5 software de vendas para implementar na sua empresa

Você sabe as funcionalidades de um software de vendas? O que esse tipo de tecnologia pode oferecer para sua empresa? Nós do Portal SóPJ, site de serviços para empresas, vamos contar para vocês o que são esses softwares e quais as melhores opções do mercado. Confira, a seguir!

Software de vendas: o que é?

Um software de vendas é uma ferramenta tecnológica que ajudam a organizar e aumentar as vendas de uma empresa.

Para facilitar a vida dos empresários, as empresas de tecnologia criaram ferramentas de para ajudar no estoque e na automação das vendas.

Existem diferentes softwares para cada tipo de função a ser realizada, como software para fluxo de caixa, controle de estoque, controle financeiro, gestão do negócio, entre outros.

software

Veja alguns tipos de software de vendas, a seguir.

Tipos de software de vendas

Nossa lista inclui os melhores softwares de venda que podem melhorar o desempenho da sua empresa nessa área. Saiba quais são!

1. Salesforce

Um dos softwares mais conhecidos de vendas é o Salesforce. Essa é a primeira ferramenta com solução na nuvem, ou seja, gerenciamento online de vendas.

Essa ferramenta ajuda a encontrar os leads que as empresas precisam e contratam clientes com agilidade.

Um diferencial desse software é que ele possui funções via mobile extremamente responsivas.

2. SugarCRM

O SugarCRM oferece automação em marketing, vendas e suporte. Portanto, ele é um ótimo software para ajudar nas vendas da sua empresa.

Por ser totalmente intuitiva e fácil de usar, a navegabilidade dentro do software é agradável para seus usuários.

Será possível gerenciar vendas e organizar seu CRM de maneira prática e organizada.

3. Agendor

O Agendor, assim como o SugarCRM, consegue centralizar os registro e histórico de vendas de cada cliente.

Esse software facilita na hora de traçar o perfil de cada cliente, analisando o desempenho dos fornecedores.

Esse software é brasileiro e oferece relatórios detalhados de gerenciamento e facilidade de uso. Uma incrível ferramenta de gerenciamento.

4. Zoho

O Zoho é um software de vendas que possui um ótimo desempenho e, ainda, tem um valor barato em comparação às outras opções do mercado.

Com esse software, é possível ter uma visão completa do ciclo de vendas. Por ser um software com muitos anos de mercado, ele se destaca entre as melhores opções de softwares de vendas.

É possível fazer relatórios com informações importantes para integrar o aplicativo com o Outlook, enviar e-mails, organizar os documentos, entre outras possibilidades.

software

5. Insightly

O Insightly é uma ótima opção de software de vendas para profissionais autônomos e pequenas empresas.

Isso porque ele possui uma versão gratuita para usuários que trabalham com até 2.500 clientes.

Você consegue integrar o Google Aps, Evernote e Dropbox — a fim de pesquisar os perfis de redes sociais em potencial.

Qual o melhor software de vendas para sua empresa?

Depois de entender um pouco sobre essas 5 opções, qual você gostou mais? Ainda ficou na dúvida?

Então pesquise um pouco mais sobre essas opções de softwares, converse com outros profissionais que já usaram essas ferramentas.

Enfim, conte nos comentários qual software de vendas você se interessou? Aproveita e preencha o formulário para uma empresa da área entrar em contato com você.

Vantagens da abertura de conta empresarial

Você sabe as vantagens da abertura de conta empresarial? Fique tranquilo porque nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos contar tudo sobre esse recurso para o seu negócio. Confira, logo abaixo!

Abertura de conta empresarial: o que é?

Em primeiro lugar, antes de saber as vantagens da abertura de conta empresarial, você precisa entender o que é esse tipo de conta.

A conta empresarial ou conta pessoa jurídica é diferente da conta pessoa física — destinada para movimentações financeiras pessoais.

A conta para pessoa jurídica oferece movimentações operacionais, financeiras e patrimônios segregado da conta financeira pessoal.

Não é obrigatório que as empresas tenham uma conta de banco corporativa. Porém, as vantagens que ela oferece para o empreendedor são grandes.

Meio de pagamento

Vantagens da abertura de conta empresarial

Agora que você sabe o que é conta empresarial, então está curioso para saber as vantagens que ela pode oferecer para você. Veja, a seguir!

1. Organização financeira da empresa

Sem dúvida, um dos maiores benefícios da conta empresarial é a organização financeira da empresa e do próprio dono.

Fazer a divisão das despesas das contas pessoais e corporativas é essencial para ter controle nas entradas e saídas da empresa.

Essa separação ajuda a identificar os gastos com pagamentos de salários, de impostos, de gastos fixos e outros.

2. Negociações vantajosas com os bancos

Os bancos oferecem contas com benefícios exclusivos para os empresários que optarem pela conta-empresa.

De fato, alguns valores podem ser mais altos em comparação às contas físicas, mas compensam se levados os serviços em consideração.

Cada banco oferece um tipo de conta empresarial, confira aqui no Blog a comparação de algumas contas de banco corporativa.

3. Solicitar empréstimo

Muitas empresas abrem a conta de banco jurídica para solicitar empréstimos, já que elas facilitam esse processo.

Isso porque toda conta empresarial já disponibiliza uma linha de crédito para obter empréstimo de forma mais fácil.

Inclusive, muitos bancos oferecem crédito para capital de giro para pequenas, médias e grandes empresas.

Como abrir uma conta empresarial?

Está interessado na abertura de conta empresarial? Então veja o passo a passo para a abertura da conta empresa.

Passo1: escolha o banco

O primeiro passo é a escolha do banco para a abertura da conta empresarial. Pesquise as opções e escolha o ideal para a sua empresa.

Meio de pagamento

Passo 2: saiba quais são e selecione os documentos

Cada banco pode solicitar documentos específicos, mas os gerais são exigidos pela maioria. São eles:

  • CPF e RG do empresário.
  • CNPJ da empresa.
  • Comprovante de endereço.
  • Certificado de Condição de Microempreendedor Individual (CCMEI).

Passo 3: compare as tarifas e serviços

Para escolher a conta empresarial perfeita para você, o ideal é comparar as tarifas e serviços que os melhores bancos oferecem.

Passo 4: abertura da conta

Você escolheu o banco, descobriu os documentos que ele exige e comparou as tarifas e serviços que ele oferece, então é hora de ir ao banco e abrir a conta ou abrir online.

Enfim, agora você sabe as vantagens da abertura da conta empresarial. Ficou interessado? Então preencha o formulário e aguarde o contato de uma empresa da área.

O que um software empresarial precisa ter?

Nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos contar tudo sobre o que um software empresarial precisa ter. Se você quer oferecer mais praticidade, automação e rapidez para as ações dos seus funcionários, então precisa conhecer os quesitos básicos para fazer uma boa escolha. Confira!

Software empresarial: o que é?

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é um software empresarial e a importância dele para o seu negócio.

Um software é um sistema ou programa que possui informações que podem ser lidas em aparelhos tecnológicos, como computador, celular, tablet e outros.

Cada software possui uma licença que garante que o criador autorizou a distribuição do programa.

Um software oferece várias funções: jogos, criação de textos, edição de vídeo, cálculo, edição de imagem, reprodução de mídia, entre outros.

software

Qual a importância do software empresarial?

Agora que você sabe o que é um software para empresas, então podemos falar da importância que ele oferece.

Existem softwares que auxiliam na gestão financeira, no controle de estoque, controle de fluxo de caixa, processos internos da empresa e outros.

Os softwares empresariais entregam o que o seu negócio realmente precisa, ou seja, personalizado de acordo com as suas necessidades.

Cada empresa possui um processo específico e complexo de acordo com a sua atividade e, portanto, precisa de softwares próprios para o desenvolvimento das atividades diárias.

O que um software para empresas precisa ter?

Você já entendeu a importância de comprar softwares de acordo com a necessidade da sua empresa, então precisa saber o que ele precisa ter antes de finalizar a compra. Veja, a seguir!

1. Personalização

Como já dissemos, cada empresa possui necessidades específicas. Portanto, um bom software precisa oferecer a possibilidade de adaptação às demandas particulares.

Antes de comprar um software, veja se ele oferece esse tipo de adaptação para atender o que você precisa.

2. Metodologias universais

Veja qual o tipo de metodologia o software que você quer usar oferece. Isso porque esse detalhe melhora o desempenho de quem for usá-lo.

Na hora de identificação de problemas, as metodologias ajudam a encontrar a causa do problema e resolvê-lo facilmente.

3. Integração

Todo software precisa saber como integrar os dados da empresa e fazer essa ação de modo inteligente — sem perder informações importantes.

Além da captação correta dos dados, é importante que o sistema converse entre si para que o andamento seja acompanhado com as atualizações.

software

4. Gestão de portfólio de projetos

Encontrar um software que integre planejamento estratégico com a gestão de portfólio é um grande desafio para empresas.

Isso porque essa integração melhora o alinhamento das atividades realizadas de acordo com as estratégias estabelecidas posteriormente.

5. Automação

Softwares empresariais que oferecem automação ajudam as empresas a tornarem os processos automatizados para diminuir o esforço humano.

Além disso, a automatização dos softwares deixa as ações mais seguras e diminuem os riscos de falhas durante o processo — comum quando envolve humanos em todos os processos.

Enfim, essas são os principais quesitos para comprar um software empresarial. Ficou interessado? Então preencha o formulário e aguarde o contato de uma empresa do segmento.

Tipos de Certificados Digitais para empresas

Nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos contar quais são os certificados digitais que podem facilitar a rotina do seu negócio. Se você já ouviu falar sobre eles, mas não entende muito bem como funcionam, então leia esse artigo!

O que são certificados digitais?

Sobretudo, é importante entender o que são certificados digitais e a importância deles para sua empresa.

Um certificado digital é um tipo de documento eletrônico que funciona como uma senha para comprovar a identidade da empresa.

Em outras palavras, o certificado digital comprova que a ação está sendo realizada por um usuário da empresa por meio do computador.

Desse modo, garante que somente a empresa realize operações em nome da empresa — aumentando a segurança das informações administrativas.

certificado digital

Para que servem os certificados digitais?

Os certificados digitais servem para criar uma conexão segura para assinar documentos, emitir notas fiscais e outras ações administrativas.

Para entender melhor como esses certificados são comprovados é preciso saber que existem empresas de autoridade de certificação que validam a identidade do portador do certificado.

Dessa forma, ao utilizar o certificado digital e ele for reconhecido, as ações online serão comunicadas de maneira segura e criptografa.

Tipos de certificados digitais de acordo com a aplicação

Agora que você entendeu o que é um certificado digital e como ele funciona, então pode saber quais são os tipos que existem. São eles:

1. Certificado Tipo A” -Assinatura Digital

Classificado como “Certificado Tipo A”, a Assinatura Digital serve para realizar assinaturas digitais em qualquer tipo de documento online.

Ele serve para assinaturas de documentos, transações eletrônicas, entre outras aplicações. Sua principal função é comprovar a autenticidade e a autoria do emissor/autor.

2. Certificado Tipo S – Sigilo/Confidencialidade

Esse tipo de certificado digital assegura que o conteúdo não terá acessos externos, já que possui criptografia de dados.

Portanto, utilizando o “Certificado Tipo S” não precisa se preocupar com o vazamento de informações da transação em questão.

3. Certificado Tipo T – Certificado do Tempo

Ele também é conhecido como time stamping, o Certificado do Tempo é destinado para comprovação da hora e do dia que o documento eletrônico foi assinado.

Dessa forma, os documentos terão validade da assinatura de maneira atemporal, ou seja, valerão independentemente da data de assinatura.

certificado digital

Tipos de certificados digitais quanto à segurança

Existem também os certificados digitais que diferem de acordo com os níveis de segurança criptografada. São eles:

1. Certificado A1

São senhas geradas por um software armazenado no computador do usuário, acessível por um login e uma senha.

2. Certificado A3

Esse tipo de certificado é gerado e armazenado por um hardware criptográfico, como um token que gera a cada momento uma nova senha.

3. Certifcado A4

Esse certificado utiliza um Módulo de Segurança Criptográfico (HSM), cuja chave é gerada e salva. O tamanho da senha é maior, neste caso.

Conclusão

Existem vários tipos de certificados digitais, mas cada um é destinado para uma funcionalidade. Avalie qual é o ideal para cada caso.

Enfim, esses são os tipos de certificados. Ficou interessado? Então preencha o nosso formulário e aguarde o contato de uma empresa da área.

Onde abrir conta jurídica: confira 5 opções!

Você sabe o que é e onde abrir conta jurídica? Nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos explicar tudo sobre esse tipo de conta bancária comercial que pode facilitar a vida dos seus negócios.

O que é onde abrir conta jurídica?

Em primeiro lugar, antes de saber onde abrir conta jurídica, você precisa entender o que configura esse tipo de conta.

Uma conta jurídica, como o próprio nome entrega, é destinada para pessoas jurídicas.

Pessoas jurídicas são aquelas que possuem empresas em seu nome ou são sócias em algum negócio.

Dessa forma, as contas bancárias jurídicas servem para facilitar os pagamentos, recebimentos e outras ações das empresas — totalmente separadas da conta pessoal.

abertura de conta

Afinal, onde abrir conta jurídica?

Agora que você sabe o que é uma conta jurídica, então pode saber quais bancos oferecem esse tipo de conta. Confira, logo abaixo.

1. Conta jurídica da Caixa

A Caixa é um dos bancos que oferecem conta jurídica para empresários. Ela facilita o empréstimo, financiamento, convênios de arrecadação e cobrança e outros serviços.

Além da variedade de produtos e serviços para sua empresa, eles oferecem comodidade — já que existem milhares de pontos de atendimento no Brasil.

Além do atendimento presencial, os empresários podem contar com mais de 100 serviços por meio do Internet Banking.

2. Conta PJ do Banco do Brasil

A conta jurídica do Banco do Brasil oferece muitas vantagens para seus correntistas empresários.

Além disso, esse banco oferece um Gerenciador Financeiro que permite realizar transações bancários no computador e celular.

Ele também oferece linhas de crédito para capital de giro, financiamento e exportação, com taxas e prazos do mercado.

3. Conta Bradesco PJ

A conta jurídica do Bradesco oferece diversos benefícios para o seu negócio crescer. Um deles é o BNDS Giro que oferece um financiamento com longo prazo para pagar.

Esse tipo de conta também oferece isenção da tarifa da folha de pagamento, depósito de cheques pelo App, entre muitas outras possibilidades.

Se você possui um comércio e precisa de uma máquina de cartão, então pode solicitar para o Bradesco e não pagar aluguel por 6 meses.

abertura de conta

4. Conta empresarial Santander

A conta jurídica do Santander entrega opções personalizadas para cada tipo de segmento, como comércio, indústria, agronegócio, serviços, franquias e muitos outros.

Uma ótima vantagem é o desconto de até 100% de desconto na anuidade dos cartões Negócios & Empresas do Santander.

Sua conta jurídica também pode estar integrada com os recebimentos com cartões de crédito, débito e cartões de benefícios alimentícios na máquina de cartão.

5. Conta jurídica Itaú Empresas

A conta empresarial do Itaú oferece muitas vantagens para os empresários. Você pode contar com máquina de cartão sem aluguel e isenção de tarifa na emissão de 30 boletos por mês.

O Itaú oferece uma conta personalizada para sua empresa e ainda oferece canais digitais para você realizar tarefas bancárias sem precisar sair do trabalho.

Para abrir a conta empresa você pode preencher o formulário no site do Itaú e aguardar um e-mail para dar procedimento na abertura da conta.

Enfim, agora você sabe onde abrir conta jurídica. Preencha o nosso formulário para receber mais informações sobre abertura de conta empresa.

6 tipos de testes para recrutamento para empresas

As empresas, especificamente a área de Recursos Humanos, possuem um grande desafio: contratar as pessoas certas. Mas como conseguir contratar o melhor candidato? Nós do Portal SóPJ vamos mostrar alguns tipos de testes para recrutamento e seleção para você utilizar nas entrevistas da sua empresa.

Os tipos de testes para recrutamento

Existem alguns tipos de testes para recrutamento que podem te ajudar na seleção de bons candidatos e retenção dos talentos.

Sem dúvida, esses testes não podem garantir 100% que você acertou na escolha, mas eles podem contribuir bastante na hora de escolher.

Portanto, se você não sabe quais são os testes universais que podem ser feitos para diferentes cargos, veja nossa seleção abaixo.

empregos

1. Provas de raciocínio

Chamada de Bateria de Provas de Raciocínio (BPR), esse tipo de teste ajuda a entender como o candidato pensa logicamente.

Em todas as áreas, os funcionários precisam em algum momento resolver problemas de maneira lógica e, portanto, precisam ter capacidade para isso.

Essa é uma forma de verificar a orientação vocacional do candidato, afim de identificar se o profissional é o mais indicado para a vaga.

2. Teste de escrita

De fato, não são todos os cargos que exigem que o profissional escreva textos, e-mails, apresentações e outros.

No entanto, se for um dos requisitos para a vaga, então é primordial que você aplique um teste de escrita.

Além disso, se você quer ver o poder de argumentação do profissional coloque um tema relacionado à vaga para identificar a linha de raciocínio.

3. Teste de Competência Técnica

Esse é um dos testes mais importantes para preencher qualquer tipo de vaga. Isso porque ele identifica o quão preparado o candidato está para ocupar o cargo.

Você pode aplicar questionários sobre o conhecimento técnico, acadêmico e profissional sobre o cargo em aberto.

Algumas profissões exigem que o candidato realize testes de peças gráficas, se for um design, por exemplo.

4. Dinâmica em grupo

As dinâmicas de grupo são necessárias se você quer analisar o comportamento dos candidatos ao falar em público, por exemplo.

Elas também são ótimas para analisar trabalhos em equipe, principalmente se você está buscando por um profissional que será gestor ou chefe de uma área.

Se você procura por uma habilidade ou característica profissional, as dinâmicas são os melhores métodos para analisar a personalidade dos candidatos.

empregos

5. Inventário de Sintomas de Stress

Algumas profissões exigem uma saúde psicológica dos profissionais para realizar determinadas tarefas.

Neste caso, o recrutamento precisa ser minucioso e merece uma atenção especial. Você pode aplicar o teste do Inventário de Sintomas de Stress (ou Teste de Lipp) que indica o nível de estresse em adultos.

Se os resultados demonstrarem um nível de estresse elevado, então pode acarretar em problemas posteriores. O ideal é declinar a contratação.

6. Teste de idioma

Atualmente, ter ao menos inglês é requisito obrigatório. Ainda mais se for exigência para um determinado cargo.

Portanto, se a vaga exige um idioma específico — mesmo que o candidato coloque no currículo que possui — ainda é necessário fazer um teste pessoalmente.

Enfim, quais dos tipos de testes para recrutamento você mais gostou? Conte nos comentários! Aproveita e preencha o nosso formulário para receber um contato de uma empresa do segmento.

Por que investir em cursos para funcionários de empresas?

Encontrar bons profissionais é um grande desafio para os empresários. E quando encontramos o ideal é tentar mantê-lo na equipe. Uma das formas para preservar é oferecer cursos para funcionários de empresas. Saiba mais!

Cursos para funcionários de empresas

Poucos empresários investem em cursos para funcionários de empresas. Entre os vários motivos, estão a falta de informação sobre a prática e a falta de capital para investimento.

Mas acredite: investir nesse tipo de curso profissional pode trazer muitas vantagens para sua empresa.

Se você não sabe, essa é uma prática que as empresas pagam integralmente ou parcialmente um curso de capacitação profissional em determinada área de interesse para a empresa.

cursos

7 motivos que mostram a importância da capacitação profissional

Não se convenceu ainda? Então veja a importância de investir em cursos para funcionários de empresas, logo abaixo.

1. Mais produtividade

Ter um profissional capacitado para fazer as tarefas em menor tempo possível e, ainda, aumentar a produtividade da empresa é um ótimo investimento.

Portanto, um curso que possa desenvolver as habilidades dos seus funcionários pode trazer mais qualidade, menos tempo e mais produção no dia a dia.

2. Diminui a rotatividade na empresa

Todos os empresários sabem que a alta rotatividade dentro da empresa não é um bom sinal. Isso porque pode pesar no bolso, dependendo do tipo de demissão.

Além disso, a troca contínua de equipe desperdiça tempo com contratações, períodos de adaptação perdidos, entre outros males para empresa.

Dessa forma, é preciso encontrar maneiras para manter o profissional dentro da empresa motivado e capacitado.

3. Ambiente de trabalho

Todo mundo sabe que o clima no ambiente de trabalho é muito importante para manter os funcionários.

Aquelas empresas que estão sempre demitindo e contratando profissionais não é vista por bons olhos por ninguém.

Sendo assim, investir na capacitação dos funcionários pode aumentar a motivação e integração da equipe — melhorando o ambiente de trabalho.

4. Integração da equipe

Oferecer cursos para equipes é uma ótima maneira de integração entre os membros. Além de ser uma boa maneira de ganhar conhecimento coletivo.

Esse sentimento de fazer parte de uma missão da empresa que agrega valor para todos é um investimento que vale muito a pena.

5. Concorrência leal com o mercado

Os bons profissionais estão sempre de olho no mercado e, na primeira oportunidade, podem trocar de empresa para usufruir os benefícios que outras possam oferecer.

Portanto, se você possui esse diferencial que mostra que a empresa se preocupa em investir no funcionário, então se torna mais competitiva no mercado.

cursos

6. Redução de custos

Sabemos que cada funcionário possui um custo para a empresa e, portanto, com a saída dele poderá ter gastos com demissão e admissão.

Sem assim, manter o candidato motivado e capacitado na empresa vai fazer uma redução de custos que a rotatividade poderia causar.

7. Mensuração de resultados

Formular a maneira que você vai capacitar seus funcionários vai permitir que você monte uma estratégia de mensuração de resultados.

Se os profissionais estão mais qualificados, consequentemente os resultados virão. Com o tempo você poderá notar esse avanço.

E a´í, quer investir em cursos para funcionários de empresas? Então clique aqui e preencha o nosso formulário para uma empresa do segmento entrar em contato.

O que é automação comercial para empresa?

Você já ouviu falar sobre automação comercial para empresa? É um sistema de gestão que automotiva as atividades comerciais para diferentes tipos de negócio — principalmente para o varejo. Saiba mais!

Automação comercial para empresa

Qualquer tipo de automação visa diminuir o esforço humano para aumentar a produtividade e o resultado.

Assim acontece com a automação comercial para empresa que utiliza ferramentas para trazer mais rapidez, perfeição e produção para o comércio.

Geralmente, a automatização de tarefas manuais acontece por meio de softwares (aplicativos, sistemas e outros) e hardware (computadores, máquinas e outros dispositivos).

Automação

Tipos de automação comercial

Se você não conhece os vários tipos de automação comercial que existem, então precisa ver algumas opções, abaixo.

1. Controle de estoque

O controle de estoque é um ótimo recurso de automação para empresas varejistas, como mercadinhos, farmácias e qualquer outro comércio que possui sistema de estocagem.

Implementando um sistema de gestão de estoque ajudará no controle de entrada, saída, devolução e transferência de produtos.

2. Emissão de documento fiscal

Sabemos que é obrigatório emitir nota fiscal de todo produto ou qualquer venda. Por isso, é necessário a implementação de um sistema que ofereça esse documento.

Além de deixar seu comércio de acordo com a lei, seus clientes vão sentir mais confiança na credibilidade da sua empresa e do seu produto.

3. Automação de propostas comerciais

Como lidar com as propostas comerciais de diversos clientes? Como achar cada uma delas?

O ideal é utilizar um sistema que seja flexível e personalizável para receber todas as propostas, mas que mantenha a exclusividade de cada uma— facilitando a recuperação de informações.

4. Automação de vendas

A automação de vendas pode ser total ou parcial. Essa escolha dependerá do tipo de comércio e do orçamento que a sua empresa possui.

Existem formatos de automação no-touch (nenhum contato humano na hora da venda), low-touch (em algum momento precisa de contato humano) e high-touch (todo processo pede interação humana).

Vantagens da automação comercial

Se você ainda não se convenceu que a automação comercial é um ótimo investimento para o seu negócio, então veja alguns benefícios que ela pode oferecer.

1. Integração de informações dos clientes

Os recursos da automação de informações oferecem fácil acesso para consultar quando for necessário.

Além disso, tudo estará registrado e você não perderá nenhum dado importante para sua empresa ou cliente.

Automação

2. Maior integração

A automação comercial possibilita que todos os setores sejam integrados em um único sistema — facilitando o fácil acesso e troca de informações entre as equipes.

Isso torna a comunicação da empresa mais eficiente, já que cada setor entende como as outras áreas funcionam.

3. Mais economia

Qualquer atividade que ofereça redução de custo para a empresa é um ótimo investimento.

A automação comercial diminui consideravelmente a contratação de funcionários para funções automáticas que podem ser facilmente executadas por softwares.

Essas são algumas dicas de automação comercial para empresa. Além dos tipos que existem no mercado, você também pôde ver as vantagens que esse recurso oferece.

Enfim, qual tipo de automação comercial para empresa ficou interessado? Conte nos comentários! Aproveita e preencha o nosso formulário para receber o contato de uma empresa do segmento.

7 cursos para funcionários da sua empresa

A relação empresa e colaboradores vem mudando aos longos dos anos. Sabemos que atualmente as empresas querem montar e manter uma equipe capacitada para trazer retornos positivos. Por isso, nós do Portal SóPJ vamos falar sobre cursos para funcionários.

Cursos para funcionários

Sem dúvida, oferecer cursos para funcionários pode trazer grandes resultados para sua empresa.

Afinal, investir na sua equipe é um investimento para sua empresa também, já que ela ficará capacitada para trazer mais resultados para ela.

Se você não sabe em qual curso para funcionários investir, então veja nossas sugestões para capacitar ainda mais a sua equipe.

cursos

1. Gestão e liderança de equipes

De fato, um líder precisa de treinamento para gerenciar uma equipe. Mesmo que a experiência e a personalidade de um líder ajudem, o ideal é oferecer um curso de gestão de pessoas.

Existem cursos rápidos, de 24 horas, semanas ou meses. Vai depender da responsabilidade do cargo e do objetivo que você tem com esse profissional.

2. Gestão estratégica e econômica de negócios

Esse tipo de curso é destinado para profissionais que precisam desenvolver atividades empresariais para agregar valor ao negócio.

O curso de gestão estratégica busca capacitar funcionários que terão destaque dentro da companhia, como diretores e executivos.

3. MBA executivo internacional

Esse curso é voltado para implementação de estratégias competitivas a nível global.

Se a sua empresa tem objetivo de ampliar a visão de mercado, então é um ótimo curso para oferecer aos seus funcionários.

4. Gestão de Marketing

Muitas empresas estão percebendo que o Marketing é a grande chave para o sucesso e crescimento.

Por isso, investir em um curso de gestão de Marketing pode preencher a lacuna que o seu negócio precisa. É um investimento com retorno garantido!

5. Gestão financeira, controladoria e auditoria

Esse curso entrega competências e habilidades muito específicas sobre a análise contábil e financeira.

Além de aprender novas técnicas de Auditoria, seu colaborador vai adquirir capacidade de planejamento, execução e controle das finanças da empresa.

6. Gerenciamento de projetos

Cada vez mais as empresas recebem novos projetos para desenvolverem novas equipes, funções e tarefas.

Mas para saber lidar com esse processo de desenvolvimento é necessário ter competência estratégica para apresentar resultados para a empresa.

cursos

7. Curso de idiomas

Os cursos de idiomas são ótimas opções para incentivar seus funcionários a buscarem mais capacitação profissional.

Hoje em dia, a língua inglesa é um requisito básico em quase todos os trabalhos. Porém, se aquele funcionário que você deseja manter na empresa e não tiver, então invista nele.

Quais as vantagens de oferecer cursos para funcionários?

Se você não se convenceu que oferecer cursos para funcionários é um investimento na sua empresa, então veja nossa lista que prova o contrário.

  • Mais competência na realização das tarefas.
  • Mais motivação entre seus funcionários.
  • Mais produtividade no dia a dia.
  • Alinhamento entre os colaboradores e valores, missão e objetivos da empresa.
  • Clientes mais satisfeitos com trabalhos bem executados.
  • Redução de custos a médios e longo prazos.
  • Menor retenção de funcionários.

Enfim, esses são alguns cursos para funcionários que podem fazer a diferença na sua empresa. Clique aqui e preencha o nosso formulário para receber o contato de uma empresa de cursos profissionais.

6 dicas para recrutamento e seleção de pessoas

Toda empresa precisa ter uma pessoa ou equipe responsável pelo recrutamento e seleção de pessoas. Mas como conseguir fazer uma boa contratação que traga bons funcionários para sua empresa? Nós do Portal SóPJ vamos dar algumas dicas!

O que é recrutamento e seleção de pessoas?

Se você não sabe o que é recrutamento e seleção de pessoas não tem problema porque se seguir nossas dicas pode se sair muito bem nessa missão.

Geralmente, a área de Recursos Humanos é responsável pela prospecção dos candidatos para escolher os colaboradores perfeitos para a empresa.

Mas como escolher a melhor opção? Algumas técnicas e reações comportamentais podem facilitar essa escolha. Veja quais são, logo abaixo.

1. Desenvolva o anúncio da vaga

Um dos grandes erros na hora de contratar um profissional é não saber divulgar a vaga com as especificações e objetivos que a empresa precisa.

É muito importante desenvolver um bom job description (descrição do emprego) para não ter erros na hora de entrevistar o candidato.

Se você souber exatamente o que procura irá ficar mais fácil encontrar o colaborador.

2. Triagem

Depois da divulgação da vaga você poderá receber vários currículos e, por conseguinte, terá que fazer uma triagem dos currículos.

Essa fase antes da entrevista é essencial. Não são todos os currículos recebidos que terão o perfil da vaga.

Portanto, analise com atenção cada perfil e separe aqueles que mais se aproximam ao que você procura.

3. Entrevista

É chegada a hora mais importante para o preenchimento da vaga: as entrevistas com os candidatos.

O selecionador precisa estar preparado para fazer as perguntas certas aos candidatos, a fim de encontrar o melhor profissional para o preenchimento da vaga.

Pergunte sobre suas experiências, competências e histórico de vida e carreira. Faça questões sobre como ele agiria em situações cotidianas da sua empresa.

4. Dinâmica de seleção

Muitas empresas gostam de fazer uma dinâmica de seleção para analisar fatores que não são possíveis observar na entrevista, como liderança, criatividade, comunicação e outros.

Portanto, crie uma dinâmica que faça os candidatos mostrarem algum traço na personalidade que a vaga exige.

Se o profissional da vaga precisa trabalhar em equipe, então crie uma dinâmica que demonstre as ideias e ações dos candidatos em trabalhos em grupos.

5. Provas e testes

Além da entrevista e dinâmica, também é possível realizar testes escritos ou oratórios com os candidatos.

Os testes podem ser feitos para perceber a proficiência dos candidatos em algum assunto ou estudo, como o inglês ou espanhol.

Além disso, testes de redação para verificar a escrita ou testes de vendas, se forem necessários para a vaga.

6. Defina o candidato

Depois de cada fase realizada é chegada a hora do recrutador (que tenha participado de todas as fases) escolha o profissional para a vaga.

Quando decidir o melhor perfil entre em contato com ele e informe a aprovação em todas as fases.

Se o escolhido aceitar a proposta de trabalho, então informe os outros participantes que a vaga foi preenchida, mas que guardará o contato para futuras oportunidades.

E aí? Sua empresa tem recrutamento e seleção de pessoas? Conte nos comentários! Se quer receber o contato dos melhores fornecedores, então clique aqui!