Home office: vantagens e desvantagens do trabalho remoto

foto de um homem trabalhando de bermuda para ilustrar matéria sobre home office

Ainda não é tão comum, mas algumas empresas já estão adotando o sistema home office entre os seus funcionários. Se você é empresário, independente do tamanho do seu negócio, você pode ter pensado nessa possibilidade. Mas, se ainda tem dúvidas em adotar ou não, precisa ver as vantagens e desvantagens de escolher esse regime de trabalho. Confira!

O que é home office?

A princípio, você precisa entender o conceito de home office. A nomeação tem origem inglesa e na tradução literal significa “escritório em casa”. Essa forma de trabalho é muito usada por trabalhadores independentes, chamados de freelancers.

Porém, de uns tempos para cá, algumas empresas estão ofertando home office para os seus funcionários. No exterior, esse tipo de contratação é mais habitual e mais aceitável — em comparação ao Brasil.

Sendo assim, ao que tudo indica, o home office é uma tendência mundial e está conquistando um espaço no modelo de trabalho brasileiro. Muitas empresas jovens e com estilo informal estão aderindo ao regime — principalmente startups e agências.

plano de celular

 

Vantagens do home office

Para os empregadores:

  • Economia com despesas de escritório.
  • Vantagens fiscais para pequenas empresas, como a dispensa do IR;
  • Atendimento 24 horas com o cliente.
  • Uso de terceirização de serviços.
  • Para os funcionários:

  • Mais liberdade profissional;
  • Privacidade;
  • Redução de custos (transporte, alimentação…);
  • Flexibilidade de horários;
  • Desvantagens do home office

    Para os empregadores:

  • Pode acontecer interferências pessoais no dia a dia do trabalho.
  • É fato que ainda existe preconceito por parte dos investidores, sócios e outros profissionais formais.
  • Mais dificuldade na hora de pedir crédito.
  • Risco de segurança sobre informações da empresa.
  • Para os funcionários:

  • Falta de gerenciamento em alguns processos;
  • Pouco contato social com outros funcionários;
  • Produtividade pode ser comprometida, se não estabelecer tarefas diárias.
  • Falta de lazer, se o funcionário não souber separar o trabalho da vida pessoal.
  • Como fazer o home office dar certo?

    Em primeiro lugar, se você quer investir no home office para sua empresa, é preciso estipular algumas ações:

  • Ofereça as ferramentas necessárias para os seus funcionários.
  • Disponibilize internet com boa qualidade.
  • Combine um horário para revisar as pendências e os afazeres.
  • Mantenha um contato com seu funcionário e esteja sempre disponível (celular, telefone e internet) para tirar eventuais dúvidas e para resolver problemas.
  • Home office X Coworking

    Também já fizemos uma matéria aqui no Portal SóPJ sobre as vantagens e desvantagens do coworking, que é um ambiente de trabalho compartilhado com várias empresas.

    Ele pode ser uma opção para o empresário que quer fugir do esquema formal de trabalho, mas ainda manter uma supervisão mais constante nas tarefas dos funcionários.

    Contudo, os trabalhadores — além de vivenciarem uma rotina mais informal — conseguem organizar melhor as tarefas diárias e mantém o convívio social com outros colegas de trabalho.

    Home office é a melhor opção?

    Essa pergunta precisa ser respondida com base no que você quer para sua empresa. Mais autonomia dos funcionários? Equipe sempre reunida? Portanto, faça algumas perguntas para você e veja a melhor opção para o seu negócio e seus colaboradores.

    Então, o que pensa sobre o home office? Conta pra gente nos comentários! Além disso, clique no serviço desejado, preencha o formulário disponível no final de cada artigo e aguarde o contato de um de nossos parceiros o mais breve possível.

    Compartilhar no facebook
    Facebook
    Compartilhar no linkedin
    LinkedIn
    Compartilhar no twitter
    Twitter

    Deixe um comentário