavra Crise em chinês é a mesma utilizada para oportunidade.

Conheça os 10 mercados em ascenção nessa quarentena:

  • Apps de Alimentação

Aplicativos como Uber Eats e Ifood tornaram-se a principal saída para entrega de refeições. Estima-se um faturamento até 100% maior durante esse período.

Para um público menos aderente que ainda não estava acostumado, o pedido pelo smartphone tornou-se a única opção. Os mais jovens estão ensinando os resistentes e os acima de 60 anos dentro de casa a pedirem comida através do aplicativo.

  • Marketplaces

Com o fechamento do comércio nas cidades, os comerciantes ficaram imediatamente sem receita, forçando os mesmos a diversificarem seus modelos de Venda através de Delivery e canais online.

Os Marketplaces são vias rápidas para lojistas e vendedores autônomos iniciarem suas Vendas Online sem terem que investir em TI, meios de pagamento e sistemas de divulgação.

Veremos cada vez mais os produtos que estávamos habituados a comprar offline nas plataformas de Marketplace como Mercado Livre, Americanas.com, entre outros.

  • Comércio online de produtos essenciais

Após quase 3 semanas de isolamento, e acirramento das medidas de restrição de circulação, os pedidos e compras dos e-commerce de grandes super mercados já sentem o aumento na demanda através do canal digital.

Prova disso é o Setor divulgando um aumento de 300% nos acessos no seu ecommerce. Quem não utilizou esse canal ainda, certamente irá utilizar nesse período.

  • Alimentos e Bebidas Premium

Os hábitos mudaram radicalmente com o fechamento de Bares e Restaurantes. Como aproveitar ao máximo os prazeres da gastronomia sem sair de casa?

Além dos itens de extrema necessidade, alguns comerciantes notaram a procura maior por itens premium como cortes de carnes diferenciados, cervejas artesanais, e bebidas importadas.

Esse comportamento se justifica no momento que a boa comida se torna uma das principais formas de apreciar os momentos dentro de casa durante o isolamento.

  • Entretenimento on line / Filmes e Video Games

Ficar em casa quase todo o tempo não está sendo uma tarefa fácil.

Por isso as alternativas online de entretenimento são tão procuradas.

Além dos Catálogos de Filmes por Streaming, como Netflix, Amazon ou HBO, a venda de consoles de Video Games tem aumentado significativamente.

Em razão disso os principais consoles XBOX e Playstation começam a esgotar em algumas lojas ou quando está disponível os preços estão elevados.

  • Crédito Online

Com o abalo da economia, muitas Empresas sem dinheiro em caixa irão recorrer à empréstimos para continuarem operando. O mesmo ocorrerá na pessoa física.

A falta de liquidez levará á um aumento na procura de crédito pelas famílias. As fintechs têm recebido um aumento constante nas simulações de crédito ao longo desse período.

É Graças às fintechs também (Startups de tecnologia financeira) que conseguimos solicitar empréstimos pontuais sem sair de casa, apenas utilizando o smartphone.

Alguns sites oferecem o serviço de busca com as melhores taxas entre diversas instituições financeiras, ajudando o cliente a economizar com os custos do empréstimo.

Portanto, o crédito fica disponível em até 48 Horas após a solicitação.

  • Rappi, App de tudo

O Rappi parecia caminhar para uma crise de identidade até o início do problema com o Corona Vírus.

Meses antes havia redimensionado seu time em todo mundo, antecipando possíveis perdas com a falta de desempenho financeiro do negócio.

Mas daí veio a Crise e o que parecia patinar ganhou um fôlego renovado que o tornou um dos aplicativos mais acessados do momento.

De maneira audaciosa ampliou sua parceria com restaurantes e bares locais funcionando como agente do escoamento de mercadorias em estoque e auxiliando esses estabelecimentos com a migração do modelo convencional para o modelo delivery.

Na última atualização vinha recebendo 50% mais pedidos do que na fase pré crise.

  • Telemedicina

Apesar da resistência da comunidade médica em aderir à novas tecnologias, o momento fez a necessidade e a Telemedicina entrou em definitivo no vocabulário da Saúde e das pessoas.

Hoje o governo federal utiliza-se desse modo de atendimento para avaliação de casos do Corona Vírus e triagem da população, remotamente, ajudando na correta logística de suprimentos e destinação de recursos para Hospitais e Clínicas de Saúde.

Daqui a pouco mais serviços serão disponibilizados através da Telemedicina e consultas poderão também ser conduzidas através desse modelo.

Esse momento é um marco pois a telemedicina une o mundo digital à medicina para tornar acessíveis serviços de saúde à uma camada da população que não obtinha nenhum suporte anteriormente.

  • Saneamento

A questão epidemiológica está cada vez mais em pauta em nossa sociedade agora virou ponto sensível em estabelecimentos que visam receber muitas pessoas e são focos potenciais de aglomeração.

O mercado de serviços de sanitização, tais como higienização de ar condicionado, tecnologia bactericidas, materiais antissépticos, passam a ter um aumento de interesse do mercado e consequente aumento do seu potencial de receita já que serão incorporados no dia a dia das empresas.

Portanto, esse mercado deve começar a receber investimentos prioritários logo na volta das empresas.

Além disso serão melhores opções para os consumidores as Empresas que adotarem ações nesse sentido.

  • Dados móveis e Internet Banda larga

Com mais tempo ocioso em casa e tudo para ser resolvido remotamente, as pessoas estão aumentando o consumo de internet como nunca.

O Facebook soltou um dado interessante informando que o acesso ao seu feed aumentou 80% após o início da crise.

Os provedores falam em um aumento de tráfego até 3 vezes maior. Com uma constância de utilização nunca vista antes desde o surgimento da Internet.

As teles estão como promoções ajudando o consumidor nesse momento com mais modalidades de planos.

Apesar de muita reclamação, eles garantem que manterão a qualidade no fornecimento da conexão e velocidade de dados.

Gostou desse conteúdo? Então siga nosso perfil nas redes sociais e compartilhe com os amigos!

Esse conteúdo foi patrocinado por B4B Ventures, para saber mais acesse o site: www.b4b.ventures.

Colaboração de Fernando Carbone, Head de Mídias Digitais da B4B Ventures

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no twitter
Twitter

Deixe um comentário