Empresas que não deram certo no Brasil

Já se perguntou por onde andam algumas marcas?

Confira nesse artigo as empresas que não tiveram tanta sorte no mercado brasileiro


8 Empresas que sumiram do Brasil

Confira nesse artigo as empresas que sumiram do Brasil tão misteriosamente quanto o sumiço do Icegurt!

E já que falamos dele, ele será o primeiro abordado.

  • Icegurt

Icegurt foi uma dentre as diversas empresas que sumiram do Brasil, produto esse que era uma espécie de “geladinho” que custava cerca de um real.

Eram vendidos na rua, em carrinhos de mão, muito popular entre jovens e crianças.

Mas já se perguntou por que essa marca desapareceu? Temos a resposta!

A empresa Quala, responsável pelo Icegurt, é uma multinacional com sede na Colômbia..

Seu presidente afirma que esse produto, aqui no Brasil, não trouxe lucro algum, por mais estranho que isso pareça.

Devido às altas taxas e impostos, o preço do produto não era o suficiente para cobrir os preços de produção. 

Sendo assim, o presidente da empresa retirou investimento fazendo com que a marca sumisse do Brasil.

  • Arby’s

A Arby’s é uma empresa focada em lanchonetes fastfood, com sede nos Estados Unidos e com mais de 3 mil restaurantes em todo o sistema.

A empresa arriscou abrir franquias no Brasil, mas não conseguiu conquistar o público como outras redes de fastfood que temos por aqui.

O McDonald’s já era muito popular no Brasil, sendo assim, a disputa já era muito complicada para a empresa. 

A Arby’s é muito conhecida pelos seus sanduíches de rosbife, que não fez muito sucesso aqui no Brasil como faz no exterior.

  • Dunkin’ Donuts

Dunkin’ Donuts é uma empresa que vende rosquinhas e café, com uma boa presença no mercado do exterior, competindo diretamente com a Starbucks.

Já aqui no Brasil, o sucesso não é tão grande assim, já que, a marca passou uma imagem diferente para os brasileiros.

Muitos achavam que a marca era algum tipo de doceria que tinha apenas um produto, suas rosquinhas.

Graças a isso, as franquias deixaram o país em 2005 e voltaram apenas em 2015, apostando em uma maneira melhor localizada.

Enfim, por não ser tão popular como no exterior, a empresa vem lentamente conquistando seu espaço no mercado.

  • Jack In the Box

A Jack In The Box é uma rede de fastfoods muito famosa nos Estados Unidos, que tem mais de 2250 lojas. Entretanto deixou de atuar no Brasil no ano de 1988, comprada pela rede brasileira de restaurantes Bob’s.

Muito famosa pelo seu mascote, Jack, um palhaço de cabeça redonda que usa terno e é considerado um “CEO” da marca. 

Revolucionaram a maneira de usar o Drive-Thru, caracterizando os totens de atendimentos com a cabeça do palhaço.

No momento em que estavam no Brasil (por volta de 1970), as redes de fastfood não tinham tanta força, logo, a rede do McDonald’s acabou os sufocando e fez com que a marca também sumisse do Brasil.

Infelizmente, Jack não saiu do Brasil dando risada.

  • Wendy’s

A famosa lanchonete dos hambúrgueres quadrados também não obteve muito sucesso no Brasil, tendo pouquíssimas unidades atualmente. 

Diferente do desempenho da rede nos Estados Unidos, que é considerada por muitos como uma das melhores do mundo, com carnes frescas e famosa pela sua batata frita.

Assim como a Jack In The Box, a Wendy’s foi sufocada pelo McDonald’s por já estar presente na mente de todos os Brasileiros, dificultando o crescimento da mesma.

Então podemos dizer que, a empresa não se “enquadrou” muito bem no país.

  • Radio Shack

Empresa de artigos eletrônicos que chegou a ter mais de 3 mil unidades nos Estados Unidos, chegou a entrar em concordata em 2015, mas continua atuando.

A empresa tentou abrir algumas lojas no Brasil, mas tiveram problemas para se adaptar ao mercado local e preferiram descontinuar a ideia.

  • Blockbuster 

A empresa de origem americana era uma das maiores no ramo de aluguel de filmes do mundo. Mas chegou ao Brasil e foi perdendo popularidade, graças aos serviços de streaming e filmes online.

A última unidade, aqui no Brasil fechou em 2007.

A empresa faliu, não só aqui, como em seu país sede em 2013.

Foi por isso que ela entrou na nossa lista de empresas que sumiram do Brasil. Descanse em paz Blockbuster.

  • Paleterias mexicanas

As paletas não são de franquias específicas, mas quase todas seguiram o mesmo caminho, o do fechamento das portas.

As paletas chegaram ao Brasil em 2015 e eram uma grande febre, consideradas “gourmet” por serem picolés mais sofisticados.

Eram muitas vezes, feitas de frutas em pedaços e tinham recheios de diversos sabores.

Porém os negócios, assim como as paletas, esfriaram.

Com a despedida do verão, se despediram também grande parte das franquias que vendiam esse produto, deixando apenas algumas marcas sobreviventes.

Cuidados necessários

Devemos tomar cuidado ao começar a expandir mercado para atingir novos públicos.

Existem diversos tipos de públicos que podem ser possíveis clientes, mas, que devem ser estudados antes dos investimentos.

A segmentação de público e posicionamento da marca é o principal para se manter no mercado de forma consolidada.

As marcas acima são exemplos de marcas que se arriscaram sem muita noção sobre o que aconteceria no Brasil.

Por exemplo: O Brasil é um país onde sorvetes só são consumidos em grande quantidade em dias quentes.

Quando os dias mais frios chegam, a marca pode buscar uma alternativa e vender outros produtos.

Caso contrário, um grande prejuízo aguarda a empresa, como no caso das paleterias em geral, que sumiram do Brasil muito rápido.

As altas taxas tributárias, também são grandes obstáculos para empresas deixarem o país ou fecharem filiais.

A burocracia no país é predominante para a maioria dos processos de abertura de franquias e etc.

Como melhorar seu negócio

Sabia com quem está lidando e quem quer atingir com seus produtos.

Preocupe-se com a sazonalidade, preço, ponto de venda, tipo de público e qualidade do produto.

Se seguir esses passos de forma correta, seus negócios vão receber um grande impulso e só tendem a crescer e conquistar seu espaço no mercado. 

Confira nosso artigo sobre cursos grátis para você que quer ser um empreendedor de sucesso.

Enfim, ainda tem alguma dúvida? Então deixe nos comentários

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no twitter
Twitter

Deixe um comentário