5 erros de SEO que você está cometendo e não sabe

Nós do Portal SóPJ, site de serviços para empresas, vamos contar os erros de SEO que precisam ser evitados para deixar seu site ou blog nos primeiros resultados das buscas orgânicas. Saiba tudo, logo abaixo!

Erros de SEO: o que é isso?

Em primeiro lugar, antes de saber os erros de SEO, você precisa entender como funciona essa estratégia supercobiçada do Marketing Digital.

O SEO (Search Engine Optimization) é uma técnica utilizada em textos digitais para ganhar uma boa posição nos resultados das buscas dos principais buscadores, principalmente o Google.

Existe um conjunto de regras para deixar o texto otimizado e entregar exatamente aquilo que o usuário está procurando.

conteúdo SEO

Como funciona o SEO?

Quando um usuário faz uma pesquisa no Google, o buscador faz uma rápida leitura nos sites relacionados à palavra-chave (termo buscado) e entrega os resultados otimizados pelo SEO.

A entrega dos primeiros resultados é baseada na otimização desses sites. O Google elege um ranqueamento com base em:

  • Autoridade: tempo que o domínio do site está ativo.
  • Conteúdo: textos com qualidade e que oferecem uma boa navegabilidade para os usuários.
  • Técnicas de SEO aplicadas: título, subtítulos e parágrafos de acordo com as diretrizes da estratégia.
  • Velocidade: sites mais rápidos tem grandes chances de aparecem nos primeiros resultados.

Afinal, quais são os erros de SEO? Como evita-los?

Agora que você sabe o que é e como funciona as estratégias de SEO, então pode ficar atento aos erros comuns cometidos pelos criadores de conteúdo na internet. São eles:

1. Conteúdo com baixa qualidade

Conteúdo no SEO é rei! Para aparecer nos primeiros resultados do Google é preciso fazer um conteúdo original e informativo.

O grande objetivo dos textos otimizados por SEO é entregar materiais relevantes para os usuários.

2. Otimização na estrutura do site

A estrutura do site precisa seguir as diretrizes do SEO para ganhar as melhores posições nas respostas dos buscadores, principalmente do Google — o buscador mais usado.

Procure criar categorias e seções que possuam ligação e garantam boas posições nas SERPs.

3. Meta Tag

É preciso colocar meta tag no site para o aumentar o tráfego orgânico das páginas do site.

Faça um levantamento das 10 páginas mais acessadas do site para levantar um grupo de meta tag mais amigáveis de acordo com o interesse dos usuários.

conteúdo SEO

4. Palavras-chave

As Keywords são termos muito buscados na internet, como “comprar móveis para escritório” ou “móveis para escritório”.

Essas palavras e termos precisam estar presentes em pontos específicos do site para que possam aparecer nas buscas relacionadas.

5. URL amigáveis

Um dos grandes erros de SEO em sites é a presença de URLs amigáveis, ou seja, aquelas que não são enormes ou contém as palavras-chave.

É importante que todas as URLs contenham a palavra-chave e que não sejam muito grandes.

Enfim, esses são os erros de SEO imperdoáveis e que podem ser corrigidos com as otimizações corretas da técnica. Ficou interessado em otimizar seu site? Então preencha o nosso formulário e aguarde o contato de uma empresa da área.

Aproveita e veja o nosso site para saber mais produtos e serviços que a sua empresa pode adquirir: https://www.sopj.com.br/.

SEO para YouTube: como fazer seu canal crescer

Já ouviu falar sobre técnicas de SEO para YouTube? Nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos contar tudo sobre esse recurso digital que faz aparecer nos primeiros resultados das buscas feitas pelos usuários. Confira, logo abaixo!

SEO para YouTube: o que é?

Em primeiro lugar, você precisa saber o que é SEO para YouTube e como ele pode ajudar seu negócio.

Sem dúvida, o YouTube é um mecanismo de busca por vídeos. Já o SEO (Search Engine Optmization) é um conjunto de técnicas para deixar a página otimizada para os primeiros resultados.

Portanto, SEO para YouTube é a utilização dessa técnica para alcançar as primeiras posições das buscas dentro da própria rede social, como também nas melhores colocações do Google.

O YouTube é o segundo maior mecanismo de busca para usuários — só perde para o Google.

conteúdo SEO

Como funciona o SEO para YouTube?

Existem critérios com grau de importância que são utilizados pelo YouTube para mostrar os primeiros resultados durante as buscas, são eles:

Informações contidas no título (Title Tag): o título precisa conter uma palavra-chave relevante nas buscas.

Retenção de audiência: tempo de visualização x tempo total do vídeo.

Palavra-chave na descrição: aquela parte que você pode contar com mais detalhes sobre o que se trata o vídeo.

Visualizações: número de views iniciais do seu vídeo.

Tags: palavras-chave relacionadas com o vídeo.

Duração de vídeo: vídeos com mais duração são mais bem raqueados nas buscas.

Compartilhamento: quanto mais compartilhamentos, melhor o reconhecimento pela rede social.

Link building: outros canais ou páginas com links apontando para os seus vídeos no YouTube.

Seguidores: a quantidade de novos seguidores depois de um vídeo publicado.

Comentários: bom engajamento nos comentários dos vídeos.

Curtidas e descurtidas:  nos vídeos publicados.

Afinal, como fazer a otimização de vídeos no YouTube?

No parágrafo anterior, você viu quais são os critérios do YouTube para mostrar as primeiras posições nas buscas.

Como podemos observar, os primeiros pontos dependem da otimização com as técnicas de SEO para ter a melhor performance.

Sendo assim, é preciso seguir as dicas de otimização SEO para YouTube para aparecer nas primeiras colocações, são elas:

1. Nome do arquivo

Utilize palavras-chave para nomear o vídeo a ser carregado no YouTube. Procure usar palavras como “tutorial”, “como fazer”, “guia completo”, entre outras.

2. Título do vídeo

A escolha do título tem de ser criada com a mente do usuário, como ele poderá procurar por aquele vídeo. As long tails são frases mais longas que ranqueiam melhor, como “fazer pipoca na panela elétrica”.

3. Tamanho do vídeo

Não existe um tamanho estipulado, mas os vídeos mais longos ranqueiem melhor.

4. Descrição do conteúdo

Essa é uma das partes mais importantes para classificar os vídeos nos primeiros resultados. Além, claro, de chamar a atenção de vários usuários.

conteúdo SEO

Como funciona o SEO para YouTube?

5. Tags

Procure utilizar umas 6 a 8 tags, ou seja, palavras-chave relacionadas com seu vídeo e que são buscadas pelos usuários.

6. Divulgue

A divulgação é muito importante para mostrar para o YouTube que seu vídeo é relevante e merece destaque nos resultados.

7. Anotações

Procure colocar algumas anotações convidando os usuários a assistirem outros vídeos ou a se inscreverem no canal. Uma dica: o melhor momento é durante o final do vídeo.

8. Otimize o canal

Não só os vídeos precisam ser otimizados, assim como o canal (perfil) no YouTube. Por isso, pesquise palavras-chave relacionadas ao tema do seu canal.

9. Adicione legendas

As legendas dos seus vídeos contêm várias palavras-chave e, portanto, podem levar seu vídeo para as primeiras posições.

Diante disso, agora você sabe como otimizar seu canal no YouTube. Se precisar de ajuda, então contrate uma agência de marketing que possa oferecer esse serviço.

Enfim, essas são algumas dicas de técnicas de SEO para YouTube para o canal da sua empresa. Quer que uma empresa de conteúdo SEO entre em contato com você? Então preencha o formulário.

Google Meu Negócio: saiba como cadastrar sua empresa

A empresa Google está sempre criando novos recursos para os usuários. A última novidade para os empreendedores foi o Google Meu Negócio. Nós do Portal SóPJ — site de serviços para empresas — vamos contar tudo sobre essa plataforma.

Google Meu Negócio: o que é?

Sobretudo, antes de saber usar esse recurso para sua empresa, você precisa entender o que é Google Meu Negócio.

O Google Meu Negócio é mais um recurso da gigante dos serviços e softwares, a Google. Entre eles, tem o Google Adwords, Google Adsense, Google Analytcs e muitos outros.

O diferencial dessa novidade é que ela é destinada exclusivamente para empreendedores que querem divulgar suas empresas no Pesquisa Google ou no Google Maps.

Como funciona o Google Meu Negócio?

O Google Meu Negócio quer facilitar a vida dos empresários que querem divulgar suas empresas durante as buscas do pesquisador online.

Em poucos minutos é possível criar um perfil gratuito para que os usuários tenham mais informações sobre seu negócio.

Esse perfil se torna um site para dar visibilidade para sua empresa na internet — seja no computador ou smartphone.

Como fazer seu perfil no Google Meu Negócio?

A primeira etapa solicita as informações básicas para a construção do perfil da sua empresa.

Em seguida, você poderá editar e personalizar seu site com texto, fotos e temas de design.

Por fim, basta escolher um domínio e publicar seu site. E está pronto! Simples assim!

Por que investir no Google Meu Negócio?

Se você chegou até aqui é porque se interessou por esse novo recurso que quer promover seu negócio.

Porém, se ainda não se convenceu que é um bom investimento, então veja as vantagens que pode oferecer para sua empresa.

1. Gratuito

Uma das maiores vantagens do Google Meu Negócio é o fato dele ser gratuito.

Sendo assim, você divulga sua empresa sem pagar nada. Mas lembre-se de divulgar corretamente seu telefone e endereço.

2. Mais presença online

Mesmo que você tenha um site oficial e redes sociais, ainda assim o Google Meu Negócio é uma ótima oportunidade para aumentar a presença online da sua empresa.

Além do site que o Google cria para o seu negócio, ele também passa a ter uma página na rede social deles — chamada de Google+.

3. Atrai novos clientes

Sem dúvida, outra grande vantagem para as empresas se cadastrarem no Google Meu Negócio é a atração de novos clientes.

Esse é mais um recurso para fazer sua empresa ganhar mais visibilidade e alcançar públicos que talvez não alcançaria.

4. Destaque no buscador mais usado

De fato, o Google é o principal site para os usuários buscarem informações na internet.

Portanto, é uma ótima forma da sua empresa ser destaque em diferentes tipos de busca relacionados a ela.

É importante lembrar que as informações do Google Meu Negócio aparecem no lado direito da tela — mantendo os resultados patrocinados e orgânicos.

5. Métricas

Por fim, o Google Meu Negócio oferece relatórios completos sobre as ações que levam os usuários buscarem pela sua empresa na internet.

Enfim, agora você sabe tudo sobre o Google Meu Negócio e o que ele pode fazer pela sua empresa. Fique por dentro das novidades do mundo do empreendedorismo, aqui no Blog do Portal SóPJ.

Conta no Instagram: por que sua empresa precisa ter?

As empresas estão cada vez mais interessadas em apostar em estratégias do Inbound Marketing — produção de conteúdo que atrai os usuários até você. Uma dessas ações é a criação de uma conta no Instagram. Neste artigo, vamos explicar tudo sobre esse assunto. Confira!

Por que ter uma conta no Instagram da sua empresa?

Ter uma conta no Instagram da sua empresa é estar presente na segunda maior rede social do mundo, entre outras vantagens.

Em primeiro lugar, é importante saber que o Instagram está crescendo muito nos últimos anos — principalmente para perfis comerciais.

Esse aplicativo permite o compartilhamento de fotos e vídeos, edição de imagens, comentários, curtidas e muito mais.

Sem dúvida, a aproximação máxima com os seguidores é um dos motivos por essa rede social estar crescendo nos últimos anos.

Facebook Ads

Como fazer Instagram para empresa?

A princípio, você só precisa fazer um perfil comum da sua empresa, com um e-mail e uma senha.

Depois que criar o perfil você precisa mudar para a opção comercial. Vá até configurações da conta e clique em “Mudar para o perfil comercial” e pronto.

É recomendado conectar seu perfil com uma página da sua empresa no Facebook.

O que postar no Instagram empresa?

Não existe uma receita do sucesso, mas alguns formatos de postagens dão muito certo para muitas empresas.

Vídeos sobre produtos ou serviços que a sua empresa pode oferecer são bem recebidos pelos usuários da rede. Frases motivacionais ou relacionadas com a sua área são ótimas opções de chamar a atenção no Instagram.

Os bastidores do seu negócio, como a produção de um produto, uma reunião, um dia de trabalho despertam a curiosidade dos seguidores.

Não deixe de postar promoções que a sua empresa está criando e notícias sobre seu segmento.

Afinal, por que usar Instagram para empresas?

Nós listamos alguns motivos para você se convencer (de uma vez por todas) que o Instagram é uma ótima plataforma de divulgação para o seu negócio.

1. Maior rede com engajamento

O Instagram possui 4 vezes mais engajamento que o Facebook, ou seja, as pessoas possuem comprometimento maior com a rede social.

Pesquisas mostram que 63% dos usuários do Instagram checam sua conta todos os dias, ou seja, os usuários estão lá e querem consumir conteúdo.

Facebook Ads

2. Foco nas imagens e vídeos

Diferente do Facebook, o Instagram só compartilha imagens ou vídeos. Esses dois formatos geram uma conexão emocional quase que imediata com o público.

Além disso, ótima maneira de mostrar seu catálogo de produtos e serviços — sem deixar de lado imagens cativantes que atraiam os usuários.

3. Contato direto e prospecção de clientes

O público está na rede social, você só precisa saber falar com ele e fazer com que ele te encontre.

Usando as estratégias certas sua empresa conseguirá prospectar clientes. Isso porque a rede social é perfeita para interação, como curtir, comentar, seguir e conversar.

Enfim, sua empresa já tem conta no Instagram? Ficou interessado em marcar presença nessa rede social? Então preencha o nosso formulário e aguarde o contato de uma empresa que oferece esse serviço.

Por que sua empresa precisa ter um blog corporativo?

De fato, a tecnologia pode ajudar pequenas e médias empresas a alcançarem maior visibilidade e aumento nas vendas. O primeiro passo é criar um site oficial e, em seguida, um blog e redes sociais. Por que sua empresa precisa ter um blog? Confira!

Por que sua empresa precisa ter um blog?

Se você é empreendedor, então já fez essa pergunta: por que sua empresa precisa ter um blog?

Nós do Portal SóPJ, site de serviços para empresas, vamos responde-la para você. Afinal, essa é uma das estratégias do Marketing Digital que traz mais engajamento dos clientes com seu negócio.

Além disso, seu público-alvo ficará mais confiante na sua empresa que demonstra autoridade no assunto da sua área. Além, claro, da impressão que essa interação passa para os usuários na internet.

Vamos aos motivos que explicam porque sua empresa precisa ter um blog. São elas:

construtor de sites

1. Melhora as posições nos resultados de busca

Atualmente, os motores de busca (principalmente o Google) são os primeiros recursos de pesquisa pelos usuários na internet.

Quantas vezes você ficou com dúvida sobre algum assunto, endereço de algum lugar ou qualquer outra informação que só tinha no Google?

Portanto, utilizando estratégias de SEO (Search Engine Optimization) você pode ranquear melhor seu site nas primeiras posições — através do conteúdo no blog.

2. Investimento baixo e duradouro

O custo de qualquer estratégia de Marketing conta muito na hora da empresa fazer o investimento.

Porém, investir em um blog com conteúdo é um investimento baixo em comparação as outras estratégias digitais.

Além disso, um blog com textos escritos com técnicas de SEO vão deixar suas páginas em boas posições e por um longo tempo, ou seja, um investimento duradouro.

3. Torna-se referência na sua área

Você acredita que a sua empresa domina bastante o assunto no seu segmento? Então porque não se tornar uma referência nessa área?

Abordando assuntos relacionados com o que a sua empresa oferece no blog trará autoridade para o seu negócio.

As pessoas vão passar a buscar informações no seu site toda vez que surgir alguma dúvida.

construtor de sites

4. Interação com o público

Hoje em dia, as pessoas querem estar conectadas com as marcas e empresas em que elas acreditam.

Não existe mais aquele distanciamento das empresas com seus clientes. O ideal é interagir com eles e entregar o que eles precisam: informação com qualidade e autoridade.

Um blog é capaz de entregar essa proposta: relacionamento com seus clientes e a busca por novos. Uma matéria pode gerar compartilhamento, comentário, pergunta e muito mais.

5. Conhecer e entregar o que seus clientes querem

Depois de um período, já é possível identificar as matérias mais acessadas do seu blog, bem como as palavras-chaves mais buscadas e que levaram os usuários até sua página.

Essas mensurações de resultados ajudam a conhecer melhor seus clientes e, assim, criar conteúdo e estratégia para fidelizar os clientes e atrair novos.

Será mais fácil saber o que os usuários da internet querem ver no seu blog e no site da sua empresa.

E aí, agora que você sabe que a sua empresa precisa ter um blog, então precisa criar um site para hospedá-lo. Clique aqui e preencha o nosso formulário para uma empresa do segmento entrar em contato.

4 maneiras eficientes para divulgar o seu site

De fato, o principal objetivo ao criar uma página na internet é o tráfego, ou seja, o número de acessos que ela precisa ter. Por isso, nós do Portal SóPJ, site de serviço para empresas, vamos ensinar como divulgar o seu site. Confira!

Como divulgar o seu site?

Todos os criadores de páginas online desejam tráfego, seja ele pago ou orgânico (não pago). Mas para aumentar o número de acessos é preciso saber como divulgar o seu site.

Sabe aquele ditado: “quem não é visto não é lembrado”? Então, essa frase tem muita relação com o assunto deste artigo.

Entre milhares de sites na internet, como sua página pode se destacar? Seguindo as nossas dicas você pode conseguir divulgar o seu site e aparecer nos primeiros resultados. Veja, logo abaixo.

criação de sites

1. SEO (Search Engine Optimization)

Sem dúvida, o SEO é a melhor estratégia de otimização para os principais buscadores da internet (Google, Bing e Yahoo).

Essa otimização consiste em seguir algumas regras para melhorar a posição do seu site nas pesquisas relacionadas a ele.

Ao pesquisar “contratar plano de saúde” irá aparecer os links patrocinados (anúncios) e em seguida os resultados orgânicos (não pago).

Esses primeiros resultados orgânicos foram otimizados com as técnicas do SEO, já que o buscador os considera com conteúdo de qualidade, fluidez na navegação, autoridade da página, entre outros fatores.

2. Redes Sociais

Muitos dos acessos de diversos sites vêm direcionados pelas redes sociais, já que as pessoas tendem a passar muito tempo em seus perfis pessoais.

Por isso, é muito importante criar um perfil nas principais mídias sociais (Facebook, Instagram, Linkedin e Twitter) para receber acesso originário dessas redes.

É indicado utilizar os recursos pagos que essas redes sociais possuem, como o Facebook Ads, Instagram Ads e outros, principalmente no começo da utilização.

Vale lembrar que a divulgação, comunicação e aparência dessas mídias precisam ser feitas com profissionalismo para exibir a imagem que a sua empresa quer passar.

3. E-mail Marketing

Disponibilize uma área de contato no seu site para que os usuários realizem um cadastro para receber mais informações sobre sua empresa.

Dessa forma, você consegue criar um relacionamento direto com esses usuários — possibilitando o envio de promoções, divulgações e novidades.

Seja cauteloso quanto aos envios para que os usuários não saiam da sua lista de inscritos. O ideal é solicitar o serviço de uma agência especializada para fazer os envios.

criação de sites

4. Blog

Criar um blog no seu site pode trazer muitas visitas, além de melhorar a posição no ranking de buscas.

O blog pode conter assuntos focados na área da sua empresa ou conteúdos relacionados. Exemplo: uma empresa de construção pode criar textos sobre reformas e, até mesmo, decoração.

Lembre-se que a qualidade do conteúdo é muito importante. O visual do blog e as imagens também precisam estar em sintonia.

5. Dedicação e resultado

A internet tem espaço para todos e, por isso, tem uma quantidade imensa de conteúdo iguais ou similares ao seu.

Porém, não desanime com no início da divulgação até conseguir o tráfego que você deseja. Mesmo que leve um tempo, lembre-se que o resultado chegará.

Enfim, gostou de aprender como divulgar o seu site? Então clique aqui e preencha o nosso formulário para receber o contato de uma empresa do segmento.

Por que investir em SEO para pequenas empresas?

Se você sempre desejou que o seu negócio aparecesse nas primeiras páginas do Google, então tem que conhecer o SEO para pequenas empresas. Essa estratégia do Marketing Digital pode trazer a tão sonhada visibilidade na web e muito mais. Confira!

SEO para pequenas empresas: o que é?

Se você não conhece o SEO para pequenas empresas não tem problema porque iremos explicar como funciona.

Em primeiro lugar, é importante entender o que é SEO (Search Engine Optmization).

O SEO é um recurso estratégico que utiliza ferramentas, conteúdos e segue algumas regras para posicionar um site/blog/portal nos principais buscadores (Google, Bing, Yahoo e outros).

conteúdo SEO

Como funciona o SEO para pequenas empresas?

Um profissional capacitado (jornalista ou analista SEO) que possui conhecimentos sobre as regras dessa estratégia é responsável por aplicá-la no site da sua empresa.

Existem várias regras e táticas para melhorar o posicionamento da sua empresa no Google. Algumas delas, logo abaixo:

  • Busca de palavras-chave: termos buscado no Google, exemplo: “Empresas de TI em São Paulo”.
  • Criação do Calendário Editorial: pautas com os assuntos a serem abordados relacionados ao segmento da empresa.
  • Textos otimizados com técnicas de SEO: repetição da palavra-chave, facilidade de leitura, títulos e subtítulos ideais, entre outras regras.
  • Publicação: colocação dos textos na ferramenta de edição de texto, geralmente o WordPress.
  • Divulgação: dos artigos nas redes sociais.
  • Monitoramento: estratégia, acompanhamento e análise do desempenho dos sites (Google Analytics e Google Search Console).
  • Por que investir em SEO para pequenas empresas

    Enfim, depois de entender o que é e como funciona o SEO para pequenas empresas, então agora é hora de saber as vantagens de investir nessa estratégia digital. São elas:

    1. Aumento de cliques

    As pesquisas mostram que cerca de 70% dos usuários tendem a clicar nos resultados orgânicos aos links patrocinados.

    Portanto, além de ganhar visibilidade na internet, o site da sua empresa ganha mais tráfego (mais acessos).

    2. Passe na frente da concorrência

    Sem dúvida, diversos segmentos ainda não exploram as estratégias de SEO na internet.

    Ou seja, se a sua empresa investir nesse recurso pode passar na frente dos seus concorrentes e ganhar uma boa posição no Google.

    3. Maior tempo de ranqueamento

    Diferente dos anúncios pagos que são divulgados na primeira página do Google por pouco tempo, com o SEO seu site se manterá por um bom tempo nas primeiras posições.

    É necessário trabalhar bem o SEO e ter conteúdo suficiente para ficar por um longo tempo ranqueado nas primeiras posições.

    conteúdo SEO

    4. Geração de conversão

    Se o seu site mais acessos, então consequentemente pode aumentar o número de conversão do seu site.

    A conversão pode ser uma compra no seu site, uma ligação para o número da sua empresa, um cadastro em uma newsletter, entre outras ações para fechar negócios.

    Vale lembrar que atingir os primeiros resultados do Google é um trabalho que demanda tempo e paciência. Porém, a longo prazo pode trazer ótimos resultados para sua empresa.

    E aí, quer investir em SEO para pequenas empresas? Então clique aqui e preencha o nosso formulário para uma empresa do segmento entrar em contato com você.

    6 vantagens da criação de sites para pequenas empresas

    Foi-se o tempo que apenas as grandes empresas tinham site na internet e podiam se destacar no universo online.

    Porém, atualmente, a tecnologia está disponível para todos os tipos e tamanhos de negócios. Saiba tudo sobre a criação de sites para pequenas empresas.

    Criação de sites para pequenas empresas

    Hoje em dia, a criação de sites para pequenas empresas é um recurso acessível que pode aumentar as vendas e reforçar a imagem digital da empresa.

    Nós do Portal SóPJ, site de serviços para empresas, vamos mostrar as vantagens de apostar nessa estratégia digital.

    Veja o porquê de investir em um site, já que 90% das compras começam pelas pesquisas na internet — segundo o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito). Confira, logo abaixo!

    1. Layout personalizado

    Apostar na criação de um site exclusivo para pequena empresa irá personalizar o seu negócio.

    Opte por um layout personalizado para não correr o risco de encontrar milhares de sites iguais ao seu na internet.

    É importante lembrar que o site é a sua propriedade e, portanto, precisa atender a necessidade do público-alvo por um longo tempo.

    2. Divulgação econômica e eficiente

    De fato, você irá ter um custo inicial maior com a criação do site, mas depois você contará com uma página exclusiva para o seu negócio sem muitos custos.

    Já existem planos de hospedagem que cabem no bolso, ou seja, ter um site é um investimento que vale a pena.

    Diferente da mídia impressa e tradicional, um site permite manter seu público sempre atualizado para receber novidades de produtos e serviços.

    3. Maior alcance

    Sem dúvida, o site possibilita que a sua empresa alcance muitas pessoas e aumente as chances de vendas.

    Através do site, uma empresa de roupas no interior de São Paulo poderá vender para todo Brasil, por exemplo.

    É importante buscar estratégias de segmentação de público para atrair os usuários corretos para o seu site.

    4. Relacionamento com cliente

    O relacionamento da sua empresa irá se aproximar dos clientes, já que você poderá entregar conteúdos relevantes para eles — reforçando a imagem do seu negócio.

    Causar engajamento com a sua marca irá captar e fidelizar os clientes, sem dúvida.

    Esclareça as dúvidas e esteja disposto a tirar as dúvidas dos usuários para que eles possam confiar na sua marca e, provavelmente, comprar ou contratar seus serviços/produtos.

    5. Destaque-se no mercado

    Independente do segmento da empresa, sempre terá concorrência. Portanto, ter um site exclusivo é uma maneira de se destacar.

    Na internet, todo mundo tem espaço. Empresas pequenas, médias e grandes podem ter uma boa presença digital na web.

    Procure investir na criação de site, redes sociais, conteúdo SEO, geração de lead, envio de E-mail Marketing e outras ferramentas para aumentar a aproximação com o público.

    6. Facilidade de contato

    Se um usuário quiser entrar em contato com a sua empresa e encontrar um número de telefone ou um formulário de e-mail, então ficará fácil falar com a sua empresa.

    Além disso, você pode deixar um formulário de solicitação de orçamento para os usuários preencherem.

    Enfim, se interessou pela criação de sites para pequenas empresas? Então preencha o nosso formulário e aguarde um contato de uma empresa parceira.

    O que são leads quentes?

    Para saber o que são leads quentes, nós do Portal SóPJ precisamos explicar o que é lead. Por isso, neste artigo, você vai entender como funciona essa estratégia de inbound marketing. Ficou interessado? Leia a nossa matéria!

    O que são leads? E leads quentes?

    Em primeiro lugar, antes de saber o que são leads quentes iremos contar o que caracteriza um lead.

    Imagina uma pessoa que entra em uma loja física ou qualquer outro tipo de comércio.

    Para os donos e funcionários dessas empresas essa pessoa é um potencial cliente.

    Da mesma forma, um usuário pode entrar em um site ou página de uma empresa/marca.

    Sendo assim, ele se configura como um lead — nome dado no Marketing para quem tem interesse de compra online.

    Geração de leads

    E o que são leads quentes?

    Agora que você entendeu o que é um lead, então já pode compreender o que são leads quentes.

    Existe uma escala no marketing digital que visa classificar os leads que podem realmente se tornar clientes.

    Essa escala de classificação de lead é dividida em 3 nomeações:

    1. Lead frio

    Lead frio é aquele usuário que não sabe se precisa do seu produto/serviço e talvez não tenha entendido o que a sua empresa oferece/faz.

    Portanto, cabe a você mostrar que ele precisa do seu produto ou serviço oferecido, através de estratégias de marketing.

    2. Lead morno

    O lead morno é aquele usuário que sabe que possui um problema, mas ainda não sabe como resolvê-lo.

    Sendo assim, você precisa entregar o que ele ainda não sabe que precisa para resolver o seu problema (já identificado).

    3. Lead quente

    O lead quente é usuário que já sabe que tem um problema e tem certeza que quer comprar um produto ou contratar um serviço para solucioná-lo.

    Portanto, ele só precisa entender o que a sua empresa oferece e ter certeza que o seu produto/serviço é o que ele precisa.

    Em outras palavras, um lead quente é aquele que está procurando comprar ou contratar, portanto, você só precisa mostrar que a sua empresa tem o que ele precisa.

    Como identificar a classificação de um lead?

    As agências de marketing sabem como nomear os leads que são gerados através das estratégias digitais.

    Mas se você ficou na dúvida sobre como classificar um lead, então precisa entender a jornada de compra dos usuários.

    Geração de leads

    Jornada de compra

    A jornada de compra é um caminho que os usuários costumam seguir para adquirir um produto ou serviço. Veja como são as etapas:

    1. Aprendizado e descoberta

    Nesta etapa, o usuário sabe que possui um problema ou ainda não o reconhece, já que ele tem dúvidas sobre produtos ou serviços que possam ajudá-lo.

    Portanto, é preciso criar conteúdo mais abrangente (com estratégia de SEO) para explicar ao usuário o que ele precisa.

    2. Reconhecimento do problema

    O lead identificou o problema e começa a se interessar mais pelo assunto, a fim de encontrar respostas.

    3. Consideração da solução

    O lead encontrou soluções e começou a considerar algumas alternativas para solucionar os seus problemas.

    4. Decisão de compra

    É o momento que o lead decide comprar e procura o produto/serviço mais adequado para ele.

    E aí sua empresa precisa de leads quentes? Então preencha o nosso formulário e aguarde o contato de uma empresa de geração de leads.

    5 vantagens em apostar no Agente Virtual para sua empresa

    Você sabe o que é Agente Virtual? É um tipo de recurso que pode ajudar a comunicação da sua empresa com os usuários da internet. Nós do Portal SóPJ, site de serviços para empresas, vamos te ensinar tudo sobre essa ferramenta, logo abaixo. Confira!

    O que é Agente Virtual?

    Em primeiro lugar, o mais importante é saber o que é Agente Virtual. Esse recurso é uma função de contact center que utiliza um personagem virtual.

    Esse assistente virtual pode ser criado por meio de computadores, animação e/ou inteligência artificial.

    Dessa forma, a comunicação da empresa será por meio do chat-bot (robótica aplicada ao chat) para que os visitantes da página tirem suas dúvidas, deem sugestões e façam outros tipos de informação.

    Como funciona uma secretaria online?

    Uma secretária virtual precisa ser criada com a maior capacidade possível de inteligência para responder diversas perguntas.

    É necessário que um profissional especializado nessa tecnologia crie o Agente Virtual. Você pode ajudá-lo com os possíveis questionamentos e respostas.

    Sendo assim, a dúvida do usuário sobre algum produto ou serviço da sua empresa será respondida no mesmo momento que ele entrar no chat.

    PABX

    Agente Virtual de Call Center

    A nomeação Agente Virtual também pode se referir a um agente de atendimento com reconhecimento de fala.

    Esse tipo de recurso é muito usado nas empresas de Telemarketing e está crescendo cada vez mais.

    Agente Virtual de Call Center ou virtual office?

    Se você ficou na dúvida se contrata uma empresa de Agente Virtual de Call Center ou um virtual office, então analise as duas opções antes de fechar o negócio.

    O Agente Virtual de Call Center irá responder as eventuais perguntas que surgirem, mas pode não entender algumas perguntas e recorrerá ao atendente de telemarketing.

    Já o virtual office é programado para responder da maneira que você quiser, respeitando um script pré-programado e utilizando links e soluções eficientes.

    Vantagens de apostar no Agente Virtual

    Se você chegou até aqui e ainda não se convenceu dos benefícios que o Agente Virtual pode oferecer para sua empresa, então leia as seguintes vantagens:

    1. Facilidade na resolução de problemas

    Um Agente Virtual é capaz de responder questões rapidamente, enquanto os seus funcionários podem se dedicar a problemas mais complexos.

    Dessa forma, a produtividade da sua empresa cresce com esse tipo de recurso tecnológico.

    1. Reconhecimento de fala

    O Agente Virtual por telefone pode não ser gravado e, então, utiliza a inteligência artificial que entende, interpreta e conduz a conversa.

    1. Integração com banco de dados

    O assistente virtual pode se integrar com um banco de informações e ir armazenando mais dados, durante a conversa.

    Portanto, ele também é um ótimo recurso para captar e armazenar tudo sobre os futuros clientes.

    1. Chamada reduzida

    O Agente Virtual é uma máquina e não um atendente, portanto, ele atenderá de imediato — diminuindo a espera.

    1. Assistência imediata

    Geralmente, o Agente Virtual nas páginas da internet aparece em alguma página principal para que o visitante tenha assistência no momento da compra.

    Diante disso, vai investir no serviço de Agente Virtual para a sua empresa? Conta pra gente nos comentários! Veja outros serviços de tecnologia no nosso site, preencha o formulário no final da página e aguarde o contato de um dos nossos parceiros.