5 vantagens da pesquisa de mercado para sua empresa

Você sabe quais são as vantagens da pesquisa de mercado? Nós do Portal SóPJ, site de serviços para empresas, vamos explicar tudo para vocês sobre esse tipo de pesquisa. Confira, logo abaixo!

Vantagens da pesquisa de mercado: o que é isso?

Antes de saber quais as vantagens da pesquisa de mercado, você precisa saber o que configura esse tipo de pesquisa.

A pesquisa de mercado é realizada por empresas que querem coletar informações para identificar oportunidades ou problemas referentes à área que atuam, novo produto ou qualquer outra situação.

Essa pesquisa serve para definir uma estratégia a ser traçada pela empresa para resolver alguma questão que apenas a coleta de informação pode responder.

pesquisa de mercado

Afinal, quais as vantagens da pesquisa de mercado?

Agora que você sabe o que é uma pesquisa de mercado e para que ela serve, então precisa saber as vantagens de apostar nesse tipo de pesquisa. Vamos lá!

1. Decisões mais seguras

Quando ações, lançamentos e estratégias envolvem dinheiro, é preciso fazer uma pesquisa de mercado antes de qualquer coisa.

Isso porque ninguém quer perder dinheiro, não é verdade? A pesquisa de mercado possui a vantagem de te dar mais confiança antes de investir seu dinheiro.

Tomar decisões com segurança é a melhor forma de manter seu negócio estável para manter seu fluxo de caixa seguro.

2. Ferramenta acessível

Embora muitos empresários acreditem que a pesquisa de mercado possua um valor alto, na verdade ela é acessível.

Isso porque existem empresas que realizam esse tipo de pesquisa para diversos segmentos e negócios de diversos portes (pequeno, médio e grande).

Também é possível aprender como fazer uma pesquisa de mercado, inclusive, nós já ensinamos aqui no Blog.

3. Integração equipe comercial e marketing

Um dos grandes erros das empresas é não integrar a equipe comercial e marketing para o crescimento da empresa.

A pesquisa de mercado possibilita que as equipes trabalhem em uma missão única: o sucesso do seu negócio.

Além disso, a pesquisa de mercado ajuda a identificar dados relevantes para ambos os times, principalmente para identificar o que está ou não funcionando.

4. Pesquisa de mercado online em tempo real

Acha que uma pesquisa de mercado pode demorar para trazer resultados? Então porque ainda não conhece a pesquisa de mercado online.

Ela oferece resultados em tempo real que podem ser acompanhados pelo celular, computador ou outros aparelhos eletrônicos.

Dessa forma, ao fazer esse tipo de pesquisa, você já tem noção dos possíveis resultados finais e pode ajustar o que for necessário.

pesquisa de mercado

5. Descobrir informações sobre a concorrência

As informações coletadas podem te ajudar a monitorar as ações da concorrência — identificando os erros e acertos que seu concorrente comete.

Esses resultados ajudam sua empresa a tomar as decisões mais corretas e a identificar oportunidades desperdiçadas.

Você pode conseguir informações de um único concorrente ou de todo o mercado em si para entender como está a situação e poder agir da melhor forma.

Enfim, essas são algumas das vantagens da pesquisa de mercado. Ficou interessado? Então preencha o nosso formulário e aguarde o contato de uma empresa do segmento.

6 cursos de empreendedorismo para pequenas empresas

Sem dúvida, aprendizado nunca é demais — principalmente para quem está começando. Pensando nisso, nós do Portal SóPJ criamos uma lista com cursos de empreendedorismo para pequenas empresas. É uma ótima oportunidade de entender melhor essa área e alavancar o seu negócio. Confira, logo abaixo!

Cursos de empreendedorismo para pequenas empresas

Sobretudo, é importante saber que não é necessário pagar caro ou sair de casa todos os dias para fazer os cursos de empreendedorismo para pequenas empresas. Afinal, nossa lista comprova que existem outras alternativas.

Diante disso, escolhemos opções de cursos online e de graça para quem quer estudar o mundo dos negócios para colocar em prática no dia a dia. Vamos lá!

cursos

1. Curso “Aprender e empreender” do Sebrae

O objetivo principal desse curso é formar o perfil de empreendedor dos pequenos empresários.

Nesse curso são ensinados os conceitos e práticas básicas de Mercado, Finanças e de Empreendedorismo — através de 3 módulos.

Você pode fazer esse curso online no conforto da sua casa em até 30 dias. A carga horária é de 16 horas.

2. Curso “Criação de Startups: como desenvolver negócios inovadores” da Coursera

O Coursera é uma plataforma online de cursos da Universidade de São Paulo que oferece várias aulas sobre diversos assuntos, inclusive empreendedorismo.

Como é o caso do curso “Criação de Startups: como desenvolver negócios inovadores” que ensina como criar uma startup.

Além disso, o curso é 100% online com 15 horas de aprendizado, dividido em 5 semanas e em 5 temas diferentes — rápido e eficiente.

3. Curso “Comunicação Integrada” da ESPM

Esse curso ensina como melhorar o posicionamento e identificar a identidade de marca nos diferentes meios de comunicação do mercado.

Inclusive, ele é destinado a todos os empresários que querem aprimorar as áreas de marketing e gestão das suas empresas.

O curso “Comunicação Integrada” possui 16 horas aulas e pode ser feito online, sem cobrança alguma.

4. Curso “Planejamento Estratégico para Empreendedores” da Endeavor

Esse curso foi criado para ajudar empreendedores que possuem dificuldade em definir uma estratégia para o seu negócio, além da colocação em prática do plano.

O curso possui 7 módulos: a importância da estratégia, metodologia, análise de cenário, estratégia, plano de ação: execução, regras de jogo e competência do Líder.

Sem dúvida, em apenas 3 horas você irá conseguir aprender como criar uma estratégia clara para colocar em prática.

cursos

5. Curso “Finanças Básicas para Empreendedores” da Endeavor

Os pequenos empreendedores podem fazer esse curso para aprenderem a lidar com o primeiro contato com as finanças da empresa.

Através de conceitos básicos, o empreendedor irá utilizar os conceitos de finanças e contabilidade para traçar um planejamento e controle financeiro do seu negócio.

São 4 horas de curso com especialistas do empreendedorismo que são professores de instituições como FGV, USP e outras.

6. Curso “Teoria Geral da Administração para Executivos” da Fundação Instituto de Administração

Esse curso oferece conhecimentos de administração geral para os empreendedores durante 5 semanas.

Isso porque o curso está na plataforma online da Coursera e conta com os seguintes módulos: bases do conhecimento, escola clássica, modernidade e desempenho das organizações.

Além disso, é feito um teste final para que o empreendedor consiga um certificado validando o curso.

Enfim, esses são os cursos de empreendedorismo para pequenas empresas. Ficou interessado em fazer cursos? Então preencha o formulário e aguarde o contato de uma empresa da área.

6 tipos de testes para recrutamento para empresas

As empresas, especificamente a área de Recursos Humanos, possuem um grande desafio: contratar as pessoas certas. Mas como conseguir contratar o melhor candidato? Nós do Portal SóPJ vamos mostrar alguns tipos de testes para recrutamento e seleção para você utilizar nas entrevistas da sua empresa.

Os tipos de testes para recrutamento

Existem alguns tipos de testes para recrutamento que podem te ajudar na seleção de bons candidatos e retenção dos talentos.

Sem dúvida, esses testes não podem garantir 100% que você acertou na escolha, mas eles podem contribuir bastante na hora de escolher.

Portanto, se você não sabe quais são os testes universais que podem ser feitos para diferentes cargos, veja nossa seleção abaixo.

empregos

1. Provas de raciocínio

Chamada de Bateria de Provas de Raciocínio (BPR), esse tipo de teste ajuda a entender como o candidato pensa logicamente.

Em todas as áreas, os funcionários precisam em algum momento resolver problemas de maneira lógica e, portanto, precisam ter capacidade para isso.

Essa é uma forma de verificar a orientação vocacional do candidato, afim de identificar se o profissional é o mais indicado para a vaga.

2. Teste de escrita

De fato, não são todos os cargos que exigem que o profissional escreva textos, e-mails, apresentações e outros.

No entanto, se for um dos requisitos para a vaga, então é primordial que você aplique um teste de escrita.

Além disso, se você quer ver o poder de argumentação do profissional coloque um tema relacionado à vaga para identificar a linha de raciocínio.

3. Teste de Competência Técnica

Esse é um dos testes mais importantes para preencher qualquer tipo de vaga. Isso porque ele identifica o quão preparado o candidato está para ocupar o cargo.

Você pode aplicar questionários sobre o conhecimento técnico, acadêmico e profissional sobre o cargo em aberto.

Algumas profissões exigem que o candidato realize testes de peças gráficas, se for um design, por exemplo.

4. Dinâmica em grupo

As dinâmicas de grupo são necessárias se você quer analisar o comportamento dos candidatos ao falar em público, por exemplo.

Elas também são ótimas para analisar trabalhos em equipe, principalmente se você está buscando por um profissional que será gestor ou chefe de uma área.

Se você procura por uma habilidade ou característica profissional, as dinâmicas são os melhores métodos para analisar a personalidade dos candidatos.

empregos

5. Inventário de Sintomas de Stress

Algumas profissões exigem uma saúde psicológica dos profissionais para realizar determinadas tarefas.

Neste caso, o recrutamento precisa ser minucioso e merece uma atenção especial. Você pode aplicar o teste do Inventário de Sintomas de Stress (ou Teste de Lipp) que indica o nível de estresse em adultos.

Se os resultados demonstrarem um nível de estresse elevado, então pode acarretar em problemas posteriores. O ideal é declinar a contratação.

6. Teste de idioma

Atualmente, ter ao menos inglês é requisito obrigatório. Ainda mais se for exigência para um determinado cargo.

Portanto, se a vaga exige um idioma específico — mesmo que o candidato coloque no currículo que possui — ainda é necessário fazer um teste pessoalmente.

Enfim, quais dos tipos de testes para recrutamento você mais gostou? Conte nos comentários! Aproveita e preencha o nosso formulário para receber um contato de uma empresa do segmento.

7 cursos para funcionários da sua empresa

A relação empresa e colaboradores vem mudando aos longos dos anos. Sabemos que atualmente as empresas querem montar e manter uma equipe capacitada para trazer retornos positivos. Por isso, nós do Portal SóPJ vamos falar sobre cursos para funcionários.

Cursos para funcionários

Sem dúvida, oferecer cursos para funcionários pode trazer grandes resultados para sua empresa.

Afinal, investir na sua equipe é um investimento para sua empresa também, já que ela ficará capacitada para trazer mais resultados para ela.

Se você não sabe em qual curso para funcionários investir, então veja nossas sugestões para capacitar ainda mais a sua equipe.

cursos

1. Gestão e liderança de equipes

De fato, um líder precisa de treinamento para gerenciar uma equipe. Mesmo que a experiência e a personalidade de um líder ajudem, o ideal é oferecer um curso de gestão de pessoas.

Existem cursos rápidos, de 24 horas, semanas ou meses. Vai depender da responsabilidade do cargo e do objetivo que você tem com esse profissional.

2. Gestão estratégica e econômica de negócios

Esse tipo de curso é destinado para profissionais que precisam desenvolver atividades empresariais para agregar valor ao negócio.

O curso de gestão estratégica busca capacitar funcionários que terão destaque dentro da companhia, como diretores e executivos.

3. MBA executivo internacional

Esse curso é voltado para implementação de estratégias competitivas a nível global.

Se a sua empresa tem objetivo de ampliar a visão de mercado, então é um ótimo curso para oferecer aos seus funcionários.

4. Gestão de Marketing

Muitas empresas estão percebendo que o Marketing é a grande chave para o sucesso e crescimento.

Por isso, investir em um curso de gestão de Marketing pode preencher a lacuna que o seu negócio precisa. É um investimento com retorno garantido!

5. Gestão financeira, controladoria e auditoria

Esse curso entrega competências e habilidades muito específicas sobre a análise contábil e financeira.

Além de aprender novas técnicas de Auditoria, seu colaborador vai adquirir capacidade de planejamento, execução e controle das finanças da empresa.

6. Gerenciamento de projetos

Cada vez mais as empresas recebem novos projetos para desenvolverem novas equipes, funções e tarefas.

Mas para saber lidar com esse processo de desenvolvimento é necessário ter competência estratégica para apresentar resultados para a empresa.

cursos

7. Curso de idiomas

Os cursos de idiomas são ótimas opções para incentivar seus funcionários a buscarem mais capacitação profissional.

Hoje em dia, a língua inglesa é um requisito básico em quase todos os trabalhos. Porém, se aquele funcionário que você deseja manter na empresa e não tiver, então invista nele.

Quais as vantagens de oferecer cursos para funcionários?

Se você não se convenceu que oferecer cursos para funcionários é um investimento na sua empresa, então veja nossa lista que prova o contrário.

  • Mais competência na realização das tarefas.
  • Mais motivação entre seus funcionários.
  • Mais produtividade no dia a dia.
  • Alinhamento entre os colaboradores e valores, missão e objetivos da empresa.
  • Clientes mais satisfeitos com trabalhos bem executados.
  • Redução de custos a médios e longo prazos.
  • Menor retenção de funcionários.

Enfim, esses são alguns cursos para funcionários que podem fazer a diferença na sua empresa. Clique aqui e preencha o nosso formulário para receber o contato de uma empresa de cursos profissionais.

6 dicas para escolher um software de gestão financeira

Não basta ter um negócio se você não cuidar da saúde financeira dele. Por isso, nós do Portal SóPJ vamos ajudar você a escolher um software de gestão financeira para ter um bom planejamento das finanças empresariais. Confira!

O que é software de gestão financeira?

Pequenas, médias e grandes empresas precisam cuidar do controle de caixa, estoque, emissão de notas fiscais, entre outras funções empresariais.

A tecnologia ajuda nessa tarefa, já que possibilitou a criação de diversos tipos de software de gestão financeira.

Portanto, veja como escolher um sistema operacional capaz de gerenciar as finanças de todos os tipos de negócios, logo abaixo.

software

1. Saiba as suas necessidades

Saber o que você precisa será mais fácil escolher um software de gestão financeira.

Se o seu foco é a economia com o cartão de crédito da empresa, então a dica é escolher um sistema que crie metas de economia e controla os gastos, por exemplo.

Escolher o programa mais completo ajuda na adaptação das necessidades, conforme vão aparecendo com o tempo.

2. Peça referências

Procure encontrar referências sobre o fornecedor do software antes de fechar negócio.

Dessa forma, você conhece melhor o trabalho dos desenvolvedores do software e as fica por dentro das avaliações dos seus clientes.

Essa é uma ótima estratégia que precisa ser realizada antes de contratar o software para sua empresa.

3. Funcionalidades técnicas do software

O software que você busca precisa estar baseado na nuvem? Precisa ter acesso remoto? Compatível com vários dispositivos?

Responder essas perguntas antes de fechar negócio com a fornecedora de software é uma ótima maneira de escolher o ideal para você.

Esses detalhes mostram se o acesso é compartilhado com diversos funcionários e se possui escalabilidade — permitindo a alteração do plano se a equipe aumenta ou diminui.

software

4. Fácil de instalar e utilizar

Um dos principais motivos para ter um software de gestão financeira é a praticidade e a facilidade de gerir os negócios no dia a dia.

Portanto, é necessário que o programa seja fácil de instalar e de utilizar. Se o fornecedor oferecer a instalação inclusa é melhor ainda.

Peça para utilizar a plataforma por alguns dias como teste para verificar se as funcionalidades são compatíveis com o que você esperava, além da facilidade na hora da utilização.

5. Benefícios

Uma vez que você opta por um fornecedor de software de gestão empresarial, então é preciso analisar o suporte que a empresa oferece.

Apareceram falhas, dúvidas ou sugestões de funcionalidades? Então entre em contato com o fornecedor e peça ajuda.

Além disso, verifique se existe a possibilidade de treinamento para os funcionários com a nova plataforma.

6. Funcionalidades financeiras

A última dica e uma das mais importantes para escolher o software de gestão de negócios é saber as funções financeiras que ele oferece.

Veja se ele oferece controle do fluxo de caixa, emissão de nota fiscal eletrônica, controle de estoque, integração com o escritório de contabilidade (se for necessário), gráficos e outros recursos financeiros.

E aí, vai comprar um software de gestão financeira para sua empresa? Se ficou interessado preencha o nosso formulário e aguarde o contato de uma empresa do segmento.

Qual o melhor banco para empresa? 5 opções para escolher!

Sem dúvida, muitos empresários buscam abrir uma conta jurídica para facilitar algumas ações empresariais no dia a dia. Por isso, nós do Portal SóPJ vamos fazer um comparativo para achar o melhor banco para empresa. Confira!

Qual o melhor banco para empresa?

Descobrir qual o melhor banco para empresa não é uma tarefa fácil, mas nós vamos te ajudar nessa missão.

Por isso selecionamos os maiores bancos presentes no Brasil para comparar as vantagens de cada um deles, logo abaixo.

1. Bradesco

O Banco Bradesco oferece uma conta PJ (Pessoa Jurídica) e apresenta diversas vantagens.

É possível conseguir cartões sem anuidade e com pontos turbinados.

Você ganha mais praticidade com os depósitos de cheques pelo aplicativo do Bradesco.

Se você precisar de uma máquina de cartão para sua empresa, com a conta jurídica você não paga aluguel pelo aparelho durante 6 meses.

2. Itaú

O Itaú empresas oferece diversidade de produtos e serviços para atender às necessidades dos empresários.

Quem abre conta no Itaú Empresas utiliza o aplicativo especial para os empreendedores pagarem suas contas, autorizar pagamentos, transferências, entre outras funções.

O Itaú oferece diferentes planos e tarifas para cada tipo de empresa, de pequenas a grandes.

Você pode contar com a educação financeira que os especialistas do Itaú podem oferecer.

3. Santander

A conta pessoa jurídica do Santander oferece até 100% de desconto na anuidade dos cartões Negócios & Empresas.

As transações bancárias podem ser realizadas com o App Santander Empresas.

Cada setor (comércio, indústria, agronegócio, serviços e outros) possui um atendimento especializado — de acordo com as necessidades de cada um.

Além disso, você pode contar com o “Programa Avançar” que incentiva o seu negócio através de palestras, workshops, conteúdos editoriais, entre outras coisas.

4. Banco do Brasil

Uma das maiores vantagens do Banco do Brasil Conta Jurídica é o “Ponto pra sua Empresa” que a cada US$ 2 gastos no débito, sua empresa ganha 1 ponto no programa.

Você ainda conta com opção de linha de crédito para capital de giro, financiamento e exportação com as melhores taxas e prazos.

Existem várias opções de investimentos para você aplicar seus recursos, com solidez e segurança.

Você pode contar com a maior rede de agências do País. Além disso, acesso a um Gerenciador Financeiro que permite realizar transações bancárias no computador ou celular.

5. Caixa

A conta empresarial da Caixa possibilita que sua empresa tenha acesso a empréstimos, financiamentos, convênio de arrecadação e cobrança, aplicações financeiras, entre outros.

Existe uma variedade de produtos e serviços para as empresas, além da comodidade de ter milhares de ponto de atendimento em todo país.

O serviço de Internet Banking da Caixa oferece mais de 100 serviços que podem ser realizados pelo celular, tablet ou computador.

Afinal, qual o melhor banco para empresa?

Depois de ver as vantagens de cada banco, você ainda está na dúvida sobre qual escolher?

Para saber qual o melhor banco para sua empresa, o ideal é listar as necessidades e identificar qual o banco que pode atender todas ou a maioria dos itens indispensáveis para seu negócio.

Enfim, qual o melhor banco para empresa que você mais se interessou? Preencha o nosso formulário e receba o contato de uma das empresas parceiras.

7 cases de sucesso de empresas que usam o Big Data

Se existe uma tecnologia capaz de conhecer bem os clientes é usando o Big Data. Por isso, nós do Portal SóPJ vamos mostrar cases de empresas que usam o Big Data e estão conseguindo resultados positivos. Confira!

7 empresas que usam o Big Data

Provavelmente, você já ouviu falar que o Big Data está revolucionando as estratégias de marketing de muitas empresas.

Por isso, nós decidimos buscar empresas que estão utilizando o Big Data para desvendar o perfil do consumidor.

Então, veja esses cases de sucesso que conseguiram estratégias de marketing para alavancar seus negócios e se inspire!

  1. Maplink

A empresa de digitalização de mapas, Maplink, implementou um software de rastreamento por satélite para diagnosticar o trânsito da cidade de São Paulo.

Essa tecnologia possibilitou à empresa ter acesso a um diagnóstico preciso do trânsito da cidade, incluindo:

  • Os pontos de congestionamento;
  • Pontos de lentidão;
  • Indicando alternativas.
  1. Starbucks

A gigante empresa de cafés utiliza o Big Data para se manter no topo do seu segmento. Ela conseguiu identificar 3 milhões dos seus 6 milhões de clientes.

A Starbucks utiliza o Big Data para gerar análises demográficas parar criar planos de mercado e identificar pontos estratégicos para abertura de novas lojas.

  1. Nike

Através de aplicativos e wearables (dispositivos vestíveis), a marca esportista Nike conseguiu diversos dados sobre praticantes de corrida.

Dessa forma, a análise reuniu (e continua reunindo) várias informações sobre distância percorrida, velocidade, rotas para treinos, entre outros dados sobre o comportamento esportista.

  1. Danone

Um caso envolvendo o Big Data com a marca Danone nos Estados Unidos revolucionou a estratégia para evitar o vencimento dos produtos.

Através da implementação de soluções do Big Data, a Danone conseguiu identificar o tempo e a chegada dos produtos nas prateleiras.

Essa ação evitou que os produtos chegassem à venda próximos da data de validade.

  1. P Morgan

A J.P Morgan é uma empresa gigante do mercado financeiro que utiliza o Big Data Analytics para prever tendências e entender o melhor momento para comprar ou vender ações.

Com essa ferramenta, a empresa consegue evitar perda de ações e investimentos imprecisos.

  1. Grupo Pão de Açúcar

A implementação de um programa de recompensa para os clientes da sua rede de mercados conseguiu trazer análises precisas.

Essas observações mostrou os produtos mais comprados e o comportamento de compra dos seus clientes.

Sendo assim, o Pão de Açúcar consegue gerar cupons ou lançar promoções em certos produtos que irão atrair seus clientes.

  1. Pinterest

A rede social de compartilhamento de imagens, Pinterest, utiliza o Big Data para trazer a navegação personalizada de acordo com as preferências dos usuários.

A inteligência artificial da rede social consegue criar um ranking mais rápido e conteúdo de acordo com a localização dos usuários.

Big Data para pequenas e médias empresas

Os cases de sucesso citados acima são de empresas grandes. Porém, as PMEs podem ter sucesso implementando o Big Data nos seus negócios.

Isso porque os pequenos e médios empreendedores conseguirão analisar as tendências de comportamento do seu público-alvo e poderão criar estratégias de vendas.

Então, o que achou das empresas que usam o Big Data? Conte nos comentários! Aproveite e preencha o nosso formulário e aguarde o contato de uma empresa de Big Data.

Comprar ou alugar máquina de cartão de crédito?

De fato, a maioria das pessoas usa cartão para realizar pagamentos e fazer compras. E um dos principais motivos é a segurança e a praticidade de levar em qualquer lugar. Por isso é importante as empresas receberem esse tipo de pagamento. Mas será que é melhor comprar ou alugar máquina de cartão de crédito?

Comprar ou alugar máquina de cartão de crédito?

Eis que surge a questão: comprar ou alugar máquina de cartão de crédito? Não precisa se desesperar porque vamos explicar as duas opções para você escolher. Confira, logo abaixo.

Comprar máquina de cartão de crédito

Se você está na dúvida em comprar máquina de cartão de crédito, então nós podemos te ajudar.

Existem várias opções no mercado de empresas que vendem maquininhas de cartão de crédito para pequenos, médios e grandes negócios.

Como comprar máquina de cartão de crédito?

Olhe as vantagens de cada empresa de máquina de cartão de crédito que você se interessou e faça um comparativo.

Lembre-se de ver as avaliações e comentários de outros usuários sobre as empresas na internet para saber a reputação da empresa no mercado.

Vantagens de comprar máquina de cartão de crédito

Existem várias vantagens ao comprar máquina de cartão de crédito para sua empresa.

Você pode parcelar o valor da máquina — gerando economia para o seu bolso.

Muitas empresas oferecem garantia da máquina de cartão de crédito e débito.

Alugar máquina de cartão de crédito

Ultimamente, não é tão comum encontrar a opção de alugar máquina de cartão de crédito.

De fato, comprar a maquininha de cartão tem sido mais vantajoso para empresas e o mercado se atentou a isso.

Porém, algumas empresas oferecem a opção de contrato de aluguel da máquina por alguns meses, entre 24 e 48.

É importante verificar se você pagará alguma multa, caso queira cancelar antes do término do contrato.

Como alugar uma máquina de cartão de crédito?

Como dissemos, algumas empresas oferecem essa opção de aluguel de máquina de cartão.

Olhe as opções disponíveis no mercado e escolha aquela que for ideal para a necessidade da sua empresa.

Alguns bancos oferecem contrato de afiliação de aluguel de máquina para pessoas físicas e jurídicas. Verifique se seu banco oferece essa opção.

Vantagens de comprar máquina de cartão de crédito

Uma das principais vantagens ao alugar máquina de cartão é que você testar antes de comprar para sua empresa.

Assim, você verá as vantagens e desvantagens no dia a dia da sua empresa.

Outra vantagem é que se você não se acostumar com a máquina de cartão que alugou, então poderá cancelar o contrato e escolher outra marca.

E, ainda, caso não queira fazer um investimento alto, o aluguel pode ser uma opção mais em conta para não comprometer o orçamento da sua empresa.

Mas, afinal, comprar ou alugar máquina de cartão de crédito?

Se você chegou até aqui é porque leu como funciona e as vantagens de comprar ou alugar máquina de cartão de crédito.

Ainda está na dúvida, então leia nosso artigo sobre qual máquina de cartão é mais vantajosa para sua empresa, clicando aqui.

Então, vai comprar ou alugar máquina de cartão de crédito? Se ficou interessado em ter uma máquina preencha o nosso formulário, clicando aqui.

MEI ou ME? Em qual modelo de empresa apostar?

Se você tem interesse em iniciar um negócio, mas não sabe em qual regime empresarial você se encaixa, acompanhe nosso artigo para entender melhor as características do MEI ou ME.

MEI ou ME?

Em primeiro lugar, vamos falar sobre o MEI. Ele trata-se de uma empresa individual, voltada para a formalização das pessoas que trabalham por conta própria.

Essa é uma excelente forma de iniciar um negócio, pois não enfrenta muita burocracia e é excelente para começar a crescer e se organizar.

Deve-se ter um faturamento anual de até R$81.000,00.

O empresário que adotar o MEI não pode ter participação em outras empresas como sócio ou titular, por outro lado, pode contratar um funcionário que receba um salário-mínimo ou o piso da categoria.

A abertura da empresa e o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) são efetuados pela internet.

Há diversas vantagens tributárias, com pagamentos mensais fixos e baixos, além de acesso à específicos benefícios previdenciários.

capital de giro

Como medida de redução da burocracia, o MEI paga uma Guia de Valor Fixo Mensal, sendo:

MEI de Comércio: R$ 47,85;
MEI de Serviço: R$ 51,85;
MEI de Comércio e Serviço na mesma empresa paga o valor de: R$ 52,85.

O MEI é uma ótima forma de começar a sua empresa se o faturamento for inferior ao limite.

Além disso é importante mencionar que o MEI é um Empresário Individual (EI), portanto, quando ele desenquadra desta classificação e passa a ser um ME, ele continua com o Tipo Jurídico EI.

ME – Microempresa

São empreendimentos que visam lucro e que apresentam um faturamento anual de até R$360.000,00 e sua formalização deve ser feita na Junta Comercial.

O principal benefício é poder optar pelo enquadramento tributário do Simples Nacional.

Mas é importante fazer o Planejamento Tributário, pois pode ser que no Lucro Real ou Lucro Presumido, a empresa mesmo sendo ME, pague menos impostos.

O faturamento é o único requisito que a legislação brasileira enquadra para um negócio ser ME.

Ou seja, não é a quantidade de empregados ou o capital social, por exemplo, que vai ditar se o tipo empresarial será ME ou EPP.

Qual vai escolher? MEI ou ME? Conte para nós nos comentários! 

Qual o melhor banco para abrir conta jurídica? Veja o comparativo!

Com certeza, quem tem CNPJ aberto já se perguntou qual o melhor banco para abrir conta jurídica. É fato que essa é uma dúvida muito comum entre os microempresários. Por isso, nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos te ajudar. Confira!

Qual o melhor banco para abrir conta jurídica?

Em primeiro lugar, se você quer saber qual o melhor banco para abrir conta jurídica, então precisa analisar as opções do mercado antes de escolher esse tipo de serviço.

Então, veja o nosso comparativo entre os bancos que oferecem conta jurídica, logo abaixo.

1. Conta PJ do Banco do Brasil

A conta jurídica do Banco do Brasil vai oferecer as seguintes vantagens:

  • Esse banco possui a maior rede de agências do Brasil.
  • Você pode utilizar o Gerenciador Financeiro, disponibilizado pelo banco, para realizar transações bancárias no computador ou celular.
  • Linhas de crédito disponíveis para capital de giro, financiamentos e exportações.
  • Diversas opções de financiamento para você aplicar seus recursos.

2. Conta PJ do Bradesco

Veja se o seu tipo de empresa se encaixa no serviço Bradesco Empresas e, então, saiba quais são as vantagens oferecidas:

  • Investimentos de acordo com as necessidades da sua empresa.
  • Cartões com opções diferenciadas, como até programas fidelidade para seus clientes.
  • Oferece segurança extra para o transporte de valores para pessoas jurídicas.
  • Linha de crédito especial de acordo com a necessidade da sua empresa.
  • Facilidade na hora de receber os pagamentos devidos na conta da sua empresa.
  • Oferece Cestas Multi Empresarial que incluem: máquina de cartão, custódia de cheques, folha de pagamento, entre outros serviços.

3. Conta PJ Caixa Econômica Federal

Saiba os benefícios que você vai ter ao abrir conta corrente na Caixa Econômica Federal.

  • A Caixa Econômica oferece uma variedade de produtos e serviços para sua empresa.
  • Oferece milhares de pontos para dar comodidade a você.
  • O Internet Banking oferece mais de 100 serviços que podem ser feitos no celular, tablet ou computador.
  • Também oferece crédito para capital de giro ou financiamentos.

4. Conta PJ do Santander

Ao abrir a conta jurídica no Santander, sua empresa vai poder ter direito aos seguintes benefícios:

  • O CDC (Crédito Direto ao Cliente) é destinado ao financiamento de veículos leves, máquinas e equipamentos.
  • Você pode adiantar valores para melhorar seu fluxo de caixa.
  • Para aumentar o seu capital de giro, você pode solicitar um empréstimo.
  • Oferece um capital de giro exclusivo para abertura, reforma ou modernização de uma franquia.

Afinal, qual o melhor banco para abrir conta jurídica?

Diante disso, quem vai escolher o melhor banco para abrir conta jurídica é você que conhece as necessidades do seu negócio.

Analise cuidadosamente cada vantagem que todos os bancos oferecem e veja qual é o ideal para sua empresa.

Lembre-se também de ver todas as taxas atualizadas de cada conta empresarial. Esse ponto pode ser importante para sua decisão, dependendo da situação financeira.

Enfim, já escolheu o melhor banco para abrir conta jurídica? Se ficou interessado e está na dúvida em qual apostar, preencha o nosso formulário que um dos nossos parceiros vão entrar em contato com você.