Melhor plano de celular corporativo: 5 dicas para encontrar!

Seja para vender, fazer uma pesquisa ou receber uma avaliação, muitas empresas precisam fazer ligações. Por isso, nós do Portal SóPJ, site de serviços para empresas, vamos dar dicas para escolher o melhor plano de celular. Confira, logo abaixo!

Como escolher o melhor plano de celular?

Se você busca pelo melhor plano de celular para sua empresa, então está no lugar certo.

Nós iremos contar as dicas que todo empreendedor precisa saber para fazer uma boa escolha.

Se você quer aumentar as oportunidades da sua empresa através do contato telefônico, então siga esses conselhos. Vamos lá!

plano de celular

1. Entenda seu plano

Se você possui um plano no momento, então avalie os gastos dos últimos 3 meses.

Veja os itens que mais consomem sua franquia e gastos extras que passam o valor do plano de celular contratado.

Faça perguntas para você e seus funcionários para entender o que mais eles costumam gastar e vejam juntos se eles valem a pena.

2. Multa do contrato

Caso você perceba que o plano de celular corporativo que está vigente não está valendo a pena, então veja o valor da multa do contrato.

Acha que é possível cancelar o contrato para fazer um novo plano que possua mais vantagens para sua empresa?

Analise se a multa não é abusiva e tente conversar com a operadora do seu plano de celular empresarial.

3. Analise as ofertas de combo

Se você procura um plano de celular ideal para sua empresa, cuidado com os combos casados com outros serviços, como TV e telefone fixo.

Em alguns casos, pode ser que esses combos de mais de um serviço sejam vantajosos para sua empresa.

Mas tenha cuidado de pagar por algo que não vai consumir. Portanto, analise se os outros serviços do combo são interessantes para sua empresa.

4. Analise as vantagens de um novo plano

Está decidido que vai mudar de plano de telefone móvel corporativo? Então, antes de fechar contrato, observe os seguintes fatores:

  • Economia: procure pagar por um valor menor que o plano anterior.
  • Pós-venda: verifique se o pós-venda do seu novo plano é mais ágil, oferece mais controle e gestão para sua empresa.
  • Especialistas: veja se quem está vendendo o seu novo plano empresarial é especialista no que está vendendo e, portanto, tire todas as dúvidas.
  • Melhorias: verifique se o novo plano traz melhorias reais no dia a dia da sua empresa.

plano de celular

5. Pesquise o perfil e reputação da empresa

Busque o máximo de informações que você puder sobre a nova operadora. Mesmo que tenha algumas críticas na internet, o ideal é verificar se a empresa se propôs a solucionar.

Entre em sites de reclamações, redes sociais, entre outros, para verificar a postura da empresa em relação com os clientes.

O tradicional boca a boca também funciona nessas horas. Pergunte para outros colegas se eles recomendam a empresa ou o plano que está interessado.

Enfim, ficou interessado em buscar o melhor plano de celular corporativo depois dessas dicas? Então preencha o formulário e aguarde o contato de uma empresa desse setor.

Aproveita e veja outros serviços que a sua empresa precisa no nosso site: https://www.sopj.com.br/.

Por que investir na geraçăo de leads para vendas?

Você sabe como investir na geraçăo de leads para vendas? Fique tranquilo porque nós do Portal SóPJ, site de serviços para empresas, vamos explicar porque essa estratégia de marketing é um ótimo investimento. Confira, a seguir!

Geraçăo de leads para vendas o que é?

Em primeiro lugar, se você ainda não sabe o que é a geraçăo de leads para vendas, então nós vamos explicar sucintamente.

Basicamente, a geração de lead é uma estratégia do Inbound Marketing que atrai usuários na internet por meio de formulários de contato com a intenção de venda/contratação de um produto/serviço.

Portanto, essa estratégia atrai os usuários com “iscas” digitais para transformá-los em possíveis clientes.

Essas iscas digitais são distribuídas em landing pages, redes sociais, conteúdo SEO e outras fontes de captação de leads.

Geração de leads

Afinal, vale investir em geração de leads para vendas?

Ao investir na geração de leads para aumentar as vendas da sua empresa você está fazendo um ótimo investimento. E vamos explicar o porquê!

Sobretudo, é importante saber a diferença entre gastar e investir. Um gasto é quando você não tem nenhum retorno sobre ele.

Porém, o investimento é quando você paga por algo que terá um retorno sobre o valor investido.

Sendo assim, a geração de leads é um investimento porque ela vai atrás de usuários que despertam o interesse na sua empresa.

Vantagens da geração de leads

Como podemos ver, a primeira grande vantagem da geração de leads é o investimento em uma estratégia que irá trazer retornos positivos.

Porém, há outros benefícios desse recurso do marketing para vendas. Veja, logo abaixo!

1. Ciclo de vendas menor

Uma das maiores dificuldades das empresas é a captação dos leads que convertem em venda e, por isso, perdem muito tempo nesse processo.

Ao terceirizar essa estratégia de geração de leads você fica responsável apenas pela finalização da venda.

2. Classificação dos clientes

A geração de leads ajuda a classificar os leads que se tornaram clientes e que podem ser mantidos para compras complementares futuramente.

O mapeamento de quem se tornou cliente, de quem está querendo comprar novamente ou se afastou depois de comprar são facilmente perceptíveis.

3. Entregabilidade

Se o ciclo de vendas é rápido e ágil, a classificação dos leads é segmentada e definida, então a entregabilidade da sua empresa é alta.

Dessa forma, você entra com vantagem competitiva no segmento que atua — que provavelmente possui concorrentes gerando leads.

Geração de leads

E o que vem depois da venda?

Outro deslize de muitas empresas é ignorar o contato pré-venda depois da geração de leads ser concluída.

Provavelmente, montar uma equipe ou responsabilizar um profissional para realizar a pré-venda.

Essa equipe será treinada para detectar apenas aqueles clientes que estão aptos a se tornarem clientes, de fato.

Portanto, essa pré-análise irá potencializar as vendas do seu negócio e ajudará no crescimento.

Enfim, essas são algumas vantagens de investir na geração de leads para vendas. Ficou interessado nessa estratégia do Inbound Marketing? Então preencha o formulário e aguarde o contato de uma empresa do segmento de geração de leads.

Tipos de monitoramento de segurança para empresas

Nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos explicar os tipos de monitoramento de segurança para empresas. Se você quer manter o seu negócio seguro, então pode ver as opções que existem no mercado. Confira, abaixo!

Monitoramento de segurança: o que é?

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é monitoramento de segurança e para que ele serve.

O monitoramento para a segurança das empresas e casas é um recurso que serve para manter o ambiente seguro — impedindo problemas como furtos e outros.

Esse tipo de recurso utiliza a tecnologia eletrônica para deixar o local de trabalho mais seguro para os funcionários trabalharem tranquilamente.

monitoramento de segurança

Tipos de monitoramento de segurança

Agora que você sabe o que é monitoramento de segurança, então pode saber os tipos desse recurso disponíveis no mercado. São eles:

1. Alarmes

O alarme é um dos tipos de monitoramento de segurança que a sua empresa pode implementar.

Esse recurso de disparo sonoro ajuda a inibir a ação de criminosos — amedrontando-os e avisando as pessoas ao redor da sua empresa.

2. Câmeras de monitoramento

As câmeras de monitoramento é um dos principais recursos da segurança em estabelecimentos comerciais e residenciais.

Elas são utilizadas para observar, registrar e comunicar as centrais de segurança se houver alguma ocorrência de atividade suspeita.

3. Cercas de arame eletrificadas

Esse tipo de cerca são ideais para inibir a invasão sobre os muros da empresa. Isso porque dificulta a ação de entrar na parte interior do estabelecimento.

É importante manter uma manutenção periódica nas cercas eletrificadas para evitar qualquer problema.

4. Controle na palma da mão

Já existem dispositivos de segurança de monitoramento de câmeras e alarmes que são integrados com celulares que são avisados quanto houver alguma ação suspeita.

Portanto, você pode checar toda vez que quiser seu aparelho de celular para verificar a situação da sua empresa.

5. Botão de pânico

Esse é um botão que funciona 24 horas por dia. Quando acionado, esse recurso envia uma mensagem para a empresa de segurança responsável.

Dessa forma, caso aconteça alguma situação perigosa quando seus funcionários estiverem dentro do local de trabalho, a empresa de segurança saberá.

monitoramento de segurança

6. Escolta armada

O serviço de escolta armada precisa ser feito por profissionais capacitados e portadores da CNV (Carteira Nacional de Vigilante) em dia.

Esse recurso ajuda no transporte de valores, produtos ou equipamentos de alto valor que precisam de proteção reforçada.

7. Vigilantes e vigias

Esses profissionais são contratados para realizar a segurança patrimonial das empresas que querem um vigilante fixo em certos períodos do dia ou 24 horas.

Esse profissional precisa ter a capacitação necessária para portar arma de fogo. Alguns estabelecimentos possuem a obrigatoriedade de um vigia durante o funcionamento, como as agências bancárias.

Conclusão

Agora que você sabe os diversos tipos de monitoramento de segurança, então pode escolher o ideal para sua empresa.

Acha que é necessário mais de um recurso de segurança no seu local de trabalho, então faça o orçamento para esses serviços.

Enfim, ficou interessado na implementação de monitoramento de segurança para sua empresa? Então preencha o formulário e aguarde o contato de uma empresa do segmento.

Internet por fibra óptica: 5 mitos e verdades

Com certeza, você já ouviu falar muito sobre internet por fibra óptica. Porém, algumas coisas que ouvimos são apenas boatos. Por isso, nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos contar os mitos e verdades sobre a internet transmitida por fibra óptica. Confira!

Internet por fibra óptica: o que é?

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é a internet por fibra óptica e como ela funciona.

A internet fibra óptica é uma tecnologia formada por um cano plástico flexível que possui a superfície internet revestida com um espelho feito de vidro.

Esse material de vidro puro possibilita a alta velocidade da internet e a qualidade da mesma — mesmo há vários quilômetros de distância.

fibra ótica

Como funciona a internet por fibra ótica?

Agora que você sabe o que é a internet fibra óptica, então precisa entender como ela funciona na prática.

O material de vidro revestido internamente possui um material isolante de ondas eletromagnéticas.

Portanto, a luz que atravessa o cabo traz dados binários em todo interior — que oferece qualidade para fazer todos os serviços online da sua empresa.

Mitos e verdades da fibra óptica

Agora é hora de saber os mitos e verdades da fibra ótica. Está curioso? Então tire todas suas dúvidas, logo abaixo!

1. Cabos de fibra óptica são mais caros? MITO

Muitas pessoas acreditam que por conta da qualidade da fibra óptica o preço é mais alto. Porém, não é verdade.

De fato, no início da tecnologia, a fibra óptica era mais caro. Mas com o aumento da demanda ela se tornou mais barata.

2. A fibra óptica é mais rápida que a via rádio? VERDADE

Cada plano e cada empresa de internet oferece uma quantidade e velocidade para seus clientes.

Porém, para planos de alta velocidade é usada a fibra óptica. Sendo assim, a capacidade é muito maior que a internet via rádio, já que utiliza a luz como meio de transmissão de dados.

3. A fibra óptica é mais segura e eficiente? VERDADE

Sem dúvida, os cabos de fibra óptica são mais seguras que os cabos de cobre. Isso porque o cabo óptico utiliza a luz e não a eletricidade — diminuindo o risco de incêndio e interferência.

Além disso, a fibra ótica não é afetada pela chuva, vento e outros fatores ambientais — permitindo que os sinais viajem mais e com menos degradação dos fios.

fibra ótica

4. O Uso da fibra óptica é ambientalmente mais correto? VERDADE

Sim, o uso da internet fibra óptica é ambientalmente mais correto porque seu material é composto por um material muito abundante na crosta terrestre.

A fibra é considerada uma tecnologia “verde” por ser sustentável, mais segura e menos prejudicial em comparação aos outros tipos de cabos.

5. Cablos de fibra ótica sofrem interferências eletromagnéticas? MITO

Ao contrário dos cabos de internet tradicionais, a fibra óptica não sobre interferências externas.

Além disso, o material da fibra óptica não permite que a eletricidade ou outros fatores possam causar problemas na transmissão de dados.

Enfim, esses são alguns mitos e verdades sobre a internet por fibra óptica. Ficou interessada nesse tipo de internet? Então preencha o formulário e aguarde o contato de uma empresa da área.

Convênio odontológico empresarial: o que é e como funciona?

Você sabe o que é e como funciona o convênio odontológico empresarial? Nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos falar tudo sobre esse tipo de benefício que a sua companhia pode oferecer para os funcionários. Confira!

O que é convênio odontológico empresarial?

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é convênio odontológico empresarial.

O plano odontológico corporativo é destinado exclusivamente para empresas ofertarem esse benefício para seus colaboradores.

Ele costuma ter um valor mais em conta para que os empresários possam pagar o plano odontológico para todos da empresa.

Esse é um tipo de benefício que os profissionais têm valorizado cada vez mais e, por conta disso, as empresas estão oferecendo para atrair cada vez mais profissionais competentes.

plano odontológico

Como funciona o convênio odontológico empresarial?

O plano dental corporativo que as empresas oferecem possui impacto mínimo na folha de pagamento dos funcionários.

Esse valor cobrado é muito menor que um plano odontológico tradicional que pode pesar no bolso dos brasileiros.

Portanto, ter um plano dental da empresa é um desejo de muitos trabalhadores brasileiros que querem cuidar da sua saúde bucal.

Por que oferecer plano odontológico para funcionários?

Agora que você sabe o que é e como funciona um convênio odontológico empresa, então pode saber as vantagens de oferecer esse benefício para os funcionários. São elas:

1. Valor baixo

Comparado aos outros benefícios (assistência médica, seguro de vida e vale alimentação), o plano odontológico é um dos mais baratos para as empresas.

Existem vários planos de diferentes preços e muitas empresas de convênio dental. Faça uma pesquisa e encontre aquela que caiba no seu bolso.

2. Funcionários contentes com a empresa

De fato, empresas que oferecem esse benefício para seus funcionários conseguem aumentar a produtividade e satisfação dos mesmos.

Isso porque os colaboradores olham com bons olhos empresas que incentivam os cuidados com a saúde bucal.

3. Melhora a imagem da empresa

Muitos planos odontológicos podem ser estendidos a seus familiares. Essa ação faz com que os familiares dos funcionários também ficam felizes com a empresa.

Sendo assim, os familiares do colaborador e pessoas próximas irão ter uma boa visão da organização e transmitirão para outras pessoas.

plano odontológico

4. Desconto do Imposto de Renda

Ao oferecer plano odontológico para seus funcionários, a empresa ganha o  imposto de renda

Além disso, o seu negócio só tem a ganhar já que os colaboradores irão trabalhar mais motivados e, consequentemente, vão aumentar o rendimento da sua empresa.

Como contratar plano odontológico?

Agora é hora de saber como escolher um bom plano dental para seus funcionários. Siga essas ficas:

  • Busque informações: não escolha apenas pelo valor, mas pelo conjunto que o plano oferece.
  • Verifique a região: olhe a rede credenciada dos consultórios e se possui consultórios perto de você.
  • Verifique antes de assinar o contrato: não assine antes de confirmar todos os benefícios, tarifas, valores e cláusulas.
  • Guarde a cópia do contrato: fique com uma cópia do contrato para você.

Enfim, agora você sabe o que é, como funciona e as vantagens do convênio odontológico empresarial. Ficou interessado? Então preencha o formulário e aguarde o contato de uma empresa do segmento.

Plano de saúde para MEI: o que é e como adquirir?

Você tem uma micro, pequena ou média empresa? Ou trabalha como pessoa jurídica (PJ)? Então precisa conhecer o plano de saúde para MEI. Nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos contar tudo para vocês.

Plano de saúde para MEI: o que é?

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é um plano de saúde para MEI.

Esse tipo de plano de saúde é específico para Microempreendedores Individuais (MEI), ou seja, quem fatura até R$ 81 mil por ano.

Além dessa característica importante do MEI, existem outras que você pode saber, clicando aqui.

Esse tipo de plano de saúde empresarial é uma ótima opção para quem quer pagar menos que os planos individuais tradicionais.

plano de saúde

Como contratar um plano de saúde MEI?

Recentemente, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) colocou em vigor novas regras para quem for aderir ao plano.

É preciso que o Microempreendedor Individual possua sua inscrição formalizada, pelo menos, 6 meses.

Esse tipo de plano de saúde possibilita que o beneficiário MEI possa colocar outros dependentes — dependendo do plano.

Além disso, é importante que o pagamento da contribuição do MEI esteja em dia para que o acesso ao plano de saúde não seja cortado.

O que considerar antes de contratar plano MEI?

Existem alguns pontos que precisam ser levados em consideração para você escolher um bom plano de saúde MEI. São eles:

1. Não leve o preço como ponto principal

Quando falamos de saúde, a questão fica ainda mais séria. Portanto, não contrate um plano de saúde apenas pelo valor financeiro que ele possui.

De fato, economia é muito importante, mas não deve ser o principal ponto para a contratação do plano.

2. Veja o tempo da carência

Muitas pessoas ao contratar um plano de saúde não se atentam ao tempo de carência que ele possui.

O tempo de carência é aquele período que você ficará sem poder usufruir dos serviços do plano.

3. Abrangência

Os planos de saúde possuem diferentes tipos de abrangência que variam conforme a empresa e o valor.

A abrangência pode ser local, em todo o Brasil, ou até mesmo internacional. Verifique qual é a melhor opção para você ou para seus funcionários.

4. Taxas e reajustes

Peça para ver as taxas e reajustes dos planos de saúde MEI que você está interessado.

Procure comparar com as tabelas de reajustes que os órgãos competentes oferecem. Inclusive, planos mais baratos podem sofrer reajustes mais caros.

plano de saúde

5. Registro na ANS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é o órgão que fiscaliza os planos de saúde no Brasil.

Portanto, verifique se operadora de saúde está na lista dos registros da ANS. Não hesite em perguntar, caso não passem essa informação.

6. Reputação na internet

A internet se tornou uma grande aliada para identificar se as empresas agem corretamente.

Faça uma pesquisa sobre o plano de saúde antes de contratar e verifique o que os usuários falam sobre ele na internet.

Enfim, essas são algumas das informações importantes sobre plano de saúde para MEI. Ficou interessado? Então preencha o formulário e receba um contato de uma empresa de plano de saúde empresarial.

O que é pesquisa de mercado?

Se você quer entender (de uma vez por todas) o que é pesquisa de mercado, então está no lugar certo. Nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos passar todas as informações que você precisa saber. Confira, logo abaixo!

O que é pesquisa de mercado?

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é pesquisa de mercado para empresas.

De fato, esse tipo de pesquisa coleta informações junto com o consumidor ou fornecedor para que a empresa tenha orientação para tomar decisões ou solucionar problemas.

Se a sua realização é bem-sucedida, então a pesquisa oferece informações importantes que fazem o empreendedor tomar decisões mais corretas.

pesquisa de mercado

Como fazer uma pesquisa de mercado?

Para ter uma noção de como funciona o ideal é ver o passo a passo para fazer uma pesquisa de mercado, a seguir.

1. Objetivo da pesquisa

O primeiro passo a decidir é qual a finalidade da sua pesquisa de mercado. Qual é questão principal que você quer descobrir.

2. Público-alvo

Para quem sua pesquisa será realizada? Para os consumidores? Para os fornecedores? Para os concorrentes? Para quem?

É importante saber o perfil do público da pesquisa para levantar informações a partir de características sócias demográficas ou comportamentais.

3. Amostra da pesquisa

A amostra da pesquisa de mercado define quantas pessoas vão responder às perguntas.

4. Questionário

Esse é o momento para criar as perguntas que estarão presentes no questionário e feitas para seu público-alvo.

Portanto, especifique as perguntas para não receber respostas genéricas que não trarão informações importantes para você.

5. Aplicando o questionário

Como serão feitas as perguntas? Por telefone ou presencialmente? Essas perguntas precisam ser respondidas para dar início ao questionário.

A aplicação do questionário presencialmente possibilita a realização das perguntas e outras questões, dependendo das impressões.

Já a pesquisa por telefone é mais rápida, mas pode apresentar algumas dificuldades no seu decorrer — como desentendimento de algumas respostas.

6. Análise dos resultados

Depois de colher os dados, é hora de cruzar informações, elaborar tabelas e gráficos para analisar os resultados.

Faça um relatório com as informações coletas e análise para gerar insights ou soluções para o qual foi feita a pesquisa.

pesquisa de mercado

Afinal, quais as vantagens da pesquisa de mercado?

Agora que você sabe o que é e como fazer uma pesquisa de mercado, então pode ver quais são as vantagens de apostar nesse tipo de pesquisa mercadológica.

Perfil do cliente: você descobrirá aspectos quantitativos e qualitativos, características comportamentais, renda e outros detalhes.

Saiba sobre seus concorrentes: a pesquisa de mercado possibilita que você entenda a estratégia dos concorrentes e observe os pontos fortes e fracos deles.

Analise seus fornecedores: a pesquisa ajuda a observar as empresas fornecedoras que oferecem seus produtos e serviços no seu segmento.

Percepção de mercado: você terá uma visão ampla do mercado que a sua empresa atua e absorverá o que for compatível com a sua empresa, sem dúvida.

Público definido: um grande erro de muitas empresas é não entender bem seu público-alvo. Para em tender as necessidades do seu cliente, primeiro você precisa saber quem ele é.

Enfim, agora você sabe o que é pesquisa de mercado, como fazer e quais suas vantagens. Ficou interessado? Então preencha o formulário e receba um contato de uma empresa de pesquisa de mercado.

Como fazer uma permuta comercial?

Se você tem muitas dúvidas sobre como fazer uma permuta, então nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — podemos te ajudar. Leia o texto que ensina como fazer, como aceitar, quando realizar e outras questões, logo abaixo.

Como fazer uma permuta? O que é isso?

Em primeiro lugar, antes de saber como fazer uma permuta, você precisa entender o que a configura como tal.

A palavra permuta significa “troca de coisas entre seus respectivos donos; troca recíproca”.

De fato, é exatamente isso que a permuta comercial se configura: troca de serviços ou produtos entre 2 ou mais pessoas/empresas.

A grande característica da permuta é que é um tipo de negócio que não utiliza o dinheiro.

permuta

Afinal, como fazer permuta?

Agora que você sabe o que é uma permuta, então pode entender como fazer esse tipo de negócio.

A primeira dica sobre como fazer uma permuta é que o negócio seja vantajoso para ambos os lados.

Além disso, é importante que seja feito um contrato de acordo sobre a permuta especificando os detalhes para a realização da mesma.

Se a permuta é a troca de um produto ou serviço por uma divulgação, então é preciso especificar o que você espera que seja feito em troca.

Como aceitar uma permuta?

Se alguma empresa ou pessoa entrou em contato com você para realizarem uma permuta juntos, então é preciso levantar alguns pontos.

Sobretudo, verifique se a ideia da permuta faz sentido para sua empresa e se possui relação no mesmo segmento.

Pense também se a permuta irá acrescentar em alguma coisa para sua empresa. Vai agregar valor à sua marca? Vai te ajudar de alguma forma?

Faça também uma conta simbólica sobre o produto ou serviço que o parceiro está oferecendo e se possui equivalência com o que você vai oferecer.

Quando realizar uma permuta?

Tendo em vista esses pontos citados acima, se for vantajoso para a estratégia da sua empresa: aceite a permuta.

Uma boa hora de fazer permuta é quando seu estoque está excedente ou quando você quer trocá-lo rapidamente.

Além de não perder seus produtos, ainda consegue trocar por outro produto ou serviço interessantes para sua empresa.

Vantagens da permuta comercial

Se você ainda não está convencido que fazer permuta é um bom negócio, então veja as vantagens, abaixo.

1. Lucro

As permutas comerciais podem aumentar o lucro da sua empresa, já que você terá menor desembolso de dinheiro.

2. Diminuição de despesas

As permutas diminuem as despesas e custos do fluxo de caixa da sua empresa.

permuta

3. Saída de estoque

Permutas de oferta de produtos elimina o excesso do estoque dos itens que não foram vendidos ou estão fora de linha.

4. Novas oportunidades

A permuta amplia as possibilidades de negócio que a sua empresa pode fazer, sem aumentar os custos.

Permuta bilateral X permuta multilateral

Existem características diferentes da permuta bilateral e da permuta multilateral, são elas?

Bilateral: apenas 2 envolvidos, interesses iguais, troca no mesmo momento e necessidade na mesma intensidade.

Multilateral: mais de 2 envolvidos, interesses diferentes, troca em momentos distintos e necessidade sem a mesma intensidade.

Enfim, agora você sabe como fazer uma permuta e tirou outras dúvidas a respeito desse tipo de negócio. Ficou interessado? Então preencha o formulário e aguarde o contato de uma empresa desse segmento.

Empresa de monitoramento eletrônico: 7 motivos para contratar!

Você sabe os motivos para contratar uma empresa de monitoramento eletrônico? Nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos contar tudo sobre os benefícios da contratação desse serviço. Confira, logo abaixo!

Empresa de monitoramento eletrônico: o que é?

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é e como funciona uma empresa de monitoramento eletrônico.

O monitoramento eletrônico é um serviço que algumas empresas de segurança oferecem para residências e estabelecimentos.

Essas empresas possuem recursos eletrônicos para monitorar e proteger lojas, escritórios, comércios e outras organizações comerciais.

monitoramento de segurança

Como funciona o serviço de monitoramento eletrônico?

Se você quer entender melhor o serviço de monitoramento eletrônico, então está no lugar certo.

Basicamente, esse serviço utiliza diversos recursos para vigiar o interior e exterior do estabelecimento empresarial.

A maioria das empresas de monitoramento oferecem o serviço de vigilância durante todos os dias da semana e 24 horas por dia.

Além disso, as empresas possuem uma equipe de segurança e monitoramento especializada para tomar decisões rápidas e eficientes.

Afinal, por que contratar monitoramento eletrônico?

Agora que você já sabe o que é e como funciona esse tipo de serviço, então pode saber as vantagens que ele oferece. Leia, a seguir:

1. Menor risco de arrombamento

Existem estatísticas que comprovam que casas residenciais e comerciais que possuem o serviço de monitoramento possuem menor risco de arrombamento.

Já estabelecimentos sem o sistema de monitoramento estão com 3 vezes mais propensos a serem invadidos.

2. Prevenção e segurança

O monitoramento eletrônico proporciona a vigilância aos redores para evitar que qualquer problema aconteça.

É uma ótima forma de prevenção, já que é possível verificar qualquer situação suspeita ou incomum e checar in loco, se for necessário.

3. Menos preocupações

Sem dúvida, os donos das empresas que possuem monitoramento eletrônico estão menos preocupados com possíveis problemas.

Dessa forma, os empresários podem viver suas vidas sem preocupação com a situação dos seus estabelecimentos.

4. Evite reincidências

As estatísticas policiais afirmam que casas e estabelecimentos comerciais que já sofreram arrombamento possuem maior chance de serem novamente arrombadas.

Portanto, se faz ainda mais necessário se a sua empresa já passou por alguma situação de risco ou roubo.

5. Custo-benefício

Provavelmente, o valor da mensalidade do serviço de monitoramento é menor que a contratação de uma equipe de segurança exclusiva.

Portanto, o custo-benefício do monitoramento de segurança vale muito a pena por conta do sistema de câmeras e outros serviços oferecidos.

monitoramento de segurança

6. Trabalho profissional e eficiente

Empresas que oferecem o monitoramento de vigilância são profissionais e eficientes nos serviços que eles dispõem ao cliente.

O profissionalismo oferecido por elas passa confiança e tranquilidade aos contratantes.

7. Tecnologia

Hoje em dia, a tecnologia está cada vez mais avançada em todos os segmentos. No ramo do monitoramento eletrônico, as tecnologias são ainda mais desenvolvidas.

As empresas de monitoramento estão sempre buscando novos recursos para trazer segurança total para os estabelecimentos.

Enfim, esses são alguns motivos para contratar uma empresa de monitoramento eletrônico. Ficou interessado e quer receber o contato de uma empresa desse segmento? Então preencha o formulário e aguarde o contato.

6 vantagens ao receber pagamento online

Se você tem uma loja virtual, com certeza já pensou em receber pagamento online. Se você não sabe como proceder com essa demanda, então nós do Portal SóPJ podemos te ajudar. Vamos contar, logo abaixo!

Receber pagamento online: o que é?

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é e como funciona a ação de receber pagamento online.

Como o próprio nome já entrega, o meio de pagamento online é uma forma de recebimento virtual.

Dessa forma, os pagamentos são feitos por meio de dispositivos móveis conectados à internet.

Como funciona o pagamento online?

Os e-commerces (lojas virtuais) utilizam os meios de pagamento online para receber dos clientes.

Através de aplicativos móveis (mobile payment) e transferências online de débito ou crédito.

Para que essas transferências online aconteçam é preciso de um gateway (software online de pagamentos), subadquirente (intermediador) e/ou um adquirente presentes na transação.

Por que sua empresa precisa de pagamento online?

Agora você já sabe o que é e como funciona o recebimento de pagamento online. Portanto, pode estar se perguntando se vale a pena investir nesse serviço.

Para tirar suas dúvidas, nós selecionamos algumas vantagens para vocês conhecerem os benefícios do pagamento online. Confira!

1. Aumento das vendas

Sem dúvida, muitos consumidores realizam pagamento online durante suas compras na internet.

Portanto, se a sua empresa não oferecer essa opção de pagamento poderá perder vários clientes.

Já o contrário, se a sua loja oferece pagamento online, poderá aumentar as suas vendas consideravelmente.

2. Agilidade e eficiência

Hoje em dia, as pessoas querem ações rápidas e eficientes — de preferência totalmente online.

Sendo assim, os usuários ficarão satisfeitos com a agilidade do pagamento online que a sua empresa oferece.

As empresas também saem ganhando com a produtividade e rapidez que o sistema virtual de pagamento pode oferecer.

3. Maior segurança

De fato, o pagamento online entrega mais segurança para as empresas e para os consumidores.

Isso porque os meios de pagamento são softwares conhecidos no mercado e possuem medidas de segurança para impedir ataques cibernéticos.

Além de ser um ponto de confiança entre consumidores e empresas — evitando fraudes ou golpes.

4. Integração

Os meios de pagamento online, além de facilitarem a compra por um clique, ajudam a resolverem problemas que podem a vir acontecer.

Estorno, cobrança recorrente e outras complicações podem aparecer durante uma compra online. Porém, elas podem ser resolvidas através do software de pagamento.

Além disso, muitos meios de pagamento possuem integração com diversos bancos — aumentando a possibilidade de venda.

5. Controle do processo

A opção de pagamento online oferece controle de todas etapas para os consumidores acompanharem.

Logo que o pagamento for aprovado, o usuário poderá verificar a separação do estoque, o envio para o centro de distribuição, despacho no destino final e outros.

Essa tecnologia permite que o consumidor se sinta confortável quanto à entrega.

6. Alcance maior

Se a sua loja vende apenas na cidade que está instalada, você poderá alcançar mais pessoas com a loja e o pagamento virtuais.

Portanto, poderá vender para o estado de atuação, todo Brasil ou, até mesmo, no exterior.

Enfim, essas são as vantagens de receber pagamento online. Ficou interessado? Então preencha o formulário e aguarde o contato de uma empresa do segmento.