Quais são os meios de pagamento eletrônico?

Quais são os meios de pagamento eletrônico que você pode oferecer para seus clientes? Nós do Portal SóPJ, site de serviços para empresas, vamos explicar os tipos que existem para você escolher o melhor para você. Confira, logo abaixo!

Meios de pagamento eletrônico: o que são?

Em primeiro lugar, antes de saber quais são os meios de pagamento eletrônico, você precisa saber o que eles são.

Os meios de pagamento são os instrumentos utilizados que recebem o valor da compra presencialmente ou remotamente pela internet.

Eles servem para facilitar a vida dos clientes que preferem não utilizar o dinheiro em espécie.

Meio de pagamento

Tipos de meios de pagamento eletrônico

Portanto, veja os tipos de pagamento eletrônico que podem ser utilizados pela sua empresa, a seguir!

Operações bancárias

1. Transférencia de crédito

São as formas de pagamento online mais utilizadas pelos brasileiros. Isso porque ela credita o pagamento transitando do banco pagador (remetente) para o banco beneficiário (destinatário).

Esse sistema de pagamento online também é conhecido com o a Transferência Eletrônica Disponível (TED), Documento de Crédito (DOC) e Boleto de Cobrança.

2. Débito Direto

Essa função é realizada pelos pagadores que avisam os bancos previamente para realizarem um débito a um beneficiário.

Geralmente, esse débito direto é feito para contas recorrentes como aluguéis, seguros, carro, contas de telefone e outros.

Cartões de pagamento

1. Cartão de débito

Esse meio de pagamento eletrônico pode ser utilizado no ato da compra ou via internet. Ao realizar uma compra em um comércio, o pagador utiliza o cartão para pagar.

Compras online também podem ser feitas através do cadastro do cartão de débito através do site.

2. Cartão de crédito

Esse tipo de pagamento funciona da mesma forma que o cartão de crédito. Porém, ele possui um limite de crédito para cobrir as despesas.

Nesse caso, o pagador não precisa necessariamente ter dinheiro no ato da transação, pois quem paga é o banco.

3. Cartão private label

Esse é um tipo de cartão emitido por grandes lojas e supermercados. Geralmente, eles só podem ser utilizados nesses estabelecimentos.

Algumas lojas começaram a abrir exceções para que o cartão seja utilizado em outros comércios.

4. Cartão múltiplo

Funciona quase como o cartão anterior, já que é emitido por uma loja ou supermercado, porém ele possibilita as opções crédito e débito.

O cartão múltiplo também possibilita o portador acessar as operações bancárias disponibilizadas pelo comércio emissor.

Meio de pagamento

5. E-money

O e-money é um cartão que recebe um valor a ser utilizado para compras e serviços. Ele possui um valor debitado à medida que o portador utiliza.

Portanto, ele não requer autorização débito e crédito na conta do pagador. Uma boa opção de meio de pagamento.

6. Cartão pré-pago

O cartão pré-pago é destinado à compra de produtos e de serviços específicos, com uma carga de crédito pré-definida.

Eles são criados para serem utilizados em alimentação, refeição, combustível, transporte, entre outros serviços.

Enfim, ficou interessado em algum dos meios de pagamento eletrônico? Então clique aqui no nosso formulário e aguarde o contato de uma empresa especialista.

Além disso, aproveita e acesse nosso site para ver mais produtos e serviços: https://www.sopj.com.br/.

5 opções de cartão de crédito empresarial

Você tem um cartão de crédito empresarial? Nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos mostrar algumas opções para você ter o cartão de crédito empresa e poder separar os gastos empresariais com mais facilidade. Confira, logo abaixo!

Cartão de crédito empresarial: o que é?

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é um cartão de crédito empresarial e para que ele serve.

Um cartão de crédito empresa é uma opção criada especialmente para atender os empresários que precisam de uma opção para pagar em um prazo curto de tempo.

Esse tipo de cartão serve para realizar compras de bens e serviços — neste caso relacionados com a empresa.

Cada banco pode oferecer o mínimo e máximo de crédito em cada cartão empresarial. Portanto, irá depender de fatores econômicos para o banco aprovar o seu limite.

Além disso, cada cartão possui uma taxa de juros e uma data de pagamento — pré-estabelecida por cada banco na hora da aquisição.

cartão de crédito

Como funciona o cartão de crédito empresa?

O cartão de crédito empresa pode ser usado em despesas corporativas, como viagens, almoços, eventos de trabalho e outras eventualidades.

Ele pode ser usado somente pelo dono da empresa, equipe do financeiro ou apenas por alguns colaboradores.

O cartão de crédito empresa pode ser parcelado para facilitar o pagamento para os empresários.

Opções de cartão de crédito corporativo

Agora que você sabe o que é e como funciona um cartão de crédito empresarial, então é hora de ver as melhores opções no mercado. Veja, a seguir!

1. Cartão de crédito Ourocard Empresarial

Esse cartão de crédito empresa oferece um prazo de até 40 dias para pagamento da fatura. Além disso, quanto mais gastar, mais descontos ganha na anuidade.

Funciona com a opção crédito e débito no mesmo cartão. Inclusive, com ele é possível fazer compras, saques e movimentar a conta da empresa.

2. Cartão de crédito Bradesco Empresarial Elo Grafite

Esse é um dos melhores cartões de crédito que oferece a conversão de pontos em milhares de recompensas.

Ele é aceito no Brasil e no exterior para compras presenciais e online — facilitando o saco em moeda estrangeira (retirada no exterior) nos terminais de autoatendimento da Pulse no mundo.

3. Cartão de crédito Negócios & Empresas Platinum

Esse cartão oferece desconto na anuidade e troca dos valores gastos em conversão de pontos.

Se os gastos ultrapassarem um valor estipulado pelo banco, então a anuidade pode ser isenta de cobrança.

cartão de crédito

4. Cartão de crédito Itaú Business MasterCard

Esse cartão de crédito é indicado para micros e pequenas empresas, já que possui uma forma prática e segura de pagar as despesas.

As compras feitas com ele podem ser parceladas em até 12 vezes, com ou sem juros, de acordo com o estabelecimento da compra.

5. Cartão de crédito Caixa Empresarial

O cartão da Caixa possibilita limites diferentes para você decidir o quanto sua empresa precisa mensalmente.

Além disso, o parcelamento é facilitando em até 48 vezes com juros e possui sistema rotativo de financiamento — você escolhe entre crédito rotativo ou parcelado.

Enfim, essas são algumas opções de cartão de crédito empresarial. Ficou interessado em ter o seu? Então preencha o formulário e aguarde o contato.

O que um software empresarial precisa ter?

Nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos contar tudo sobre o que um software empresarial precisa ter. Se você quer oferecer mais praticidade, automação e rapidez para as ações dos seus funcionários, então precisa conhecer os quesitos básicos para fazer uma boa escolha. Confira!

Software empresarial: o que é?

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é um software empresarial e a importância dele para o seu negócio.

Um software é um sistema ou programa que possui informações que podem ser lidas em aparelhos tecnológicos, como computador, celular, tablet e outros.

Cada software possui uma licença que garante que o criador autorizou a distribuição do programa.

Um software oferece várias funções: jogos, criação de textos, edição de vídeo, cálculo, edição de imagem, reprodução de mídia, entre outros.

software

Qual a importância do software empresarial?

Agora que você sabe o que é um software para empresas, então podemos falar da importância que ele oferece.

Existem softwares que auxiliam na gestão financeira, no controle de estoque, controle de fluxo de caixa, processos internos da empresa e outros.

Os softwares empresariais entregam o que o seu negócio realmente precisa, ou seja, personalizado de acordo com as suas necessidades.

Cada empresa possui um processo específico e complexo de acordo com a sua atividade e, portanto, precisa de softwares próprios para o desenvolvimento das atividades diárias.

O que um software para empresas precisa ter?

Você já entendeu a importância de comprar softwares de acordo com a necessidade da sua empresa, então precisa saber o que ele precisa ter antes de finalizar a compra. Veja, a seguir!

1. Personalização

Como já dissemos, cada empresa possui necessidades específicas. Portanto, um bom software precisa oferecer a possibilidade de adaptação às demandas particulares.

Antes de comprar um software, veja se ele oferece esse tipo de adaptação para atender o que você precisa.

2. Metodologias universais

Veja qual o tipo de metodologia o software que você quer usar oferece. Isso porque esse detalhe melhora o desempenho de quem for usá-lo.

Na hora de identificação de problemas, as metodologias ajudam a encontrar a causa do problema e resolvê-lo facilmente.

3. Integração

Todo software precisa saber como integrar os dados da empresa e fazer essa ação de modo inteligente — sem perder informações importantes.

Além da captação correta dos dados, é importante que o sistema converse entre si para que o andamento seja acompanhado com as atualizações.

software

4. Gestão de portfólio de projetos

Encontrar um software que integre planejamento estratégico com a gestão de portfólio é um grande desafio para empresas.

Isso porque essa integração melhora o alinhamento das atividades realizadas de acordo com as estratégias estabelecidas posteriormente.

5. Automação

Softwares empresariais que oferecem automação ajudam as empresas a tornarem os processos automatizados para diminuir o esforço humano.

Além disso, a automatização dos softwares deixa as ações mais seguras e diminuem os riscos de falhas durante o processo — comum quando envolve humanos em todos os processos.

Enfim, essas são os principais quesitos para comprar um software empresarial. Ficou interessado? Então preencha o formulário e aguarde o contato de uma empresa do segmento.

Consulta de crédito para empresas: aprenda tudo aqui!

Se você é empreendedor, então já escutou sobre consulta de crédito para empresas. Mesmo que não entenda muito bem como funciona, não precisa se preocupar. Isso porque nós do Portal SóPJ vamos contar tudo sobre esse serviço. Confira, logo abaixo!

O que é consulta de crédito para empresas?

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é a consulta de crédito para empresas e o que ela pode fazer pelo seu negócio.

A consulta de crédito é destinada às empresas que querem ver o score e a situação do CPF de pessoas jurídicas e do CNPJ de empresas.

Qualquer empresa pode utilizar o serviço da consulta de crédito, principalmente aquelas que oferecem ofertas de crédito para seus clientes. Saiba mais!

consulta de crédito

Para que serve a consulta de crédito para empresas?

Agora que você sabe como a consulta de crédito para empresas funciona, então pode entender para que serve esse tipo de serviço.

Esse tipo de consulta feita por empresas serve para calcular o risco de determinada operação, que geralmente é empréstimo ou financiamento de algo.

Através dos dados do possível cliente é possível verificar a situação cadastral, além de identificar se o score é alto ou baixo.

Além dessas informações, também é possível ver se há dívidas ativas no nome da pessoa física ou jurídica.

Como é possível verificar a situação cadastral?

Existem empresas que possuem um banco de dados e oferecem o serviço de consulta de crédito para empresas que fazem financiamento ou oferecem empréstimo.

Para consultar a situação cadastral das empresas é preciso ter o número do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica).

Empresas regularizadas possuem esse número para realizarem ações em prol da instituição.

Já para verificar a situação das pessoas físicas é preciso ter o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física).

Por que utilizar a consulta de crédito?

Se você chegou até aqui, então sabe o que é, para que serve e como funciona a consulta de crédito para empresas.

Portanto, já pode entender os motivos e vantagens da utilização desse serviço. Confira, a seguir:

1. Menor risco de inadimplência de clientes

Sem dúvida, um dos maiores motivos para realizar a consulta de crédito é a diminuição do risco de inadimplência de clientes, ou seja, o descumprimento do pagamento.

É uma maneira de saber com quem está fazendo negócio e se pode confiar no pagamento do possível cliente.

consulta de crédito

2. Oferta de pagamento a prazo

De fato, poder oferecer pagamento a prazo é uma ótima forma de atrair clientes que preferem o conforto e facilidade do pagamento parcelado.

Se o risco for baixo para fazer negócio com uma empresa ou pessoa física, então poderá receber o pagamento parcelado seguro do recebimento.

3. Previne fraudes

Saber com quem está fazendo negócio é um ponto superimportante porque pode te livrar de fraudes no futuro.

Ao fazer a pesquisa você irá ter acesso a informações importantes, como endereço, nome completo, entre outras.

Enfim, agora você sabe tudo sobre a consulta de crédito para empresas. Ficou interessado nesse tipo de serviço? Então preencha o formulário e aguarde o contato de uma empresa de consulta de crédito.

Vantagens do cartăo de crédito para empresas

O gerenciamento das finanças de um negócio precisa ser feito com muito cuidado e atenção. Por isso, nós do Portal SóPJ vamos falar sobre o cartão de crédito para empresas que precisa ser um aliado no dia a dia. Além disso, contaremos as vantagens desse tipo de cartão.

Cartão de crédito para empresas: o que é?

Em primeiro lugar, é preciso saber o que configura um cartão de crédito para empresas e o que pode fazer para o seu negócio.

Esse tipo de cartão é oferecido por vários bancos com a intenção de ajudar as empresas a terem mais controle das despesas empresariais com melhores condições de taxas e pagamentos.

O cartão de crédito empresarial pode ser solicitado por pessoas que possuem o CNPJ ativo ou por quem já possui uma conta bancária jurídica.

cartão de crédito

Vantagens do cartão de crédito empresarial

Agora que você sabe o que é o cartão de crédito para empresas e seu funcionamento, então veja alguns benefícios que esse cartão oferece. Logo, abaixo.

1. Gerenciamento

A melhor vantagem, sem dúvida, é o gerenciamento das despesas com a empresa no cartão de crédito especial para isso.

Dessa forma, você consegue separar os gastos da vida pessoal com as despesas da empresa — mantendo um controle maior.

Por conta do limite e prazos de pagamentos, você poderá controlar melhor as saídas de cada mês.

2. Pagamento parcelado

Toda empresa em algum momento precisa de crédito para comprar algo com valor mais alto e, portanto, precisa parcelar essa compra.

O cartão de crédito para empresas consegue essa divisão das parcelas para os empreendedores realizarem seus objetivos.

Sendo assim, você pode parcelar compras com valores mais altos e não se atrapalhar para pagar todo mês.

3. Mais disciplina

Como o cartão de crédito empresarial possui prazos de pagamento e cobra taxas após o dia do vencimento, então a disciplina tende a ser maior.

De fato, existe mais controle e organização para o pagamento mediante a data de vencimento pela parte das empresas.

Afinal, ninguém quer pagar taxas e, por isso, se organiza para pagar a fatura do cartão empresarial até a data final da cobrança.

4. Limite de crédito conforme você quer

Muitos bancos oferecem cartão de crédito com limites de acordo com a renda dos clientes.

É possível pedir para aumentar o limite de crédito para o banco, dependendo se a sua situação financeira consegue pagar.

Basta conversar com o gerente do seu banco e ver qual o melhor valor de crédito que a sua empresa precisa.

cartão de crédito

Desvantagens do cartão de crédito

Todos os tipos de crédito para empresas possuem desvantagens. Porém, somente você poderá decidir se ter esse tipo de cartão é a melhor saída para o seu negócio.

Algumas compras possuem desconto à vista, ao contrário do cartão de crédito que pode ficar mais caro.

Dependendo dos juros e taxas do parcelamento no cartão de crédito você pode pagar valores muito mais altos.

Enfim, essas são as vantagens do cartão de crédito para empresas. Ficou interessado nesse tipo de cartão? Então preencha o formulário e aguarde o contato de uma empresa da área.

Software de gestão comercial: 4 opções para escolher!

Toda empresa tem um setor comercial, sem dúvida. Por isso, nós do Portal SóPJ vamos sugerir uma lista de software de gestão comercial para você organizar e desenvolver melhor esse setor do seu negócio. Confira, logo abaixo.

Software de gestão comercial: o que é?

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é software de gestão comercial e o que ele pode fazer para sua empresa.

Um software de gestão comercial é um programa de computador que serve para gerir uma área comercial.

Existem diversos tipos de softwares para gestão comercial que variam de acordo com o tamanho da empresa e segmento do negócio.

Esse tipo de software serve para verificar tudo que acontece dentro das empresas, principalmente no setor financeiro.

software

Tipos de software de gestão comercial

Como já dito, existem vários tipos de software de gestão comercial, mas vamos falar sobre alguns deles neste artigo. São eles:

1. Nibo

O Nibo é um software controla a saúde financeira da sua empresa através de um Painel de Acompanhamento.

Aumente a produtividade da sua empresa com a importação automática do extrato bancário, entre outras vantagens bancárias rápidas e eficazes.

Em uma única central de cobrança, você consegue cobrar todos seus clientes de uma única vez, emitir notas fiscais e muito mais.

2. Quickbooks

O software Quickbooks oferece uma gestão financeira online para micro e pequenas empresas.

É possível trazer o extrato do banco direto para as planilhas do Quickbooks — ganhando mais organização e maior tempo para as tarefas diárias.

O software ainda oferece relatórios sobre as finanças da sua empresa, afim de oferecer uma visão ampla sobre a saúde financeira da sua empresa.

3. Treasy

O software Treasy possui uma metodologia que possui um planejamento, simulação de cenários, acompanhamentos, revisões e modelagem financeira — em prol de um objetivo.

É possível montar um planejamento e verificar o que foi realizado em um único lugar, com agilidade e segurança.

Também é possível gerar gráficos, indicadores, relatórios de resultados em poucos minutos.

4. Myry

O software Myry possui um sistema online para gestão empresarial e emissão de documentos fiscais eletrônicos.

O setor de gestão financeira controla um fluxo de caixa através de pagamentos e recebimentos integrados aos seus documentos fiscais.

Ele também pode controlar o estoque da sua empresa para que todas as saídas e entradas sejam fiscalizadas e anotadas.

software

Antes de comprar um software de gestão comercial

Você precisa verificar algumas funcionalidades dos softwares de gestão comercial para otimizar os processos do seu negócio. São elas:

  • Verifique se o software oferece acesso multiusuário para permitir a utilização para mais de um usuário.
  • A gerência de tarefas permite atribuir e redistribuir tarefas — alterando os seus estatutos e acompanhando seu desempenho.
  • Esse tipo de software precisa ter opção de agendamento para facilitar as listas de tarefas comerciais diárias.
  • O software também pode ter capacidade de comunicação com chat de mensagens e compartilhamento de arquivos.
  • Além, claro, de um sistema de compartilhamento de alertas e lembretes.

Enfim, qual software de gestão comercial você se interessou mais? Se quiser que uma empresa desse segmento entre em contato com você, então preencha o formulário.

Onde abrir conta jurídica: confira 5 opções!

Você sabe o que é e onde abrir conta jurídica? Nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos explicar tudo sobre esse tipo de conta bancária comercial que pode facilitar a vida dos seus negócios.

O que é onde abrir conta jurídica?

Em primeiro lugar, antes de saber onde abrir conta jurídica, você precisa entender o que configura esse tipo de conta.

Uma conta jurídica, como o próprio nome entrega, é destinada para pessoas jurídicas.

Pessoas jurídicas são aquelas que possuem empresas em seu nome ou são sócias em algum negócio.

Dessa forma, as contas bancárias jurídicas servem para facilitar os pagamentos, recebimentos e outras ações das empresas — totalmente separadas da conta pessoal.

abertura de conta

Afinal, onde abrir conta jurídica?

Agora que você sabe o que é uma conta jurídica, então pode saber quais bancos oferecem esse tipo de conta. Confira, logo abaixo.

1. Conta jurídica da Caixa

A Caixa é um dos bancos que oferecem conta jurídica para empresários. Ela facilita o empréstimo, financiamento, convênios de arrecadação e cobrança e outros serviços.

Além da variedade de produtos e serviços para sua empresa, eles oferecem comodidade — já que existem milhares de pontos de atendimento no Brasil.

Além do atendimento presencial, os empresários podem contar com mais de 100 serviços por meio do Internet Banking.

2. Conta PJ do Banco do Brasil

A conta jurídica do Banco do Brasil oferece muitas vantagens para seus correntistas empresários.

Além disso, esse banco oferece um Gerenciador Financeiro que permite realizar transações bancários no computador e celular.

Ele também oferece linhas de crédito para capital de giro, financiamento e exportação, com taxas e prazos do mercado.

3. Conta Bradesco PJ

A conta jurídica do Bradesco oferece diversos benefícios para o seu negócio crescer. Um deles é o BNDS Giro que oferece um financiamento com longo prazo para pagar.

Esse tipo de conta também oferece isenção da tarifa da folha de pagamento, depósito de cheques pelo App, entre muitas outras possibilidades.

Se você possui um comércio e precisa de uma máquina de cartão, então pode solicitar para o Bradesco e não pagar aluguel por 6 meses.

abertura de conta

4. Conta empresarial Santander

A conta jurídica do Santander entrega opções personalizadas para cada tipo de segmento, como comércio, indústria, agronegócio, serviços, franquias e muitos outros.

Uma ótima vantagem é o desconto de até 100% de desconto na anuidade dos cartões Negócios & Empresas do Santander.

Sua conta jurídica também pode estar integrada com os recebimentos com cartões de crédito, débito e cartões de benefícios alimentícios na máquina de cartão.

5. Conta jurídica Itaú Empresas

A conta empresarial do Itaú oferece muitas vantagens para os empresários. Você pode contar com máquina de cartão sem aluguel e isenção de tarifa na emissão de 30 boletos por mês.

O Itaú oferece uma conta personalizada para sua empresa e ainda oferece canais digitais para você realizar tarefas bancárias sem precisar sair do trabalho.

Para abrir a conta empresa você pode preencher o formulário no site do Itaú e aguardar um e-mail para dar procedimento na abertura da conta.

Enfim, agora você sabe onde abrir conta jurídica. Preencha o nosso formulário para receber mais informações sobre abertura de conta empresa.

Qual melhor meio de pagamento online?

Se muitas pessoas preferem realizar tudo pela internet, então seu negócio precisa oferecer uma forma de pagamento. Porém, qual melhor meio de pagamento online para sua empresa? Nós do Portal SóPJ vamos mostrar as opções disponíveis no mercado para você escolher. Confira!

Qual melhor meio de pagamento online?

Sem dúvida, quem empreende só na internet precisa receber por lá. Porém, até mesmo estabelecimentos físicos podem receber online.

Em primeiro lugar, você precisa saber o que são os meios de pagamento online — que nada mais é do que um direcionamento para uma página segura para pagar e concretizar a compra.

Para você saber qual melhor meio de pagamento online para o seu negócio, nós selecionamos algumas opções. Veja quais são, abaixo.

Meio de pagamento

Afinal, quais são os meios de pagamento online?

Enfim, chega de mistérios e vamos aos meios de pagamento online disponíveis no mercado. Veja as características de cada um antes de escolher o ideal para seu negócio.

1. PagSeguro

A PagSeguro oferece mais de 25 opções disponíveis para seus clientes: cartão de crédito, boleto bancário, débito online e depósito em conta.

Uma das maiores vantagens do PagSeguro é que seu cliente pode pagar parcelado, mas você recebe o valor total de uma única vez.

Você escolhe os meios que quer receber online dos seus clientes, basta selecionar em “Preferências” e “Recebimentos”.

2. Stripe

O Stripe é um sistema de pagamento na web e em aplicativos móveis muito utilizado no mundo inteiro.

Essa empresa ainda é pouco conhecida no mercado brasileiro e vem disputando com a gigante PayPal, já mais conhecida pelos brasileiros.

O Stripe oferece um acesso instantâneo ao processamento. Primeiro a empresa aprova o cadastro do seu negócio e examina como você está utilizando.

Ao contrário da maioria, esse sistema permite que o usuário compre diretamente no seu site — sem a necessidade de ir para outra página.

3. PayPal

De fato, o PayPal é um dos meios de pagamento mais conhecidos e usados no mundo.

Ele funciona como um estilo de conta que permite receber pelos produtos e realizações transações em um só lugar.

O comprador também precisará utilizar o sistema com uma carteira digital, ou seja, realiza o pagamento, consegue transferir e depositar em outras contas.

Uma das maiores vantagens do PayPal é que os usuários podem comprar produtos fora do Brasil através da sua conta.

Meio de pagamento

4. Mercado Pago

O Mercado Pago é um meio de pagamento online da empresa Mercado Livre.

Primeiro é preciso fazer uma conta de vendedor (pessoa jurídica) para começar a receber os pagamentos. Não será cobrado nada pela abertura da conta.

Configure as opções básicas em “Minha Conta” para controlar a entrada e saída de dinheiro, entre outras funções.

O mercado pago oferece 3 formas de pagamento, são elas: Redirecionar, iFrame e Lightbox. Todas as opções são em JavaScript e podem ser adicionadas facilmente à sua loja virtual.

Conclusão

Qual o melhor meio de pagamento online para sua empresa? Cada tipo de negócio possui características e, portanto, você é a melhor pessoa para saber qual a melhor opção.

Enfim, qual o melhor meio de pagamento online para seu negócio? Conte nos comentários! Aproveita e preencha o nosso formulário para receber o contato de uma empresa de meio de pagamento.

Como controlar material de escritório? 5 dicas infalíveis!

Sabemos que para a realização de várias tarefas no trabalho é preciso ter produtos e materiais sempre ao alcance de todos. Por isso, nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos dar dicas para aprender como controlar material de escritório. Confira!

Como controlar material de escritório?

Sabemos que é preciso economizar para evitar desperdícios e falta de produtos. Imagina se você precisa imprimir um papel para um cliente e não possui uma folha em branco no momento.

Portanto, para evitar esses problemas e não ficar sem produto para trabalhar, você precisa aprender como controlar material de escritório. Veja, abaixo.

material de escritório

1. Crie uma planilha

O primeiro passo da economia com os materiais de escritório é a criação de uma planilha que deve ser atualizada constantemente.

Anote todos os itens a serem repostos, aqueles que ainda estão no estoque e a saída de cada um deles.

Parece ser um trabalho complicado, mas vai facilitar sua vida na hora de informar o que é preciso comprar, por exemplo.

2. Compre o necessário

Faça um levantamento na empresa o que cada funcionário precisa antes de sair comprando a mais e gastar com o que não é necessário.

Dessa forma, você só comprará o necessário e evitará o desperdício de materiais — economizando o capital da empresa.

Além disso, você fica sabendo quais pessoas pediram determinados materiais e pode anotar na planilha para depois questionar se precisa de mais.

3. Compre os itens essenciais

Cuidado com os pedidos de materiais desnecessários e exagerados de determinados funcionários, compre apenas o essencial do dia a dia.

Os itens mais comuns para escritório são: papel sulfite, pastas, cartuchos de impressora, lápis, canetas, post-it e outros.

Lembrando que cada empresa possui suas necessidades, então alguns itens podem ser essenciais para determinada tarefa no seu escritório.

4. Controle de compras

A sua empresa possui um controle financeiro destinado para as compras de materiais? Possui um budget?

Ou seja, se o seu escritório possui um valor restrito a esse tipo de compra, então você precisa ter controle sobre os preços de cada item para caber no orçamento.

Sem dúvida, pode ser que determinado mês os gastos ultrapassem o valor destinado às compras de materiais. Portanto, tente economizar nos meses seguintes e gastar menos.

material de escritório

5. Concientize os seus funcionários

Não é porque o escritório possui materiais à disposição que os funcionários podem sair utilizando e desperdiçando sem controle algum.

Fale com eles sobre a importância da economia com esse tipo de material e conscientize de terem controle e utilizam apenas o necessário.

Não é porque os materiais estão disponíveis para uso na empresa que todos podem usar sem limites. Lembre-os de usarem o mínimo para realizarem as tarefas.

Existem exceções que são de extrema importância e, portanto, o escritório terá que disponibilizar o material a mais para a realização de determinada ação.

Conclusão

Essas são só algumas dicas para sobre como controlar material de escritório, mas se você sente que na sua empresa existem outras restrições, então lembre os funcionários dessas especificações.

Enfim, agora você sabe como controlar material de escritório. Ainda ficou alguma dúvida? Conte nos comentários. Aproveita e preencha o nosso formulário para receber contato de uma empresa de materiais.

Saiba como conseguir empréstimo para empreender

Sem dúvida, muitos brasileiros buscam empréstimo para empreender. Afinal, os índices de desemprego estão altos e ter o um negócio próprio é o sonho de muitas pessoas. Por isso, nós do Portal SóPJ separamos algumas para vocês!

Como conseguir empréstimo para empreender?

Se tem muitas pessoas buscando empréstimo para empreender, também tem pessoas que querem dinheiro para investir mais na sua própria empresa.

Mas, afinal, como conseguir empréstimo rápido e fácil? A melhor solução é fazer a simulação do empréstimo na internet que saia a aprovação na hora.

consulta de crédito

Empréstimo online com aprovação na hora

Você já ouviu falar em empréstimo online com aprovação na hora? É uma ótima opção para pessoas que querem empreender ou melhorar o seu negócio.

4 dicas para conseguir empréstimo para empreender

Veja as melhores dicas para conseguir um empréstimo online, logo abaixo:

1. Identificação do crédito

Em primeiro lugar, você já conseguiu dar o primeiro passo para solicitar empréstimo: identificar a necessidade do crédito: empreender.

2. Tenha um valor em mente

Sobretudo, antes de fechar o empréstimo para empreender você precisa ter em mente um valor inicial em mente.

Faça as contas do que você vai precisar e comece a pesquisar as condições de parcelamento, juros e taxas em cima desse valor.

3. Analise as opções

Algumas empresas possuem fator de restrição, como situação legal, garantias, capital próprio, entre outros.

É importante verificar com calma esses detalhes para não ser barrado na hora de solicitar o empréstimo.

4. Qual o valor final do pagamento

Observe as opções de taxas, valor final do empréstimo, entre outros valores, que aparecerão quando você estiver simulando um empréstimo na internet.

Essas são apenas algumas dicas básicas para verificar na hora que você solicitar empréstimo para empreender.

Utilize o empréstimo para alavancar sua empresa

Empreendedores que já possuem um caminho traçado no mundo corporativo podem utilizar o empréstimo para melhorar o desempenho das suas empresas.

Veja 3 dicas para aproveitar melhor o empréstimo para empreender, logo abaixo.

1. Aumente o Capital de Giro da sua empresa

Você sabe o que é Capital de Giro? É um montante financeiro que a sua precisa para continuar em funcionando.

Em outras palavras, o Capital de Giro é uma forma de manter estoque, fazer pagamentos, pagar impostos, entre outros gastos que mantêm a empresa funcionando.

Faça um empréstimo para manter esse Capital de Giro ativo na sua empresa, caso sinta que ele precisa de um reforço.

consulta de crédito

2. Aumentar a empresa

Acha que chegou a hora de abrir uma filial ou um novo setor na sua empresa? Então solicitar um empréstimo é a melhor alternativa para realizar esse sonho.

O dinheiro sai rápido e você consegue colocar em prática o projeto para aumentar sua empresa.

Pense que é um investimento que vai trazer retorno em curto prazo.

3. Pagar uma dívida da empresa

É muito comum que as empresas acabem entrando em alguma dívida relacionada ao próprio negócio, mas um empréstimo pode ajudar a quitar essa pendência.

Enfim, está interessado em solicitar um empréstimo para empreender? Então clique aqui e preencha um formulário para encontrar a melhor solução de crédito para sua empresa!