Quanto custa um lead para sua empresa? Confira aqui!

Quanto custa um lead

Perguntar quanto custa um lead é o mesmo que ligar numa concessionária de carro e perguntar qual o valor de um carro! Qual marca? É zero KM? Tem ar? Para uma correta precificação é necessário antes de tudo entender exatamente qual o lead desejado.

Quanto custa um lead? Quais as perguntas para precificar corretamente o lead?

Essa pergunta costuma ser frequente nas agências digitais e entre os grandes e pequenos empresários. Afinal, todo mundo quer saber quanto custa um lead. Então, para criar um orçamento é preciso usar critérios de precificação do lead. Vamos te mostrar quais são eles:

1. Capilaridade

A capilaridade é a abrangência territorial que você quer atingir. Por exemplo, se o seu produto alcança apenas São Paulo e o Rio de Janeiro, as gerações de leads só serão enviadas para esses estados. Esse critério é o único que inviabiliza a geração de leads. Ex: gerar leads só para Ribeirão Preto não faz sentido, mas para toda região Sudeste sim.

2. Quantidade de campos do formulário

Cada formulário é criado de acordo com a necessidade da empresa. Esse fator é importante para estabelecer corretamente quem você quer como cliente. Por exemplo: se você precisa de clientes de uma região exata, então necessita pedir o CEP deles. Outro exemplo é se você precisa do CPF no formulário. Esses tipos de dados específicos costumam encarecer o lead.

É válido avisar que os formulários que contém CPF, podem interferir em até 40% o custo da operação e 33% no volume da mesma. O CEP também pode atrapalhar, mas menos. Por conta das novas tecnologias, acabamos não memorizando o CEP das nossas casas ou o número de celular dos nossos entes queridos.

Geração de leads

3. Volume de leads

O volume da geração de leads pode encarecer o preço desse tipo de serviço. Quanto maior for a quantidade de lead, provavelmente maior será o valor do mesmo. Vale lembrar que em geral, o contrato dos grandes geradores possui no máximo três faixas de valores.

Diferente dos produtos que quanto mais vende, mais barato pode ficar. Na geração de leads, quanto maior for o esforço de mídia, mais oneroso será. Por fim, vale a pena checar se o tamanho do público-alvo do seu serviço é maior que 500 mil pessoas com poder de compra. Amostras menores que isso costumam frustrar o comprador e o gerador de leads.

4. Atratividade da oferta

Para gerar um lead com boa taxa de conversão, o valor do produto precisa ser atraente para o consumidor final, normalmente chamado de usuário. É necessário oferecer vantagens que despertem o interesse de compra (muitas vezes momentânea) dos seus futuros clientes.

Você terá resultados mais positivos se o valor do seu produto for atrativo. Outro detalhe é que a geração de leads funciona melhor para serviços em comparação aos produtos.

5. Concorrência no segmento

É oportuno lembrar que o usuário está sempre ligado nas promoções dos seus concorrentes, portanto, ele irá fazer a comparação com sua oferta e poderá escolher ou não seu serviço. Dependendo do posicionamento da sua oferta e a influência da concorrência, o valor do lead pode aumentar.

As posições nas buscas (Google e Bing) também podem mostrar seu posicionamento em comparação aos concorrentes, por exemplo.

6. Ticket médio

Através da variedade de preços que seu produto pode oferecer, é possível conseguir o valor do ticket médio. Por exemplo: se uma empresa de telefonia tem 3 opções de planos, no valor de 70, 90 e 110 reais, e todos são vendidos na mesma proporção, então o ticket médio é 90 reais.

É importante que a empresa consiga oferecer planos para todas as classes sociais porque isso irá impactar no custo da geração de um lead. Se o produto é oferecido apenas para uma parcela da população, a conversão do lead ficará mais difícil e, consequentemente, ele também ficará mais caro.

Vale lembrar que se o ticket médio for muito baixo, irá inviabilizar o projeto. Por isso não vemos iniciativas para geração de leads para telefones pré-pagos, por exemplo.

7. Força da marca

Por último, para explicar quanto custa um lead, vamos explicar o critério da força da marca. O porte da empresa e o reconhecimento que ela possui no mercado são também critérios a serem levados em consideração na hora de fechar o preço para um lead. O valor de um lead será diferente para cada empresa principalmente para serviços onde a reputação da empresa é critério fundamental para a escolha.

Agora que você já sabe quais são os critérios de precificação dos leads, ficará mais fácil saber exatamente o que oferecer e pedir aos seus futuros clientes. Preencha o nosso formulário de geração de leads e faça uma simulação para o seu serviço. Não esqueça o principal: O índice de conversão é diretamente relacionado à velocidade do atendimento.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no twitter
Twitter

Deixe um comentário