O que um software empresarial precisa ter?

Nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos contar tudo sobre o que um software empresarial precisa ter. Se você quer oferecer mais praticidade, automação e rapidez para as ações dos seus funcionários, então precisa conhecer os quesitos básicos para fazer uma boa escolha. Confira!

Software empresarial: o que é?

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é um software empresarial e a importância dele para o seu negócio.

Um software é um sistema ou programa que possui informações que podem ser lidas em aparelhos tecnológicos, como computador, celular, tablet e outros.

Cada software possui uma licença que garante que o criador autorizou a distribuição do programa.

Um software oferece várias funções: jogos, criação de textos, edição de vídeo, cálculo, edição de imagem, reprodução de mídia, entre outros.

software

Qual a importância do software empresarial?

Agora que você sabe o que é um software para empresas, então podemos falar da importância que ele oferece.

Existem softwares que auxiliam na gestão financeira, no controle de estoque, controle de fluxo de caixa, processos internos da empresa e outros.

Os softwares empresariais entregam o que o seu negócio realmente precisa, ou seja, personalizado de acordo com as suas necessidades.

Cada empresa possui um processo específico e complexo de acordo com a sua atividade e, portanto, precisa de softwares próprios para o desenvolvimento das atividades diárias.

O que um software para empresas precisa ter?

Você já entendeu a importância de comprar softwares de acordo com a necessidade da sua empresa, então precisa saber o que ele precisa ter antes de finalizar a compra. Veja, a seguir!

1. Personalização

Como já dissemos, cada empresa possui necessidades específicas. Portanto, um bom software precisa oferecer a possibilidade de adaptação às demandas particulares.

Antes de comprar um software, veja se ele oferece esse tipo de adaptação para atender o que você precisa.

2. Metodologias universais

Veja qual o tipo de metodologia o software que você quer usar oferece. Isso porque esse detalhe melhora o desempenho de quem for usá-lo.

Na hora de identificação de problemas, as metodologias ajudam a encontrar a causa do problema e resolvê-lo facilmente.

3. Integração

Todo software precisa saber como integrar os dados da empresa e fazer essa ação de modo inteligente — sem perder informações importantes.

Além da captação correta dos dados, é importante que o sistema converse entre si para que o andamento seja acompanhado com as atualizações.

software

4. Gestão de portfólio de projetos

Encontrar um software que integre planejamento estratégico com a gestão de portfólio é um grande desafio para empresas.

Isso porque essa integração melhora o alinhamento das atividades realizadas de acordo com as estratégias estabelecidas posteriormente.

5. Automação

Softwares empresariais que oferecem automação ajudam as empresas a tornarem os processos automatizados para diminuir o esforço humano.

Além disso, a automatização dos softwares deixa as ações mais seguras e diminuem os riscos de falhas durante o processo — comum quando envolve humanos em todos os processos.

Enfim, essas são os principais quesitos para comprar um software empresarial. Ficou interessado? Então preencha o formulário e aguarde o contato de uma empresa do segmento.

O que é helpdesk? Por que apostar nesse serviço para sua empresa?

Nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos contar para vocês (de uma vez por todas) o que é helpdesk e porque sua empresa precisa desse serviço. Se você sempre quis saber mais sobre o assunto, então leia essa matéria.

O que é helpdesk?

Em primeiro lugar, para entender o que é helpdesk é preciso voltar na origem da palavra.

O termo inglês “help” e “desk” podem ser traduzidos como “balcão de ajuda”. Porém, os termos juntos possuem um significado na prática mais amplo.

O helpdesk é um tipo de suporte e atendimento ao cliente. Embora podemos dizer que é um “balcão de ajuda”, já que ele serve para resolver problemas rapidamente.

helpdesk

Como funciona o helpdesk?

Na prática, o helpdesk funciona da seguinte maneira: um cliente entra em contato com o suporte e a equipe responsável do setor precisa resolver na primeira interação.

Geralmente, os funcionários de TI (Tecnologia da Informação) são os encarregados de resolver com eficiência os chamados.

Essa equipe pode ser internalizada ou terceirizada dentro de uma empresa. Além desse tipo do helpdesk (nível 1), pode ser estendido para Service Desk (nível 2) — solicitações mais complexas.

Por que sua empresa precisa de helpdesk?

Agora que você sabe o que é e como funciona o helpdesk, então precisa saber os motivos para investir nesse serviço para sua empresa. Veja, a seguir!

1. Acesso remoto

O serviço de helpdesk oferece atendimento remoto para os clientes, ou seja, ele pode ser feito de qualquer lugar para outra localidade.

Sendo assim, sua empresa pode ser de São Paulo e atender demandas de clientes no Rio de Janeiro, por exemplo.

2. Cria uma cultura de serviço

Oferecer helpdesk ajuda a criar uma cultura de serviço, ou seja, de acordo com os problemas e demandas mais comuns, é possível formar protocolos de atendimento para resolução.

Se a empresa consegue identificar os problemas mais recorrentes, então será mais rápida a resolução dos mesmos.

3. Triagem

Com o helpdesk é preciso criar uma escala de urgência das demandas mais fáceis e mais complexos.

Além da classificação, a triagem faz com que os problemas mais fáceis sejam resolvidos da forma mais rápida possível.

4. Cliente satisfeito

Hoje em dia, o novo consumidor quer soluções eficientes e rápidas para seus problemas — principalmente aqueles que tem a ver com a tecnologia.

O helpdesk foi criado exatamente para resolver os problemas logo na primeira interação com o consumidor.

helpdesk

5. Documentação em dia

A área de helpdesk precisa documentar todas as demandas de problemas e as soluções dos mesmos.

Sendo assim, o setor fica mais organizado e poderá recorrer às documentações para ter conhecimento sobre os problemas solucionados ou por outros motivos.

6. Histórico do cliente

Ao documentar todas as solicitações e resoluções de cada cliente, ficará mais fácil recorrer ao histórico para ver o que foi feito no passado.

Esse histórico permitirá que cada funcionário de TI resolva as novas demandas do cliente, já que ele verá o que vem ocorrendo.

Enfim, agora você sabe o que é helpdesk e porque investir nesse tipo de serviço. Ficou interessado e quer implementar na sua empresa? Então preencha o formulário e aguarde o contato da empresa.

Tipos de Certificados Digitais para empresas

Nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos contar quais são os certificados digitais que podem facilitar a rotina do seu negócio. Se você já ouviu falar sobre eles, mas não entende muito bem como funcionam, então leia esse artigo!

O que são certificados digitais?

Sobretudo, é importante entender o que são certificados digitais e a importância deles para sua empresa.

Um certificado digital é um tipo de documento eletrônico que funciona como uma senha para comprovar a identidade da empresa.

Em outras palavras, o certificado digital comprova que a ação está sendo realizada por um usuário da empresa por meio do computador.

Desse modo, garante que somente a empresa realize operações em nome da empresa — aumentando a segurança das informações administrativas.

certificado digital

Para que servem os certificados digitais?

Os certificados digitais servem para criar uma conexão segura para assinar documentos, emitir notas fiscais e outras ações administrativas.

Para entender melhor como esses certificados são comprovados é preciso saber que existem empresas de autoridade de certificação que validam a identidade do portador do certificado.

Dessa forma, ao utilizar o certificado digital e ele for reconhecido, as ações online serão comunicadas de maneira segura e criptografa.

Tipos de certificados digitais de acordo com a aplicação

Agora que você entendeu o que é um certificado digital e como ele funciona, então pode saber quais são os tipos que existem. São eles:

1. Certificado Tipo A” -Assinatura Digital

Classificado como “Certificado Tipo A”, a Assinatura Digital serve para realizar assinaturas digitais em qualquer tipo de documento online.

Ele serve para assinaturas de documentos, transações eletrônicas, entre outras aplicações. Sua principal função é comprovar a autenticidade e a autoria do emissor/autor.

2. Certificado Tipo S – Sigilo/Confidencialidade

Esse tipo de certificado digital assegura que o conteúdo não terá acessos externos, já que possui criptografia de dados.

Portanto, utilizando o “Certificado Tipo S” não precisa se preocupar com o vazamento de informações da transação em questão.

3. Certificado Tipo T – Certificado do Tempo

Ele também é conhecido como time stamping, o Certificado do Tempo é destinado para comprovação da hora e do dia que o documento eletrônico foi assinado.

Dessa forma, os documentos terão validade da assinatura de maneira atemporal, ou seja, valerão independentemente da data de assinatura.

certificado digital

Tipos de certificados digitais quanto à segurança

Existem também os certificados digitais que diferem de acordo com os níveis de segurança criptografada. São eles:

1. Certificado A1

São senhas geradas por um software armazenado no computador do usuário, acessível por um login e uma senha.

2. Certificado A3

Esse tipo de certificado é gerado e armazenado por um hardware criptográfico, como um token que gera a cada momento uma nova senha.

3. Certifcado A4

Esse certificado utiliza um Módulo de Segurança Criptográfico (HSM), cuja chave é gerada e salva. O tamanho da senha é maior, neste caso.

Conclusão

Existem vários tipos de certificados digitais, mas cada um é destinado para uma funcionalidade. Avalie qual é o ideal para cada caso.

Enfim, esses são os tipos de certificados. Ficou interessado? Então preencha o nosso formulário e aguarde o contato de uma empresa da área.

3 tipos de automaçăo para pequenas empresas

Nós do Portal SóPJ vamos falar tudo sobre a automaçăo para pequenas empresas. Se você é micro ou médio empreendedor e quer trazer mais agilidade para as tarefas do seu dia a dia, então pode aderir esse tipo de serviço. Confira, logo abaixo.

Automaçăo para pequenas empresas: o que é?

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é automaçăo para pequenas empresas e o que ela pode fazer pelo seu negócio.

Sem dúvida, muitas micro e pequenas empresas utilizam cadernos e blocos de papel para anotar informações importantes.

Porém, a automação para empresas pequenas chega para acabar com esse método que pode perder dados valiosos para os negócios.

Sendo assim, esse tipo de serviço colabora para a segurança de informação e praticidade da rotina diária — através de softwares.

Automação

Tipos de automação para pequenas empresas

A automação pode abranger todas as áreas da empresa, desde o financeiro, o comercial até o marketing. Saiba mais, abaixo.

1. Automação de Marketing para pequenas empresas

Existem vários softwares de automação para a área do Marketing das micro e pequenas empresas.

Um deles pode ser através da Geração de Leads — estratégia que atrai possíveis clientes e faz com que ele preencha um formulário.

Após o preenchimento do formulário com os dados do usuário, você pode utilizar um software que envia uma mensagem automática para esse novo lead.

A mensagem pode ser uma oferta ou anúncio atrativo para converter esse lead em cliente real.

2. Automação Comercial para pequenas empresas

A automação comercial automotiza processos comerciais, ou seja, diminui o esforço humano nas ações diárias.

Esse tipo de automação é ideal para comércios e estabelecimentos que precisam de agilidade e praticidade em operações comerciais repetitivas.

De certo modo, esses softwares de automação comercial diminuem a necessidade de trabalhos manuais automáticos.

Sendo assim, a eficiência e a rapidez são maiores para as empresas que aderem a esses softwares.

3. Automação do atendimento para pequenas empresas

Os usuários estão sempre procurando por soluções na internet e, caso não encontrem, buscam por sistemas de atendimento.

Esse atendimento pode vir de um software que “conversa” com esses usuários para entregar uma resposta rápida no momento que eles estão procurando.

Portanto, será mais fácil entrar em contato com esses usuários que deixaram algum recado ou alguma pergunta no seu site.

Através de chatbot (simulador de conversas online), banco de informações com pré-cadastro, URA (pré-atendimento via telefone), entre outros.

Automação

Benefícios da automação para pequenas empresas

Agora você já sabe os tipos de automação para empresas. Para se convencer que esse serviço é um investimento que traz retorno, separamos alguns benefícios que ele oferece. São eles:

Redução de custos: os softwares irão reduzir os gastos que antes eram feitos sem a precisão perfeita da tecnologia.

Maior produtividade: a automação aumenta a produtividade do seu negócio porque os ciclos são mais rápidos e eficientes.

Melhora a qualidade: a tecnologia tem o poder de oferecer excelência e evita falhas humanas mais comuns de acontecer.

Enfim, esses são alguns tipos de automação para pequenas empresas e suas vantagens. Ficou interessado? Então preencha o formulário e aguarde o contato de uma empresa da área.

Helpdesk para pequenas empresas: 5 vantagens de investir nisso

Independentemente do tamanho do tamanho do seu negócio, de alguma forma ele depende de tecnologia. Seja internet, seja um software, de alguma forma você usa algum recurso que um helpdesk para pequenas empresas poderia otimizar. Saiba mais!

Helpdesk para pequenas empresas

Você sabia que existem empresas que oferecem helpdesk para pequenas empresas? Nós do Portal SóPJ vamos explicar como funciona.

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é helpdesk para empresas e entender como ele pode ajudar o seu negócio.

helpdesk

O que é helpdesk?

Helpdesk é um termo em inglês que, na tradução literal, significa “balcão de ajuda” e se refere a um atendimento de clientes que procuram soluções tecnológicas.

Sendo assim, um helpdesk para empresas é um serviço realizado por profissional da Tecnologia da Informação que atende solicitações para resolver problemas ou esclarecer dúvidas.

Conforme a ideia inicial desse texto, queremos mostrar que todas empresas (pequenas a grandes) podem utilizar esse serviço — de qualquer segmento também.

Por que contratar uma empresa de helpdesk?

Existem alguns motivos que comprovam que contratar o serviço de helpdesk para empresa é um ótimo investimento. Confira!

1. Redução de custos

Uma ótima maneira de diminuir custos da sua empresa com problemas técnicos que podem ser resolvidos por helpdesk.

Muitas vezes, problemas técnicos que parecem irreparáveis podem ser solucionados pelos profissionais de TI.

2. Suporte quando precisar

Empresas de helpdesk querem oferecer o melhor para atender qualquer demanda dos funcionários da sua empresa.

Portanto, pode contar com o suporte que a equipe de tecnologia irá oferecer para você — que pode ser durante qualquer horário durante o expediente da sua empresa.

3. Mão-de-obra qualificada

É comum que pequenas e médias empresas repassem tarefas relacionadas à tecnologia a algum profissional que possua afinidade com esse tipo de área, porém não é especializado no assunto.

Dessa forma, a equipe especializada terá capacidade de resolver questões em diferentes ocasiões.

4. Resultados

Os profissionais de helpdesk trabalham com metas e resultados para entregar o que a empresa espera.

Neste caso, a empresa pode contar com melhorias e poderá ver isso através de relatórios de resultados.

5. Foco no crescimento e produtividade

A missão de uma equipe de helpdesk é nas melhorias e crescimento da empresa — através das tarefas diárias que os profissionais de TI desenvolvem.

Enquanto o foco de cada área da sua empresa é desenvolver o trabalho corretamente, você deixa a equipe de TI desenvolver as melhorias tecnológicas necessárias.

helpdesk

Como contratar uma empresa de helpdesk?

Existem várias empresas e diversos profissionais da área de TI que oferecem o serviço de helpdesk.

Procure analisar as propostas de cada empresa que encontrar e escolha a perfeita para atender as demandas do seu negócio.

Conclusão

Nós do Portal SóPJ sabemos que a importância do helpdesk para as PMEs (Pequenas e médias empresas) é fundamental.

Se você prioriza uma ajuda tecnológica personalizada, então precisa investir nesse tipo de serviço que oferece uma experiência impressionante.

Em todas as áreas, o ideal é buscar suporte especializado para não falhar em nenhum momento.

Enfim, quer contratar o serviço de helpdesk para pequenas empresas? Então preencha o nosso formulário e aguarde o contato de uma empresa da área de TI.

Como planejar viagens e eventos corporativos?

Muitas empresas precisam, mas não sabem como planejar viagens e eventos corporativos. Seja para o final do ano, aniversário da empresa ou para qualquer comemoração. Planejar uma viagem ou evento corporativo merece muita atenção. Saiba mais!

Viagens e eventos corporativos

É comum que as empresas planejem viagens e eventos corporativos para seus funcionários. Afinal, é uma forma de agradecimento ao esforço da sua equipe.

Além disso, também tem aqueles eventos que servem para lançamento, palestra, entre outros formatos de divulgação da sua empresa.

Esses eventos são ótimos para fazer networking e as viagens servem para unir mais os membros da empresa. Existem agências de viagem especializadas nesse tipo de serviço.

agência de viagens

Como planejar viagens corporativas?

Mas, afinal, como planejar uma viagem corporativa? Se você está preocupado com todos os detalhes dessa viagem, então precisa seguir algumas dicas que separamos para você.

Para que tudo saia perfeito é preciso que a viagem seja planejada do começo ao fim. Veja o passo a passo, abaixo!

Planejamento

Como qualquer outra despesa na empresa, as viagens corporativas precisam de um planejamento estratégico e financeiro.

Faça um roteiro da viagem com compromissos, horários, reuniões e outras atividades relacionadas.

Monte uma planilha com os custos de cada operação e veja se é possível pagar com o dinheiro já reservado para esse tipo de despesa.

Alta temporada

Cuidado com a época da alta temporada que os preços podem ser maiores — geralmente em períodos de férias escolares.

Procure por lugares que possuem promoções e, de preferência, na baixa temporada do turismo.

O destino escolhido também faz muita diferença. Levante o máximo de informações sobre o destino para saber a melhor data para visita-lo.

Hospedagem e transporte

Escolha o local de hospedagem de acordo com a localização dos compromissos empresariais.

Verifique também o transporte para os locais. Será preciso alugar carro? Translado? Táxi?

Como planejar eventos corporativos?

Com os eventos empresariais também não é diferente: precisa de muita atenção nos detalhes. Veja o nosso planejamento, abaixo.

Budget

O budget é um valor destinado para a realização de algum projeto, evento ou qualquer outra compromisso realizado dentro da empresa.

Veja quanto pode ser destinado para o evento corporativo, dependendo da data, local, número de pessoas e outros detalhes.

Programação do evento

Depois de escolher o local do evento, então crie um cronograma com a logística de preparação, horário de chegada e saída.

Se o evento contém palestras ou show é necessário fazer uma programação com o início e finalização de cada atração.

agência de viagens

Transporte

Será necessário o transporte dos funcionários até o evento? Dependendo da localização, é necessário alugar carros ou transportes maiores para levar as pessoas.

Planeje também a logística dos objetos e ferramentas necessárias para que o evento aconteça sem problemas.

Convite

Faça um convite digital ou impresso para os funcionários da empresa. Se outras pessoas de fora da empresa também entrarem na lista, então não esqueça de fazer o convite.

Feedbacks

Finalizado o evento, então procure ter o feedback dos convidados para anotar os pontos positivos e negativos.

Enfim, já planejou viagens e eventos corporativos? Conte nos comentários. Se quer receber o contato de uma empresa desse segmento, então preencha o formulário.

5 tipos de automação para empresa que você pode investir

A tecnologia está dominando o mundo corporativo, sem dúvida. E ainda bem! Isso porque elas surgem para facilitar o dia a dia dos funcionários — focando na produtividade e lucratividade do negócio. Portanto, saiba os tipos de automação para empresa para apostar já!

Tipos de automação para empresa: o que é?

Existem vários tipos de automação para empresa que visam a eficiência e a redução da interferência humana.

Em primeiro lugar, é importante saber o que é automação empresarial e neste artigo você vai entender tudo sobre essas tecnologias.

Automação de empresas é um conjunto de técnicas e processos que possuem integração com a tecnologia para deixar as tarefas mais simples e rápidas.

Basicamente, como o próprio nome sugere, os processos e dispositivos são automatizados para reduzir ou remover a intervenção direta das pessoas.

Automação

Afinal, quais os tipos de automação empresarial?

Enfim, depois de entender o conceito básico da automação empresarial, vamos explicar os tipos de tarefas e processos que podem ser automatizados.

É necessário ter em mente que praticamente todas as áreas podem ser automatizadas, mas algumas delas são mais difundidas. São elas:

1. Automação de contratos

A gestão de contratos é um ótimo meio para reduzir custos e a burocracia presente em cartórios, por exemplo.

Se a sua empresa possui uma plataforma com a gestão eletrônica de documentos, então consegue agilizar transações que oferecem assinatura eletrônica e assinatura digital em contratos e documentos.

2. Automação de Marketing

Sabemos que hoje em dia as pessoas consomem muito conteúdo na internet — seja para acessar apenas sites ou para comprar produtos e serviços.

Mas para que as empresas mostrem um serviço personalizado, a automação de marketing surgiu para personalizar a comunicação com os usuários.

As maneiras mais fáceis desse tipo de automação são: personalização de e-mails, disparo sequenciais de e-mails, gerenciar leads, entre outras.

3. Automação comercial

De fato, a automação comercial impacta diretamente a lucratividade do negócio.

Existem ferramentas digitais que podem controlar o faturamento, controlar despesas, automatizar vendas e as tomadas de decisão (ex: negociação de prazos).

Esse tipo de automação facilita que as empresas funcionem de forma mais fácil e rápida.

Automação

4. Automação do atendimento

A automação do atendimento ao cliente é muito utilizada por várias empresas no Brasil e no mundo.

Notando que as pessoas não gostam de esperar, principalmente no telefone, as empresas passaram a utilizar esse tipo de automação para ganhar mais tempo.

As pessoas já conseguem agendar consultas, fazer solicitações, entre outras coisas que necessitam de comandos eletrônicos.

Além disso, os chatbots (ferramentas que conversam com os usuários) são usadas na internet para tirar dúvidas, resolver problemas, entre outras ações que não necessitam da intervenção humana.

5. Automação de logística

A automação de controle de logística surge para assegurar que nada falte, se atrase ou vá para o lugar errado.

Desse modo, um sistema é implantado nas empresas que necessitam de um esquema de logística para verificar que tudo está integrado e funcionando corretamente.

Enfim, quais dos 5 tipos de automação para empresa você precisa implementar no seu negócio? Preencha o nosso formulário aqui e aguarde o contato de uma empresa de automação.

Por que sua empresa precisa de um setor de TI?

De fato, a tecnologia domina todas as áreas do nosso cotidiano. Da vida pessoal ao trabalho, estamos sempre conectados em algum dispositivo ou aparelho eletrônico. Por isso, vamos contar a importância de ter um setor de TI na sua empresa. Confira!

Setor de TI: o que é?

Em primeiro lugar, é importante saber que o setor de TI é a área de uma empresa com profissionais especialistas em Tecnologia da Informação (TI).

O TI pode ser definido como um conjunto de atividades e soluções para desenvolver recursos computacionais — a fim de armazenar, acessar e gerenciar informações.

Independente do segmento da empresa, é possível ter um setor de TI para trazer soluções e agregar valor à informação.

8 motivos que mostram que sua empresa precisa de um setor de TI

Se você não sabe os motivos para investir em um setor de TI, nós vamos citar algumas razões para investir nesse segmento. Veja, logo abaixo.

1. Simplificação de tarefas

Sem dúvida, os profissionais de um setor de TI simplificam as tarefas para diminuir o tempo e aumentar a produtividade da empresa.

Soluções como redirecionamento de ligações (PABX), novas plataformas que integram projetos, entre outras soluções para simplificar o dia a dia.

2. Melhora a comunicação

A Tecnologia da Informação pode melhorar a comunicação interna e externa. Isso porque as equipes e operações ficam mais organizadas e integradas.

Além de melhorar a comunicação interna entre os funcionários, o atendimento ao cliente também é beneficiado.

3. Soluções rápidas para os problemas

Um dos maiores benefícios do setor de TI é a rapidez na solução dos problemas da empresa e dos clientes.

Falhas nos processos operacionais e administrativos podem ser rapidamente resolvidos pelo setor de TI, sem prejudicar a rotina da empresa.

4. Economia e redução de custos

Se as tarefas são simplificadas, a comunicação mais integrada e os problemas são resolvidos com mais rapidez, então a empresa só tende a economizar com despesas desnecessárias.

Os benefícios que o setor de TI oferece para um negócio possuem foco em resultados e na economia.

5. Maior proteção nas informações

Toda empresa possui dados e informações que precisam ser mantidos em segurança para evitar fraudes ou perda.

A equipe de TI é responsável por implementar recursos que tenham controle sobre as informações da empresa para manter os dados seguros.

6. Competência

Muitas empresas costumam delegar atividades de TI para funcionários que não são especializados nessa área.

Esse é um grande erro. O ideal é contratar uma equipe ou empresa de TI para fazer as tarefas relacionadas à tecnologia.

7. Melhorias e atualização

O setor de TI busca melhorar os recursos, processos e sistemas que a empresa possui.

Além dessa busca por melhorias para o seu negócio, os profissionais de TI atualizam os recursos para melhorar o trabalho diário.

8. Retorno positivo

Se a empresa possui os recursos certos e atualizados para desenvolver as tarefas diárias, então a produtividade dos seus colaboradores vai aumentar.

Consequentemente, a lucratividade da empresa também pode aumentar — trazendo retornos positivos.

Enfim, quer investir e criar um setor de TI na sua empresa? Então preencha o nosso formulário e aguarde o contato de uma empresa do segmento.

6 dicas para melhorar a gestão operacional de TI na sua empresa

Sem dúvida, de nada adianta ter todos os softwares e hardwares da atualidade se não tiver uma equipe de profissionais capacitados para gerenciá-los. Por isso, nós do Portal SóPJ vamos explicar como funciona a gestão operacional de TI. Saiba mais!

O que é gestão operacional de TI?

A gestão operacional de TI é destinada a profissionais que são capazes de gerir ou administrar as ferramentas da Tecnologia da Informação que estão em funcionamento nas empresas.

Em outras palavras, a gestão de operação de TI é a administração dos softwares e hardwares usados pelos funcionários.

Mas somente uma equipe de profissionais ou uma empresa terceirizada de TI podem fazer a operação das ferramentas.

Como implementar a gestão de TI nas empresas?

Para implementar esse tipo de festão operacional nas empresas é preciso ter as ferramentas tecnológicas apropriadas.

Dessa forma, os profissionais ou empresa de TI irá gerar valor através das ferramentas e aumentar a produtividade da empresa.

Você tem a opção de contratar uma empresa terceirizada especializada nesse segmento ou montar uma equipe com profissionais de TI.

Como melhorar a gestão operacional de TI nas empresas?

Se você já possui uma equipe de TI ou acabou de implementar na sua empresa, mas sente que falta melhorar algo. Então leia nossas dicas para utilizar a tecnologia a favor do seu negócio.

1. Objetivos definidos

É importante que a gestão de operação de TI tenha os objetivos de trabalho bem definidos para não comprometer a produtividade da empresa.

O gestor de TI é responsável por passar as tarefas e deadlines para cada membro da equipe — supervisionando sempre que possível.

2. Melhorias a todo momento

Os profissionais de TI sabem que quem trabalha com códigos pode sempre melhorá-los. Portanto, é importante estar sempre encontrando novas funções para melhor o trabalho das pessoas.

Porém, o ideal é priorizar as tarefas que gerem mais valor para a empresa.

3. Criação de softwares inteligentes

Procure saber o que a empresa precisa para melhorar a comunicação com seus clientes. Um chat box? Um contact center? Uma pesquisa de satisfação?

A interação com os clientes precisa ser agradável e eficiente. Um aplicativo que fornece respostas para perguntas complexas na internet é um ótimo exemplo de software inteligente.

4. Crie API

Procure documentar todas as soluções e problemas que estão ligados com os softwares desenvolvidos.

Dessa forma, ficará mais fácil responder as dúvidas que surgirem e compartilhar com a equipe e outros profissionais.

5. Métricas de desempenho

As métricas de desempenho são ótimas para medir o desempenho de cada equipe da empresa.

Os problemas serão identificados com mais rapidez para serem resolvidos e não impactarem na estrutura do trabalho.

6. Contratação

O processo de contratação para formar a equipe é fundamental para o desenvolvimento ao longo do trabalho.

Procure identificar no processo seletivo das vagas se os candidatos são capazes de executar as tarefas propostas, através de perguntas e testes.

E aí, quer implementar a gestão operacional de TI na sua empresa? Então clique aqui e preencha o nosso formulário para uma empresa da área de TI entrar em contato com você.

6 motivos para alugar equipamentos de TI

Sem dúvida, a tecnologia está dominando a vida das pessoas em todos os aspectos e lugares. Em casa ou no trabalho, todos nós precisamos de algum aparelho. Por isso, vamos falar as vantagens de alugar equipamentos de TI para quem não pode comprar. Confira!

Alugar equipamentos de TI: o que é?

Em primeiro lugar, você precisa entender o que é e como funciona o aluguel de equipamentos de TI.

Essa prática é muito comum nas empresas que não querem investir na compra de equipamentos tecnológicos para evitar o comprometimento de gastos altos.

Como funciona o aluguel de equipamentos de TI?

Alugar equipamentos de TI faz com que as empresas não percam a competitividade tecnológica do mercado — mesmo aquelas que possuem pouca verba.

Existem algumas empresas no Brasil que são especializadas em locação (outsourcing) de TI e alugam notebooks, computadores, tablets, entre outros aparelhos.

Elas conseguem identificar a necessidade do cliente e entregar a melhor ferramenta tecnológica, estratégica e competitiva do mercado.

Vantagens de alugar equipamentos de TI

Agora vamos ao ponto principal dessa matéria: as vantagens de alocar equipamentos tecnológicos.

1. Cobre qualquer emergência

Imagina se você precisa e um equipamento de TI imediatamente para cobrir a vontade de um cliente e não consegue comprar.

Portanto, se você optar por alugar poderá contar com a disponibilidade imediata dos equipamentos.

2. Economia

De fato, o outsourcing de equipamentos de TI gera uma economia enorme para as empresas.

Afinal, você não comprometerá o capital de giro com aparelhos que talvez no futuro possam ficar obsoletos e ultrapassados.

Além disso, as empresas de locação ficam responsáveis por reparos e manutenções nas máquinas — evitando gastos extras que você teria com a compra dos mesmos.

3. Controle total

Investir no aluguel de equipamentos de TI faz com que a empresa gaste um valor inicial baixo.

Por certo, a empresa tem mais controle das despesas com o aluguel, já que pode contratar o serviço por meses ou anos.

O controle contábil também é maior com a diminuição de impostos e do chamado TCO (custo total por propriedade).

4.Facilidade no gerenciamento

Sabemos que a gestão de TI terceirizada está crescendo no mercado brasileiro, assim como a locação de equipamentos tecnológicos.

Uma das explicações para esse aumento na demanda é a dificuldade das empresas em gerenciar essa área.

Dessa forma, a terceirização do serviço e equipamentos facilita a coordenação das empresas — principalmente daquelas que não são da área da tecnologia.

5. Aparelhos de acordo com a necessidade

Contratar uma empresa especializada em outsourcing de TI fará que o seu negócio receba equipamentos de acordo com a necessidade.

Em casos de roubos, perdas ou quebra, a empresa de locação é responsável pela substituição.

6. Facilidade na contratação

Com toda certeza, a locação de equipamentos possui uma facilidade maior comparada à compra.

Isso porque o risco é menor, a responsabilidade é menor, o gasto é menor e, claro, a burocracia também é menor.

Além de poder incluir novas cláusulas para adaptar o contrato às necessidades das empresas.

Enfim, ficou interessado em alugar equipamentos de TI? Então preencha o nosso formulário e aguarde o contato de uma empresa parceira.